Adeus bagagem emocional

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015





Acabo de me despedir de 2015, ele vai embora como um velho amigo que sei que não sentirei saudades. O abracei como quem embala o sono de um bebê, consolei meus medos, dei adeus aos amores e por fim tomei a coragem necessária para embalar toda e qualquer bagagem emocional e guardá-la naquela velha caixas de memórias que ninguém ousa abrir.
 Essa caixa, vai lotada, explodindo pelos cantos, com medos, paixões, mentiras, inseguranças, vontades desnecessárias e acima de tudo, com o que eu era antes. A partir dessa data, é confirmado o novo acordo do meu coração com a minha alma, sem vitimismo, sem expectativa furada, sem metas bobas que sei que não irei cumprir, a partir de hoje, serei eu por mim. Nada de medo do que os outros vão pensar, quem vai viver a minha vida se não for eu? Singelos 21 anos sem muita história para contar, então, nesse novo ano, terei muita história para um curto espaço onde eu possa escrever. Viajarei mais, irei bater metas de leitura, ser um pouco mais paciente e menos explosiva(mentira, porra), demonstrarei todo o amor que cabe em mim e que nunca sei demonstrar, irei quebrar todos os recordes de abraços, terei um novo amor, serei o MEU amor, usarei batom vermelho, mesmo com receio da minha boca ser grande demais, passarei a gostar mais dos meus olhos, que parecem dois buracos negros, serei toda a poesia que vivencio, e simplesmente vou me permitir.

 Ano novo nada mais é que o velho clichê, 365 novas oportunidades para sorrir, um dia de cada vez, um drama por dia, um amor platônico por passo, vamos com calma coração.


 Nesse novo ano não posso prometer muita coisa, mas de algumas tenho certeza, serei inteira da cabeça aos pés, nada de medo, nada de conformismo, é tudo ou nada, 8 ou 80, tenho doze meses para estragar minhas expectativas e criar novas, assim como tenho doze meses para viver histórias das quais não vou me arrepender, e nunca ousarei guardar em uma caixa velha para serem esquecidas.





0 comentários:

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo