[RESENHA] Quatro vidas de um cachorro.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017
Título: Quatro vidas de um cachorro
Autor: W. Bruce Cameron
Número de páginas: 285
Sinopse: Esta é a inesquecível história de um cão que, após renascer várias vezes, imagina que haja uma razão para seu retorno, um propósito a cumprir e que, enquanto não o alcançar, continuará renascendo. Narrado pelo próprio animal, Quatro vidas de um cachorro aborda a questão mais básica da vida: Por que estamos aqui?
Emocionante e com boas doses de humor, este é um livro para todas as idades, que mostra o olhar de um cão sobre o relacionamento entre pessoas e os laços eternos entre os seres humanos e seus animais. Se você gostou de Marley & eu, vai adorar esta aventura que agora ganha as telas do cinema.


Para falarmos de Quatro vidas de um cachorro, é necessário termos em mente que a história toda é narrada pelo mesmo, ou seja, os diálogos praticamente não existem, e a leitura é bem fácil de se entender e bastante fluída.
Confesso para vocês que eu comecei esse livro empolgado demais e talvez tenha me decepcionado um pouco. Achei que seria algo do tipo Marley & eu, mas não é, mas isso não faz com que o livro se torne ruim ou algo do tipo, muito pelo contrário.

Nessa obra, o autor trata de modo tão delicado as pequenas coisas da vida, narrada pelo próprio cachorro, que quando você percebe, já está envolto na história e se tornando parte dela, e quando vê, acabou o livro.
Como o título já diz, o cachorro possuí quatro vidas até achar o seu verdadeiro propósito aqui na terra.
Ele morre e renasce com sexos, nomes, raças, tudo diferente de como era antes, porém a sua memória é a mesma em todas, é como se ele só trocasse de corpo.
Isso o ajuda e faz com que corra ainda mais atrás dessa tal propósito, pelo qual acredita ter.

"Os humanos são muito mais complicados do que os cachorros e têm um propósito muito mais importante. A tarefa de um bom cachorro é, basicamente, lhes fazer companhia, ficando a seu lado independentemente do caminho que a vida tome."

O livro todo possui momentos muito tocantes que nos indagam a pensar sobre a vida, sobre nossos propósitos, sobre o que estamos e o que devemos fazer. Fazer-nos pensar nas coisas dessa maneira, nos toca que alguns (como eu) acabam se emocionando (risos).
Uma leitura que vale a pena, desde o velho ao novo, Quatro vidas de um cachorro é um livro para todas as idades.

"O mundo, pensei comigo mesmo, era muito mais complexo do que eu havia suposto."

Nota: 4 <3

21 comentários:

Crislane Barbosa disse...

Oi!
Esse livro parece muito fofo e cheio de momentos com emoção a flor da pele! Estou bem curiosa para afazer a leitura!
Nunca li "Marley & Eu", só vi o filme, mas já imaginava que "Quatro Vidas de um Cachorro" ia ser diferente, então vou sem essas expectativas. Espero gostar muito.
Beijão!
http://www.lagarota.com
http://www.asmeninasqueleemlivros.com.br

Jéssica Christina disse...

Oi, tudo bem?
Eu fiquei louca pra ler esse livro assim que ele foi lançado! Apesar de toda a encrenca com os maus tratos dos cachorrinhos no filme, o livro parece ser encantador e emocionante!

Ivi Campos disse...

Conheci o livro por causa de toda polemica que o filme estava causando nas redes sociais, mas ainda que não tenha ido assistir o filme, fiquei bem curiosa com o livro. Entendo a sua expectativa e a sua possível decepção, mas como a minha expectativa não está lá nas alturas, acredito que a leitura funcionará bem pra mim.
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

F disse...

Olá
EU so conheci o livro por causa da polemica do filme mesmo., ao qual eu nem fui assistir. Mas sobre o livro eu leria com certeza. Pode ser que seja uma boa leitura para mim, porque a história parece ser marcante e com várias emoções.
Beijos, Fer

Pollyanna Campos disse...

Olá, tudo bom?
Tenho bastante curiosidade por esse livro desde que o mesmo foi lançado. Tenho muita curiosidade para saber como seria a história pela perspectiva do cachorro e tenho certeza que vou ser uma dessas pessoas que vai se emocionar, porque sempre choro lendo livros de animais rs Quero muito conhecer as quatro vidas desse cachorro e as lembranças que vai desenvolvendo através delas.


Beijos
Pollyanna Campos - Entre Livros e Personagens
https://entrelivrosepersonagens.blogspot.com.br/
youtube.com/pollyannacampos1

Estilo Gisele disse...

Olá, tudo bem ?
Não leio nada que envolva cachorros, então sei que este é um livro que jamais vou ler e nem ver ao filme. Mas preciso concordar que os humanos são bem mais complicados rsrsrs. Preciso dizer ainda, que sua foto ficou linda.
Beijos
www.estilo-gisele.blogspot.com.br

Suzane Cruz disse...

Aaaaah que lindeza, como não amar livros com cachorro? Já me apaixonei sem nem ler kkkk Estou muito afim de ler e descobrir o motivo do cachorro retornar tantas vezes assim, deve ser lindo!

MEMÓRIAS DE UMA LEITORA

Esquadrão Literário disse...

Olá.

Eu não tenho costume de ler ou ver algo relacionados a cachorros, porque eu perdi o meu meses atrás, e aquela polêmica com os maus tratos me deixou com um pé atrás com o livro e o filme, mas deve ser bastante emocionante ver como são as pessoas na visão do cachorro.

https://esquadrao-literario.blogspot.com.br

Helyssa Santos disse...

Oi, sempre que vejo comparações desse livro com Marley e Eu fico medo, chorei tanto... Estou tomando coragem para assistir ao menos o filme. Bjs

Vivianne Sophie disse...

Olá,

Tenho lido muitos comentários positivos desse livro , mas não sabia que era o cachorro que narrava e acredito que isso torne a premissa ainda mais interessante. Fiquei curiosa para ver o desenrolar do livro e como são essas quatro vidas do cachorro.

Tamires Marins disse...

Que pena que você se decepcionou um pouco. Eu conheci o livro através do filme, que não assisti, mas a história parece ser super emocionante. Eu não li Marley & Eu, mas assisti a adaptação e não curti nadinha. Então talvez o oposto funcione comigo, ou seja, posso vir a gostar da história de Quatro Vidas de Um Cachorro. Mas não farei a leitura agora, tenho outras prioridades, mas quem sabe mais pra frente...

Bjs

Janiele Silva disse...

Oie tudo bem? Já me imagino chorando litros lendo esse livro, eu amo cachorros, mas não tenho nenhum, e fiquei muito triste com a notícia de maus tratos no filme, não sei se irei ver mas o livro eh uma ótima opção!

Bjs jany

www.leituraentreamigas.com.br

Tamara Padilha disse...

Oie, eu não tenho expectativas em relação a esse livro, mas ele tem sido tão comentado que tenho cada vez mais sentido vontade de lê-lo. Bacana saber que é uma obra que nos emociona e nos leva a refletir sobre propósitos da vida, importância de um animal em nossa vida, dentre outros temas relevantes. Espero ler e gostar.

Aninha Goulart disse...

Oiii,

Eu não consigo me convencer a ler este livro e nem a assistir o filme, não sei porque não me chama a atenção e não me desperta aquele interesse... Esses livros com gato, cachorro, etc... Pasme, eu nunca assisti Marley e Eu, não consigo me obrigar a assistir ou ler algo com enredo que envolva animais de uma forma direta rs.

Beijinhos...
http://www.paraisoliterario.com/

Catharina M. disse...

Oie
eu fiquei curiosa pelo filme, parece ser bem legal a história no geral, não sei se leria mas provavelmente veria o filme para conhecer melhor o enredo

beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Amanda Colares disse...

Oiee!!
Não gosto muito desses livros relacionados a animais, mas esse enredo parece interessante, pois podemos relacionar com as nossas vidas né?
Quem sabe eu me aventure nessa leitura...
Um beijo!

www.asmeninasqueleemlivros.com

Dayane Reis disse...

Olá!
Eu comecei a ouvi falar do livro quando saiu o trailer da adaptação cinematográfica. Normalmente quando um livro vira filme aumenta muita a divulgação dele, e com esse vejo que não está sendo diferente. Ele já entrou para para lista de livros que quero ler. Saber que tem muitos momentos tocantes e lendo sua resenha só aumentou essa minha vontade de ler o livro. Adoro quando o livro nos faz pensar sobre a vida. Beijos'

Nayara Borges disse...

Olá!
Eu já tinha ouvido falar desse livro e eu o que eu imaginava dele era algo do tipo Marley e Eu também, mas foi bom saber que não é assim, pelo menos eu tiro essa ideia da minha cabeça. Outra coisa, eu achei muito interessante a questão de ser narrado pelo cachorro, mas confesso que não ter muitos diálogos me desanima um pouco, porque a maioria dos livros que abandonei tinha essa mesma característica. Eu quero ler esse livro, vai que eu goste.
Beijos,
Nay
Traveling Between Pages

Priscila Alexandre disse...

Vi muito fuzuê com esse livro, ainda mais com os maltratos aos animais que rolaram na adaptação cinematográfica.

Não costumo muito ler livros com particapação de animais, acho que nem Marley e eu eu li... Amo animais, tenho duas dogs lindas que estão agora dormindo nos meus pés (e roncando!), mas geralmente sou muito sensivel no que compete a bichinhos e sei que esses bichinhos morrem, então não quero esse sofrimento se posso evita-lo, haha!

Acredito que a obra seja excelente, mas acho que não o incluiria agora na minha estante!

Abraços!
www.asmeninasqueleemlivros.com

Luana De Martins disse...

Olá!
Esse livro é um amorzinho que só <3 adoro livros em que os animais são os protagonistas, é muito fofo. Queria muito ter visto o filme, mas perdi totalmente a vibe depois do escândalo dos mau tratos que o cachorro sofreu nas gravações :/
Ainda assim, o livro vale muito a pena.
Beijos,

Luana

Ana Claudia Machado disse...

Olá,

Esse livro parece ser muito fofo!!!! Não tenho hábito de ler livros sobre animais, mas com o lançamento do filme estou curiosa quanto a leitura, ainda mais depois de ler a sua resenha e sabendo que você gostou, amo livros que nos ensinam algo também.
Fiquei interessada em fazer essa leitura...

Beijos e obrigada pela resenha...

http://floraliteraria.blogspot.com.br/

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo