RESENHA - O vespeiro

sexta-feira, 4 de agosto de 2017
Título: O vespeiro
Autor (a): Kenneth Oppel
Número de páginas: 236
Editora: Galera Records
  Sinopse: Algumas crianças veem o verão como um tempo de alegria e brincadeiras. Mas para Steve é apenas mais um período de preocupação e ansiedade. Seu irmão recém-nascido está lutando pela vida... E ninguém sabe se ele conseguirá vencer essa batalha. Como seus pais ficarão se o pior acontecer? Além de tudo, ainda há um vespeiro no telhado de sua casa... Ele é alérgico! Quando uma vespa-rainha invade seus sonhos com uma solução para todos os problemas, Steve acha que tudo se resolverá, ele só precisa dizer sim. Mas sim é uma palavra muito poderosa... Será possível voltar atrás?







O vespeiro nos trás uma escrita simples e direta, com um toque de fantasia, diria que até seja uma fábula que pode ser lida tanto por adultos quanto por crianças.
A sutileza da autora na sua escrita é algo que nos chama a atenção, nos cativa, e pode até emocionar, dependendo da intensidade de quem está lendo.

Nosso protagonista é Steve, que enfrenta uma difícil tarefa de proteger seu irmão que a todo momento ele o chama de bebê. Uma criança que acabou de nascer e tem sua saúde totalmente comprometida.

Após um sonho com uma vespa rainha, Steve começa trazer a fantasia para a realidade, a ponto de não saber quando está sonhando e quando não. As propostas feitas pela vespa colocam nosso protagonista em um beco do qual há muito mistério, perigo, recusa... A difícil decisão que o pobre garoto tem de tomar não é nada fácil.

A história nos mostra os valores e principalmente a empatia que temos com quem amamos, Steve nos mostra isso muito claramente, ao colocar suas necessidades em segundo plano para poder proteger aquele que precisa mais de atenção além de si próprio.
Misturada ficção com realidade, Kenneth Oppel nos faz viajar nessa história gostosa que pode assustar em alguns pontos.

Com diálogos fáceis, diagramação boa e escrita simples, o livro nos faz viajar de forma rápida no universo de O vespeiro, tornando uma leitura muito fluida que em algumas horas pode ser concluída.
Com certeza O vespeiro já entrou para a minha lista de favoritos 
<3 

Sem deixar de lado as ilustrações maravilhosas feitas por Jon Klassen.









14 comentários:

F disse...

Ola
Eu também ja fiz essa leitura e gostei bastante dos elementos inseridos. Os diálogos são bem fáceis mesmo, assim como a leitura se mostra fluida. As ilustrações merecem um grande destaque né?! Adorei poder conferir as suas impressões, em especial por ter conseguido me identificar com sua opinião.
Beijos, F

Letícia Iarossi disse...

Uau! Que enredo é esse! Amo fantasia e saber que pode ser lido por qualquer idade me despertou ainda mais o interesse. Estou precisando de coisas leves, tipo cultura inútil kkkk Não que seja o caso.. Entende?
Enfim, obrigada pela resenha. Amei!
www.praxeliteraria.com.br beijos

Carla disse...

Oie!
Gosto de histórias que envolvem desde o começo, e ainda não conhecia esse livro, e fiquei bem empolgada para fazer a leitura.
E ainda quando a trama mistura ficção com realidade, fico ainda com mais vontade de ler.
Bjks!
Histórias sem Fim

Diane disse...

Olá...
Adorei a resenha!
A diagramação está linda! Gostei de saber um pouco mais sobre essa obra, principalmente, que pode ser lido tanto para adultos quanto crianças e que o livro fala sobre essa empatia sobre essas pessoas que amamos.
Dica anotada!
Beijos

Marijleite disse...

Olá, eu ainda não conhecia esse livro, mas como eu amo histórias com irmãs, livros com ilustrações e que tenham um toque de fábula, após sua resenha já quero muito ler O vespeiro.

Gabrielly Marques disse...

Oiee, tudo bem? Gostei da sua resenha e conhecer melhor esse livro! Eu gosto bastante de tramas assim, que misturam realidade e fantasia, especialmente com personagens infantis, e esse livro parece incrível. Dica anotada!
Beijos

Dryh Meira disse...

Oiee ^^
Estou com esse livro aqui na pilha de não-lidos, mas confesso que não estava muito animada para lê-lo. Depois de ver que gostou e que o favoritou, até fiquei um pouco mais curiosa para conferir a história, mas não cheguei no 100% quero ler ainda...haha' espero gostar, apesar de sempre ficar meio WTF quando a história mistura realidade com fantasia.
MilkMilks ♥

Lauri Brandão disse...

Oi. :)
Achei a premissa interessante, apesar de nunca ter ouvido falar do livro.
Sua dica está sendo anotada nesse momento, pq sua resenha despertou minha curiosidade. Parabéns.
Blog As Meninas Que Leem Livros - Lauri Brandão

Vitória Doretto disse...

Oi!
Confesso que não conhecia este livro, mas a premissa é bem interessante (eu diria que é até diferente). Me pareceu muito interessante esse personagem que consegue colocar suas vontades/necessidades de lado para cuidar de outra pessoa - a autora deve ter feito um trabalho e tanto na construção dele! Fiquei bastante curiosa depois da sua resenha, já marquei na minha lista interminavel aqui :)
Beijos!

Maria Luíza Lelis disse...

Oi, tudo bem?
Eu conhecia esse livro só pela sinopse, mas ainda não tinha tido a oportunidade de ler uma resenha sobre ele. Confesso que a princípio não me interessei muito pela premissa, mas sua resenha me fez ver o livro com outros olhos.
Parece ser uma leitura envolvente, mas também sensível e cheia de reflexões. Fiquei feliz de ver que você gostou tanto do livro e já vou anotar a dica.
Beijos!

Ingrid Cristina disse...

Olá!

Caramba, adorei essa dica! Não conhecia o livro, mas posso dizer que fiquei muito interessada em conferir mais de perto essa trama. Tem bastante tempo que não leio uma fábula ou algo que se assemelhe a uma, então acho que essa leitura interessante por isso também. Pelas fotos pude perceber que a edição está bem caprichada também.

Ingrid Cristina
Plataforma 9 3/4

Amanda Colares disse...

Olá!!
Amei a capa e as ilustrações...
Acho super importante livros que tratem de valores e empatia nos dias de hoje, pois estamos bastante precisados!!
Vou procurar conhecer melhor!
Um beijo

www.asmeninasqueleemlivros.com

Jéssica Christina disse...

Oie, tudo bom?
Não entendi muito bem do que se trata realmente a história, mas eu amo fantasia e sendo uma história de irmãos, me chamou muito a atenção. Espero poder conferir em breve pois também amei as ilustrações! Bela resenha!

Bruna Costabeber disse...

Olá!
Ainda não conhecia esse livro e fiquei com a impressão que seria apenas mais uma leitura, mas me surpreendi, pois vi que é um livro que faz pensar e muito. Fiquei curiosa para saber como funciona essa questão do sonho e como ele se mistura à realidade. Achei muito legal o que você disse sobre a escrita ser fácil.
Espero ter a oportunidade ler o livro logo.
Beijos

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo