RESENHA: Dias perfeitos

segunda-feira, 6 de junho de 2016
Título: Dias perfeitos
Autor (a): Raphael Montes
Editora: Companhia das letras
Sinopse: Sombrio e claustrofóbico, Dias perfeitos é uma história de um amor obsessivo e paranoico que consolida Raphael Montes como uma das mais gratas surpresas da literatura nacional.
Aos 20 anos, o carioca Raphael Montes impressionou crítica e público com Suicidas, um caudaloso romance policial que lhe garantiu vaga entre os dez finalistas do prêmio São Paulo de Literatura na categoria autor estreante.


Como a sinopse já diz, o livro é totalmente sombrio e claustrofóbico. Dias perfeitos conta a história de Téo, um estudante de medicina que possui uma única amiga, se é que posso dizer assim. Téo é anti social e totalmente apático, não se importa com os sentimentos dos outros e nem com o que pensam. Mas isso muda quando ele conhece Clarice, uma jovem estudante de História da arte, totalmente comunicativa e que cativa Téo logo no primeiro encontro em um churrasco.


A trama se passa toda com Téo tentando conquistar Clarice de uma maneira muito peculiar, sequestrando ela e mantendo de certa forma, prisioneira, mas ele diz que tudo aquilo que está fazendo, é por amor e mais nada disso.
A história toma rumos diferentes durante o livro e enquanto eu lia eu me sentia cada vez mais preso a ele, realmente Raphael Montes sabe como prender o leitor.

O que mais me deixou surpreso é a maneira como a história toma rumo, é uma parada psicológica totalmente diferente do que eu já vi, você vai lendo e a cada página fica boquiaberto com a capacidade que Téo faz as coisas e a sua maneira fria e calculista de agir
Realmente é um Thriller do qual eu super recomendo a quem gosta de trama com uma pegada psicológica, sombria e claustrofóbica.
Uma leitura que vale muito a pena, e por favor, não me xinguem quando chegar ao final deste livro...
Boa leitura a todos <3
.


"Às vezes, eu ajo como um louco, mas...Mas é que você mexeu muito comigo e... Não posso te perder. Você é a razão da minha vida"




15 comentários:

David Andrade disse...

Olá!
Olha, vou te contar, as tramas desse autor são bem perturbadoras viu D: DEUS QUE ME LIVRE. Uma colega leu Dias Perfeitos e ela achou genial, mas eu pessoalmente não teria estomago para tal coisa. Primeiro que sou medroso, segundo que prefiro algo mais puxado para fantasia e distopia do que esses thrillers ou suspense D:

Abraços
David
https://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

Livros Românticos disse...

Raphael Montes estara aqui na feira literaria da minha cidade essa semana. Espero poder encontra-lo aqui. Tenho curiosidade para ler os livros dele. Gosto dessa pegada psicologica... com toda certeza vou ler esse livro.

Raissa Nantes

Morgana Brunner disse...

Oiii, tudo bem?
Eu amei a sua resenha, mas creio que não seria uma leitura muito proveitosa par amim, então pularei a dica, além do mais seu blog é lindo por demais.
Beijnhos

Daniele Vieira disse...

oi oi
tenho muita vontade de conhecer o autor, adoro livros de suspense e terror e tenho muita vontade de ver mais autores brasileiros se enveredando por essas paragens sombrias, e agora começou a aparecer vários e eu preciso começar a lê-los.
Esse livro parece bem tenso, alguém me disse que esse livro lembra Misery, que é um livro do King que acho bem legal.

www.poyozodance.blogspot.com.br

Três Livrólatras disse...

Genteeee adoreiiii a temática desse livro meio triller psicológico. Nunca li nada do autor, mas me parece que ele caprichou nessa história que até pela resenha retrata as diversas histórias reais de namorados que fazem coisas insanas para ter a mulher amada. Fiquei super ansiosa para ler.

http://treslivrolatras.blogspot.com.br/

Leticia Golz disse...

Oi, tudo bem?
Eu ouço falarem tão bem do Raphael, que morro de curiosidade de ler suas obras.
Gostei de saber que aprovou esse livro. Gosto de leituras que pegam o lado psicológico e que tomam rumos que nos surpreendem.
Tenho certeza que é uma ótima dica.
Gostei da resenha.

Suzzy Chiu - Livros e Sushi disse...

Oioi! Tudo bem?
Dias perfeitos é tenso demais, eu nao consegui terminar.
Mas adoro a escrita do Raphael Montes, a capa está linda.
O psicologico da gente fica abalado, por isso q nao terminei.
Beijos.

Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

Bianca Santana disse...

Olá tudo bem?
Então, esse livro já está na minha lista há um tempo e confesso que nunca li nada desse autor, mas estou pensando seriamente
em começar a lê-lo, uma vez que só li boas críticas sobre a narrativa do Raphael Montes.
Abraços.
http://www.viciadosemleitura.blog.br/

Ruhh Belle disse...

Caramba, que quote tenso rs Eu não conhecia o autor ou esse livro, mas não sei se eu leria, porque quanto traz o psicológico, eu começo a ficar desconfiada com as pessoas ao meu redor, entende? Me deixa com um sentimento de que alguém pode ser um psicopata... Eu sei que é um pensamento "bobo", mas livros que trazem isso me fazem refletir.
Abraços e ótima resenha :D

Daya Maciel disse...

Oi,
Eu não conhecia esse livro, mas fiquei super curiosa para saber o que esse garoto vai fazer.
Ele é muito estranho e essa menina bem difere dele, chamando atenção... Sei não viu rsrsrs
Parece ser uma história tensa e deixa o leitor curioso, querendo saber mais e mais
Obrigada pela dica

Denise Bordignon disse...

oi

eu não conhecia esse livro, mas gostei, só achei meio estranho o fato de um estudante de medicina com esse perfil...dá pra imaginar???

gostei e anotei a dica...

bjs

Catharina M. disse...

Oie
nossa, sou louca para ler o livro desse autor, não só esse como todos, é um gênero que aprecio muito, adorei sua resenha

Beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Raquel Cavasini disse...

Olá, desde quando vi o livro pela pela primeira vez fiquei doida para ler, gostei bastante da resenha, você me deixou ainda mais curiosa.

Abraços

Antonia Isadora de Araújo Rodrigues disse...

Olá!!!
Pelo que vi já pelo enredo o livro já traz algo muito que mexe com nosso psicológico e pela sua resenha vejo que realmente você tem que se preparar pelo que virá com a história.
O enredo é muito interessante e sinceramente fiquei curiosa com o livro.
Esse quote me arrepiou todinha e sinceramente fiquei pensando esse personagem falando pra menina algo, me lembrou até um jeito coringa de ser O.O

lereliterario.blogspot.com

Leituras Compartilhadas disse...

Fiquei muito curiosa para ler esse livro, a premissa é muito boa. Estou querendo saber se Téo conseguiu conquistar Clarice, afinal, seu método de conquista não é muito ortodoxo. Acho que eu não gostaria de ser sequestrada. Dica anotada!

Tatiana

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo