Resenha- Confesse

segunda-feira, 16 de outubro de 2017
Titulo: Confesse
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Nº de Páginas: 320
Sinopse: "Um romance sobre arriscar tudo pelo amor — e sobre encontrar seu coração entre a verdade e a mentira. Da autora das séries Slammed e Hopeless. 

Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado."


*Livro cedido em parceria com a editora




 Quando descobri que seria parceira da Galera Record a minha felicidade foi enorme, não cabia em mim! Um dos motivos foi Colleen Hoover, ela é autora do grupo editorial e você quer alegria maior que ter em primeira mão os lançamentos de uma das suas queridinhas da estante? Pois bem, esse é o MEU momento, pessoal, e apesar das críticas ao livro, não desanimem, foi uma leitura sensacional e que bateu todos os recordes, li em meio dia!

 A história toda parece algo muito sem pé nem cabeça para quem não acredita em destino, Owen precisa de alguém para trabalhar para ele durante uma noite em sua exposição de quadros, Auburn precisa desesperadamente de dinheiro, ela mal para em frente ao estúdio de Owen e já é imediatamente contratada, sem ao menos saber para qual cargo seria designada.




 É preciso enteder que Auburn é uma garota que sofreu muito na vida, perdeu o amor da sua vida muito cedo, provavelmente a única pessoa que ela já amou, ficou sozinha e com um filho, acontece que a mãe de seu grande amor acabou ficando com a guarda do garotinho e manipula Auburn de uma forma doentia, é como se ela quisesse desempenhar o papel de mãe no lugar da protagonista. Já Owen... Ele carrega uma culpa surreal, o tempo todo não se acha merecedor de nada, mesmo que seu trabalho seja tremendamente incrível, ele pinta confissões, as pessoas deixam pequenos bilhetes na porta de seu estúdio e ele transforma-os em quadros maravilhosos, é encantador. É em meio a arte que o romance acontece, a conexão entre os dois é imediata, você literalmente entende o que é um encontro de almas, a autora descreve os sentimentos, as sensações entre os dois que muitas vezes me peguei suspirando, torcendo para que as coisas acontecessem mais rápido, eu queria uma avalanche de cenas fortes, cheias de amor e Colleen sabia dosar perfeitamente.
 Infelizmente esse é o típico casal que tinha tudo pra dar errado e deu por muito tempo, o ex cunhado de Auburn nutre uma paixão avassaladora e doentia por ela, muitas vezes chantageando-a, é ridícula a maneira que ele usa o filho de Aub como arma "se você fizer isso nunca mais vai ver seu filho, se ficar com ele nunca mais verá o seu garoto" Eu ficava uma pilha de nervos com isso, porque Aub é mãe, e faz qualquer coisa para não ficar longe de seu pequeno, é doloroso ver ao que ela se submete, e como abre mão do amor, Owen não é o cara mais tranquilo do mundo, sempre se mete em algo errado quando tenta ajudar alguém, ele é o tipo de pessoa que coloca a mão no fogo pelos outros, você entende? Ambos sacrificam seus respectivos sentimentos por terceiros e acabam ficando infelizes, é triste.



 Apesar do livro ser relativamente grande, a história se passa em um curto período de tempo, isso me agrada, gosto de quando as coisas acontecem nesse ritmo! A única coisa que realmente me incomodou foi o plot da história, Owen desde o início age como se carregasse uma culpa enorme, o segredo mais devastador da humanidade e você já começa a cogitar coisas mirabolantes, quando você finalmente descobre o que é, fica um sentimento de frustração, minha expectativa foi crescendo e quando finalmente descobri o que era, me senti boba por esperar muito. Infelizmente Colleen não me surpreendeu dessa vez, não com o ponto alto do livro, mas a construção da história foi sensacional, ela colocou Aub como uma legítima mãe, capaz de qualquer coisa por seu filho, já Owen é um homem raro, nada egoísta, sempre bondoso, doce, MARAVILHOSO! O que mais me surpreendeu nessa leitura foi perceber que os personagens muitas vezes são o ponto alto, o enredo é só consequência.

Nunca deixo ninguém me ver sem maquiagem. Meu maior medo é como vai ser minha aparência no meu funeral. Tenho quase certeza de que serei cremada, porque minhas inseguranças são tão arraigadas que vão me seguir até o além. Obrigada por isso, mãe.


15 comentários:

Livros & Café disse...

Oi, tudo bem?

Todos dizem que este livro é um dos melhores da Colleen. Adoro os livros dessa mulher e estou louca para ler este livro. Estou com ele em casa, mas estou tendo que seguir uma lista de leituras, e ele é um dos próximos. Espero gostar muito da leitura e que a obra se torne um dos meus preferidos.

Beijos.

Helyssa Santos disse...

Olá, amo esse livro. É um dos meus preferidos da autora, uma maravilha saber que muita gente tambem gosta rs. Bjs, Tell me a Book

Cabine de Leitura disse...

Não tive a oportunidade de ler nada da autora, mas só vejo elogios.
O fato do mistério ter saído menor que a encomenda não tira o mérito da história em si, nê?!
Espero poder ler algo dela e quem sabe ser mais uma fã .

Beijos.
https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

Diane disse...

Olá...
É uma pena que esse livro tenha te decepcionado em certos aspectos, pois, eu verdadeiramente AMEI esse livro, os personagens, a história, enfim, tudo! É um dos meus favoritos de 2017 ;)
Bjo

Jéssica Christina disse...

Oie, tudo bom?
Esse já era um queridinho antes pela capa, agora, vendo essa resenha fiquei morrendo de vontade de conferir! Mesmo o segredo dele não sendo taaaão perturbador assim, acho que seria uma leitura bem gostosa de se fazer, já que também só ouço elogios a autora!

Polly - Entre Livros e Personagens disse...

Olá, tudo bom?
Sou louca para ler esse livro, mas ainda não sobrou dinheiro para comprar >< rs Adorei saber que o ponto alto da história são os personagens e o enredo é consequência e curti saber que mesmo que o plot twist tenha te deixando decepcionada, ainda assim foi uma leitura que te agradou e que você recomenda. Mal posso esperar para ler esse romance com um toque de poesia e arte.

Beijos!!

Livros & Tal disse...

Ola!!
Eu confesso que amo os livros da Colleen, essa foi a primeira resenha que li sobre Confess e tenho que te dizer que estava aqui suspirando e imaginando a história pelas suas palavras.
Esse livro realmente parece ter a cara e a marca da Diva dos New Adult.
Preciso ler com urgência haha

beijos
Livros & Tal

Yohana Sanfer disse...

Oi, Dayhara! Primeiramente: parabéns! Adorei a sua resenha! :)
Ainda não tinha lido nada sobre este livro e fiquei interessada pela leitura! Saber que a história fala de destino já mexe com meu coraçãozinho!rs

Acompanharei outras dicas por aqui.

BJs

Gabrielly Marques disse...

A Colleen nunca erra na mão ao criar seus personagens; são apaixonantes! Adoro a maneira como ela os desenvolve, amadurece. A trama realmente fica em segundo plano. Eu já li três dos livros dela e amei todos. Agora quero muito ler esse também!! Espero ter a oportunidade logo :D
Amei a resenha!
Beijos
http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

Alana Gabriela disse...

Helloo, tudo numa nice?!
Eu já li alguns livros da CoHo e gostei, mas não leio mais pq meu gosto literário mudou. Eu não acredito em destino então a estória pareceria sem pé nem cabeça como vc mesma falou.
Não gosto muito de criar expectativas para as coisas para não me decepcionar, e nesse caso seria uma coisa boa, né?! Legal que a trama parece estar para os protagonistas e não o contrário.
Beijin...
Pieces of Alana Gabriela

Leandro Brito disse...

Oi. Tudo bem?
Eu sempre fico muito contente de conhecer mais um livro da Collen. Confesso que ainda não tive a oportunidade de ler algum livro dela. Já li resenha de muito livro que me interessei demais. Agora fiquei um pouco desanimado com a história desse livro. Acho que assim como você teria um pouco de dificuldade de me envolver com a história. Mas fico feliz de saber que apesar das críticas é um livro bom para ler. Fiquei admirado com o tempo recorde de leitura. Parabéns, pois parece ser um livro grandinho. E sucesso com a parceria com a editora. Adorei a resenha.
Abraço 😀

Ivi Campos disse...

Eu li este livro na época que foi lançado nos estados Unidos e embora tenha gostado da historia, achei que foi uma das mais fracas da autora.
Gosto muito da autora, mas ela escreveu outras coisas melhores que este livro aqui.
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

Thayza Fonseca disse...

Olá!!


Esse livro será minha próxima leitura e como se trata da Colleen acredito que vá gostar mesmo que não seja o melhor dela, afinal estamos falando da Rainha. Mas sua dica de não esperar de mais do segredo já ajuda a não me decepcionar de mais e a leitura pode me agradar mais por causa disso. Adorei a resenha.

Beijos

Thayenne Carter disse...

Olá,

De Novembro não passa! preciso ler esse livro o mais depressa que eu conseguir, estou roendo minhas unhas de ansiedade em relação a essa história, é um dos poucos livros da CoHo que não li, sempre que vejo uma nova resenha, ainda mais se for positiva, ficou doidinha. Acho essa capa incrível, linda real, mal posso esperar para ler logo esse livro.

Beijos,
oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

Livreando disse...

Tenho que ler esse livro. Tenho! Ouvi muitas opiniões colocando ele como um dos melhores justamente pelo desenvolvimento dos personagens. Confesso que isso está me deixando um pouco ansiosa por saber que a maneira da escrita da CH é mais densa. Espero gostar da leitura, apesar dessa revelação mais fraca.
Bjim!
Tammy

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo