RESENHA: A busca sofrida de Martha perdida

domingo, 18 de junho de 2017
Título: A busca sofrida de Martha Perdida
Autor: Caroline Wallace
Editora:  Fábrica 231
Número de páginas: 304
Sinopse: Liverpool, 1976. Martha tem 16 anos e mora numa estação de trem desde que se entende por gente. Mais especificamente, desde que foi encontrada, ainda bebê, em uma mala na estação Lime Street, ficando sob os “cuidados” da dona da loja de achados e perdidos do local. Proibida de deixar a estação, sob a ameaça de uma maldição, Martha espera diariamente que alguém venha buscá-la. Enquanto isso, passa seus dias atendendo os passageiros que circulam por ali, conhece todos os segredos da estação e acaba se envolvendo em alguns mistérios, entre eles o aparecimento de uma mala que talvez tenha pertencido aos Beatles e que coloca a cidade em polvorosa. Mas o maior mistério começa quando ela passa a receber livros com cartas de um desconhecido que parece saber tudo sobre a sua vida. Martha precisará correr contra o tempo se quiser encontrar repostas e não se perder novamente.

Nossa protagonista, como o título já sugere, é Martha, e sim, seu sobrenome é de fato Perdida.
Martha é o pássaro Liver da estação Lime Street em Liverpool e ela tem dezesseis anos de idade.
A mesma fora abandonada na estação e foi resgatada pela Mãe, como vamos assim chamar. Uma mulher totalmente religiosa, eu diria até que fanática, além de ser extremamente mau humorada e tratar a pobre Martha de maneira que da raiva no leitor, abusando de sua boa vontade e de seu coração puro.


Martha nunca conseguiu conhecer sua cidade, pois não poderia sair da estação. Segundo as histórias que sua mãe contava, tudo era ligado ao demônio e algo terrível aconteceria se Martha deixasse aquele local. Porém na história também temos Elizabeth que é a amiga de Martha e a mulher mais bonita que ela já viu na vida. Totalmente o oposto de sua mãe, é ela quem cuida mais e da o carinho necessário para a menina.

Assim como nós (rs) a nossa protagonista também adora ler e tem um apreço imenso pelos seus livros, e ainda mais por aqueles que foram abandonados. Confesso que isso eu e ela temos em comum, já que amo meus livros demaaaaaais haha.

As coisas começam a ficar mais interessantes quando Martha recebe uma carta sem assinatura de remetente, e nessa carta a pessoa diz que sabe a origem de seu Era uma vez e de toda a sua origem.
Aos poucos vamos descobrindo coisas e desvendando esse mistério a cada página e se deixando levar pela pureza e inocência da protagonista.



Martha é uma pessoa incrível e ao longo da leitura é como se ela existisse e fosse realmente uma amiga que já conhecia a longa data. Totalmente sábia e cativante, ela vai nos fisgando aos poucos, e quando percebemos já estamos mais envolvidos na história do que pudemos imaginar.
Um livro que apesar de fantasioso, nos passa uma mensagem super incrível, te leva fácil no enredo da trama e faz nosso olho brilhar.
Amei ler e super recomendo <3

16 comentários:

F disse...

Ola
Primeira resenha que leio sobre esse livro e gostaria muito de poder conferir. Pelo que pude compreender, Martha parece ser uma personagem muito carismática né?! Impossível não se identificar com ela, ainda mais se gosta de ler. Adoraria poder fazer essa leitura também!
Beijos, F

Ingrid Cristina disse...

Olá!

Eu não conhecia o livro e nem a sua autora, mas posso dizer que mediante os seus comentários me simpatizei muito com a história da Martha e adoraria ter a oportunidade de conhecer mais de perto essa mocinha que se aparenta muito carismática. Achei a capa uma gracinha! Obrigada pela dica!

Ingrid Cristina
Plataforma 9 3/4

Tais Burigo disse...

Oi tudo bem?
Não conhecia o livro e quando li o titulo achei que seria uma coisa completamente diferente e achei que não iria gostar, mas sua resenha me deixou bem curiosa para a leitura.

Beijos

Rízia Castro disse...

Oi
Não conhecia o livro e confesso que não fiquei tão atraída assim por ele.
Achei interessante a premissa, mas acho que centraliza demais em apenas uma questão. Mas como a personagem é incrível, talvez realmente seja uma boa aposta.
De qualquer forma anotei a dica. Quem sabe mude de opinião?
Beijinhos
Rizia Castro - Livroterapias


Ivi Campos disse...

Ainda não conhecia o livro e acho que vou curtir porque amo quando o enredo nos faz desejar ser a melhor amiga da protagonista. Tenho a impressão que terei esta sensação e espero poder ler o mais rápido possível.
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

Crislane Barbosa disse...

Oi!
Que capa maravilhosa! Não conhecia o livro, mas a história é bem intrigante. Gente, por que a garota foi deixada na estação? :O Adoro quando tem personagens que também amam o mundo dos livros. <3
Obrigada pela dica!
Beijão!
http://www.lagarota.com.br/
http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

Barbara M. Cabalero disse...

Oi.
Eu não conhecia esse livro, nunca tinha visto uma resenha sobre ele.
O enredo parece ser bem interessante. Adoro mocinhas com essa inocência gostosa. E fiquei curiosa para saber mais sobre essa Mãe, e o que existe por trás das atitudes dela.
Adorei a dica.
Beijos.

Nay Sartor disse...

Oie! Tudo bem?

Acredito que fiquei conhecendo esse livro pelo marcador de página dele! Mas não sabia sobre o que se tratava, adorei a proposta da obra, mas faltou alguma coisa na história que despertasse meu interesse, mas com certeza futuramente darei uma chance a leitura!

Bjss

Bruna Costabeber disse...

Heey,
Ainda não conhecia esse título, mas fiquei muito interessada na leitura, pois gostei muito da personalidade de Martha. Acho que eu deverei me sentir como você se sentiu: achando a personagem uma verdadeira amiga. Quero saber o que acontece com essa carta que ela recebe e como as coisas se desenrolam.
Dica anotada, sem dúvidas.
Beijos

Diane disse...

Olá...
Ainda não conhecia essa obra, mas, fiquei bastante curiosa depois que li sua resenha! Gostei bastante de seus comentários e fiquei muito curiosa sobre o personagem de Marta... Algo me diz que irei amar a leitura <3
Dica anotada!
Bjo

Diane disse...

Olá...
Ainda não conhecia essa obra, mas, fiquei bastante curiosa depois que li sua resenha! Gostei bastante de seus comentários e fiquei muito curiosa sobre o personagem de Marta... Algo me diz que irei amar a leitura <3
Dica anotada!
Bjo

Maria Luíza Lelis disse...

Olá, tudo bem?
Eu ainda não conhecia o livro, mas me pareceu ser realmente uma leitura encantadora.
Imagino que dê muita raiva da mãe de criação da Martha, pois só de ler sua resenha eu já fiquei com raiva imaginando ela maltratando a pobre menina. Por outro lado, a Martha deve ser uma personagem muito cativante e o mistério sobre a origem dela já me deixou curiosa.
Adorei a dica e vou deixar anotada para ler assim que possível.
Beijos!

Jéssica Christina disse...

Oie, tudo bom?
Fiquei curiosa pra saber como esse livro pode ser fantasioso, e já odeio a Mãe. Um livro que trata uma relação parecida com essa é "A guerra que salvou minha vida". Eu amei sua resenha e tenho certeza que irá amar realizar a leitura dessa belezinha da edidota DarkSide ♥

Livros & Tal disse...

Oii
Confesso que não conhecia o livro, mas achei a história bem interessante. Gosto bastante quando o livro nos trás uma mensagem legal e sobretudo quando nos identificamos tanto com os personagens... Anotei a sua dica <3

Beijos

Priscila Alexandre disse...

Que capa fofa! E a sinopse também é muito interessante, me lembrou Hugo Cabret.

A história parece ser muito bonita e agradável, gostei da premissa do livro. Quero conhecer a Martha, mas acho que já sei o que acontece, hohoho!

Abraços!
www.asmeninasqueleemlivros.com

Paradoxo Literário disse...

Acho que o melhor de tudo é que o título já começa rimando e eu amo rimas! A sinopse é também muito interessante e sua resenha me deixou super curiosa para saber porque ela não pode sair da estação. Vou adicionar na minha lista de leitura do skoob, abraços!

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo