[RESENHA] O ruído do tempo - Julian Barnes

quarta-feira, 5 de abril de 2017
Título: O ruído do tempo
Autor(a): Julian Barnes
Editora: Rocco
Nº de páginas: 175

"Shostakovich foi durante meio século o compositor mais celebrado da União Soviética, desde o sucesso mundial da sua Primeira Sinfonia, composta aos 19 anos, até a sua morte, em 1975. Shostakovich foi também o compositor mais perseguido pelo regime, sofrendo desde pequenas e caprichosas interferências até diretas ameaças de morte, conduzindo sua vida e obra sob constante coação de intimidação."

O nosso protagonista aqui é Shostakovich, um compositor soviético que viveu nos tempos de guerra. A obra é dividida em três partes da vida do protagonista:No Hall, No Avião, No Carro, essas partes é onde ele encontra o chamado "Poder".


É meio difícil falar desse livro, pois ele se trata de uma biografia. Shostakovich viveu nos tempos de guerra e foi altamente perseguido pelo regime militar. Ele recebeu diversas acusações, desde as mais singelas e sutis, até ameaças reais de morte.
Segundo eles, artistas assim como compositores não eram bem vistos.
Para Lênin, música era algo deprimente.
Para Stálin, achava que entendia e apreciava música.
Khrushchev desprezava música...

Um pouco confuso, por se tratar de um livro com poucas falas e uma linguagem difícil, confesso que esse livro não me instigou em nada, não é meu estilo de literatura e isso atrapalhou bastante na leitura e até mesmo na resenha por não saber o que falar.

Recomendo-o para quem gosta de fatos históricos e gosta de ler biografias, principalmente de pessoas que passaram por momentos difíceis assim como Shostakovich,



0 comentários:

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo