Resenha - Pequena Abelha

quarta-feira, 14 de setembro de 2016
Titulo: Pequena Abelha
Autor: Chris Cleave
Editora: Intrínseca
Nº de páginas: 272
Sinopse: Essa é a história de duas mulheres cujas vidas se chocam num dia fatídico. Então, uma delas precisa tomar uma decisão terrível, daquelas que, esperamos, você nunca tenha de enfrentar. Dois anos mais tarde, elas se reencontram. E tudo começa…

Depois de ler esse livro, você vai querer comentá-lo com seus amigos. Quando o fizer, por favor, não lhes diga o que acontece. O encanto está sobretudo na maneira como essa narrativa se desenrola.











Faz um belo tempo em que comprei esse livro, sentia interesse em lê-lo por conta da sinopse mas nunca de fato tive coragem, o autor nos deixa no escuro, nada de resumo, somente mistério e boas impressões de outros jornais, na contracapa ele ainda faz um apelo, que depois que ler, não conte os mistérios do livro para outros amigos para não perder o encanto, e adivinha? Me surpreendi!

Não sei ao certo se esse livro é um mistério, uma história sobre misericórdia, valores humanos e acreditar na bondade. Aqui temos a história de Abelhinha, uma jovem da Nigéria que fugiu para a Inglaterra e está fazem dois anos presa no centro de detenção, lá dentro ela se protege da melhor maneira possível, aprendendo a língua do país que agora ela está. Quando Abelhinha é solta está sozinha em um país novo com apenas uma sacola e uma carteira de motorista que não pertence a ela, sendo assim, ela faz apenas um telefonema para o dono da carteira dizendo"estou indo para sua casa, por favor, preciso de sua ajuda" quando a pequena Abelha chega na casa, o homem se enforcou, e é aqui que eu paro.

Andrew se matou por conta de Abelhinha, isso é notável, a noticia de sua chegada desencadeou algo dentro dele, que não foi capaz de suportar e sem saber disso tudo, Sarah, a esposa de Andrew resolve hospedar a pequena nigeriana e fazer de tudo para conseguir o visto da garota em seu país, esse esforço todo é para tentar reverter um erro do passado, esse é um dos principais motivos para a tensão do livro. Em todos os cômodos em que Abelhinha está, ela procura objetos para se matar caso a polícia chegue para deportá-la, isso é um fato triste e muitas vezes agoniante.

A narrativa alterna entre Sarah e Abelhinha, cada uma no seu ponto de vista, contando histórias do passado e presente para que o futuro de ambas possa existir, essa alternância na narração é muito importante, ela mostra como mundos diferentes se chocam a todo momento, Sarah uma editora insensível e sem tempo para delongas, Abelhinha uma jovem refugiada que na maioria das vezes consegue ter uma compaixão maior que seu corpo e não pensa duas vezes para se doar ao próximo quando ele precisa. Essa é uma história triste sobre amor, conflitos políticos e financeiros, perdão, e humanidade. Sei que essa resenha foi um tanto quanto vazia mas segui os passos do autor, o mistério está na leitura, o encantamento está em cada página onde uma jovenzinha de um país pobre mostra que amor ao próximo não tem cor e muito menos saldo bancário. 

21 comentários:

- fecprates disse...

Olá
Tenho muita curiosidade em ler esse livro e acredito que irei gostar por conta dessa premissa. Adorei poder ler seus comentários e realmente espero poder ler logo.
Beijos, Fer
www.segredosemlivros.com

Ivi Campos disse...

A premissa do livro é bem interessante, mas o que me chamou a atenção na sua resenha foram as fotos que você fez do livro e os quotes que você marcou, dá pra ter uma ideia da narrativa.
Meu Amor Pelos Livros
Beijos

Atraentemente Evandro disse...

A resenha não tem nada de vazia, eu já tinha lido sobre esse livro e agora confirmo o que já sabia: Quero muito ler essa história. Prefiro mesmo que não me contem o que acontece, pois quero ter o prazer de descobrir a cada página. Parecer ser intenso, comovente e encantador. Valew a dica!

*☆* Atraentemente *☆*

Bruna Costabeber disse...

Olá!
Eu adoro livros envoltos em mistério, como esse. A capa dele é linda e morro de curiosidade de ler esse livro, pois sinto que gosto!
Adorei sua resenha e não achei vazia, pois ela despertou muito minha curiosidade.
Beijos

Larissa Oliveira disse...

Oi!
Sou encantada pela capa desse livro mas nunca procurei saber do que ele tratava e fiquei espantada depois de ler a sua resenha, pois a intensa aura de mistério me deixou agoniada pra saber os segredos que se escondem na trama e o que acontece com a Abelhinha.
Beijos!

Michele Lopez disse...

Olá,
Fiquei bastante curiosa com a trama intrigante e todo esse mistério que me deixa com a pulga atrás da orelha.
Parece ser uma obra bem desenvolvida e quero muito saber porque o dono da carteira de motorista acaba se enforcando quando recebe a notícia de que Abelhinha está indo para sua casa!

http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

No Conforto dos Livros disse...

Olá!! :)

Eu não conhecia o livro mas deixaste-me algo curioso... Mas não me parece ser muito o meu género! :)

Mas ainda bem que gostaste... Gostei desse contraste das personagens e da sua alternancia na narração! :)

Boas leituras!! ;)
no-conforto-dos-livros.webnode.com

Carla disse...

oie!
Mesmo não contendo tanto detalhes, deu para sentir a emoção da história. Eu ainda não tinha conferido essa trama, mas fiquei bem curiosa. Não sabia qual era a temática, e agora preciso ler esse livro. Gostei bastante dessa dica.
Bjks!
Histórias sem Fim

Beatriz Andrade disse...

Eu ainda não conhecia o livro mas a sinopse é muito instigante, deixa um mistério no ar e promete que o livro vai ser muito interessante. Isso me deixou muito curiosa. Sua resenha me mostrou um pouco sobre a trama mas eu acho que esse é um daqueles livros em que qualquer detalhe dito pode ser um spoiler, não sei se alguma coisa do que você falou na resenha possa ser visto como spoiler, acredito que sim mas justamente por isso é que eu fiquei ainda mais interessada em poder conhecer a história por completo.

Francine Porfirio disse...

Eu ainda não li esse livro, mas tenho enorme curiosidade em conhecê-lo. Acho que o enredo é impactante, pois nos faz pensar na realidade dos refugiados. A protagonista certamente encanta e emociona ao nos mostrar quão forte precisa e pode ser. Espero logo comprar o livro, sabe? Acho que vou adorar.

Beijos!
www.myqueenside.com.br

Dayane Reis disse...

Olá! A sinopse do livro é bem vazia, mas sua resenha é completa e muito boa. Não conhecia o livro, e é diferente do que eu estou acostumada a ler. Ele parece ser legal. Beijos'

Carolina Trigo disse...

Oi!
Eu não conhecia o livro mas só pela sinopse já me encantei. Apesar dela não falar muito, deixa a gente curiosa para saber sobre o que se trata e o aviso do autor só finaliza isso muito bem.
Sua resenha também foi ótima. Conta o suficiente para termos uma ideia do estilo da história, mas sem contar muito... Não sei se você me entende, rsrs. Parabéns, ficou muito boa.
Já vou anotar o nome.
Bjss

http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

Ju disse...

Fiquei super interessada quando você falou delas contando histórias do passado e do presente para que o futuro de ambas possa existir... Faz tempo que me interesso pela leitura desta obra mas depois da sua resenha fiquei muito mais curiosa, você falou pouco mas instigou muito, gosto muito de histórias que falam sobre doação ao próximo e preciso conferir logo essa.

Karen Valentino - Blog Anne & Cia disse...

Oi, tudo bem? Realmente o autor nos deixou no escuro com essa sinopse, mas ao ler sua resenha (mesmo seguindo os passos dela haha) pude notar que a leitura faria eu sair da minha zona de conforte e também me surpreenderia. Vou anotar a dica, beijos.

Tamires Marins disse...

Oi, tudo bem?

Eu não lembro de ter visto esse livro por aí antes. Entendo que você não teve como falar mais sobre a história, realmente o bacana deve ser a surpresa.
Confesso que não sei se leria o livro no momento, pois, apesar de ter achado a proposta interessante, não fui 100% arrebatada por ela.
Mas deve ser uma história realmente emocionante.

Beijos

Amanda Marques disse...

Olá.

A intrínseca mais uma vez arrasou! AMEI A CAPA <3

A proposta é muito interessante e espero me dar tão bem com o desenrolar da historia quanto você.

Pequena Abelha parece ser bem intenso e encantador.

Parabéns pela resenha!

Suelen Fernandes disse...

Olá!
Eu não conhecia o livro. Mas fiquei super curiosa para saber qual o motivo de Andrew ter se matado e se Abelhinha conseguiu sair da detenção. A história é envolta de mistério e faz bem não contar para os amigos, pois a graça é a surpresa que temos ao ler um livro.
Adorei a sua resenha.
Beijinhos!

Memórias da Cat disse...

Alguém me responde que capa maravilhosa é essa? Me encantou mais que a sinopse

Camila Coelho disse...

Oi, tudo bem?! Nossa eu adorei essa sinopse misteriosa que já desperta a curiosidade pelo enredo logo dr cara. Pela sua resenha me simpatizei com a Abelhinha e quero saber mais sobre o desenvolvimento dessa história. Dica anotada.
Bj

Gabriel Mello disse...

Oi, tudo bem?

A historia parece ser bem emocionante, mas fico imaginando qual o mistério de abelhinha? Ligar para alguém e saber que ele se enforcou deve ser bem, digamos, impactante! Enfim, a dica está anotada.

Abs,

Alice Teixeira disse...

Oi oi,
O livro me cativou pela capa, mas eu me entristece pela história.

Digamos que fui ler sua resenha com muita expectativa sobre o livro. Mas acabei estabanada no chão, não gostei da escrita do autor. O cenário do livro é ótimo, mas acabou me dando outra coisa. A personagem foi muito bem construída e serve direitinho para a história, que bom que gostou...eu acabei desistindo.

.

Beijoss, Enjoy Books :(

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo