Posts Recentes

RESENHA O garoto está de volta

27 de dezembro de 2017

Título: O garoto está de volta
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Nº de Páginas: 352
Sinopse: "Reed Stewart pensou que todos os problemas da cidade pequena – incluindo um coração partido – haviam ficado para trás quando ele abandonou Bloomville, Indiana para se tornar um rico e famoso profissional do golfe. Até um post na internet ressuscitar todas as suas inseguranças de adolescente e levá-lo de volta à pequena cidade natal. 

Becky Flowers investiu tempo e recursos para se tornar uma bem-sucedida profissional do ramo de realocação de idosos. Mas ela trabalhou ainda mais duro para esquecer que Reed Stewart sequer existia. Ela não tinha, absolutamente, a menor intenção de revê-lo, agora que ele voltou. Até a família do garoto a contratar para ajudar na mudança dos pais."



*Livro cedido em parceria com a editora






  2017 tem sido um ano recheado de boas leituras e obviamente tem dedo da Galera Record nisso, a editora foi uma verdadeira metralhadora de bons lançamentos e Meg Cabot está na linha de frente, como sempre. Sempre fui muito fã da autora, ela foi uma das peças principais para me tornar leitora, lembro-me de devorar seus livros em poucas horas e da maneira que ela me fazia rir quando ainda era adolescente, pensei que isso havia se perdido ou era uma simples experiência de leitora iniciante, mas ao me deparar novamente com a autora depois de muito tempo percebi que isso era algo dela, essa capacidade de nos fazer rir independente da idade, esse dom de usar artefatos atuais para atrair o leitor... Tudo é tão maravilhoso pelos olhos de Meg Cabot que é impossível fazer alguma ressalva negativa sobre a escrita dela em si.
 Pois bem, Becky é engraçada, muito bem resolvida, dona de si e com um futuro muito bem traçado, ela herdou o negócio da família e tem orgulho do que faz, graças a isso exerce sua profissão muito bem, é dona de uma empresa que realoca idosos, de fato coloca a mão na massa quando eles resolvem descansar, procurar uma casa de repouso e coisas do tipo, ela também está muito bem emocionalmente, com um bom namorado que sua irmã insiste em chamar de hipster, mas parece ser uma relação ok, nada de amor, nada de uma paixão avassaladora, ela simplesmente está em um relacionamento. 
 Já Reed é um golfista famoso, milionário e que tem uma família pra lá de estranha, hoje ele vive bem graças a sua carreira mas tem alguns problemas familiares que simplesmente deixou pra lá e não resolveu, como o fato de ter ido embora da casa de seus pais e nunca mais falar com seu pai, o fato de abandonar Becky que era o amor de sua vida... Reed é um imenso campo de assuntos não resolvidos e até então isso não o incomodava, estando longe de sua cidade natal nada disso parecia ter importância, mas graças a uma infelicidade do destino ele precisou voltar. Seus pais foram presos por tentarem pagar uma refeição com selos falsos, que juraram que valia uma fortuna... Isso vira assunto na pequena cidade na hora e Reed vê que precisa vencer suas barreiras e retornar a cidade para resolver o problema, sabe qual a solução? Contratar a empresa de Becky para realocar seus pais, mas o que de fato é realocado é o relacionamento dos dois. 




 Se tem uma coisa que AMO na Meg cabot é como ela é esperta em usar nossas "febres mundiais" ao seu favor, como por exemplo aplicativos de mensagens instantâneas e mensagens de texto, ela sempre usa esses artefatos em seus livros e eu particularmente amo, faz a leitura fluir muito mais e os quotes são sempre engraçados. Obvio que no início se torna um pouco confuso, ainda mais nesse caso, onde os personagens conversam muito com sua família e você se perde nos chats de parentes, imagine só que doidera conversar com 7 familiares ao mesmo tempo, é chat e nome demais pra dar conta! Mas juro pra você que é só questão de prática e depois de um tempinho você entende a dinâmica do livro. Outro ponto importante é ver como o amor volta a florescer entre Reed e Becky com a volta dele, mas com um olhar diferente, nada de descrições longas e pensamentos avulsos, acompanhamos os acontecimentos por meio de conversas de textos e chats, é como ver o amor nascer no celular de um colega, e me fez pensar em como criamos livros semelhantes a esse quando nos apaixonamos, afinal, quem nunca comentou com a amiga sobre o crush pelo Whatsapp? Pois bem, Meg Cabot basicamente fez isso!
 Desde o início eu senti a química entre os dois, antes mesmo de Reed retornar para a cidade é possível  ver como os dois se gostam e como o término deles na adolescência aconteceu puramente por falta de diálogo, por parte dele, é claro! Quando Reed resolve ser maduro e resolver seus problemas tudo começa a dar certo não só para ele como para sua família, Becky apesar de ser protagonista também, aqui é a mulher apaixonada porém muito bem vivida e que sabe o que fazer, já Reed é o cara rico que tem tudo na vida mas que precisa amadurecer em alguns aspectos.
 Os personagens secundários são muito importantes e engraçados, desde os pais do golfista que se tornaram velhinhos acumuladores que não se importam com as consequências de mais nada, até a irmã de Becky, todo mundo nessa cidade é biruta e ainda assim são uns amores!
 Foi uma leitura rápida, de uma tarde só mas que me fez lembrar porque amo tanto Meg Cabot e a forma como ela maneja tão bem romances.








Comentários
10 Comentários

10 comentários :

  1. Oierrrrrrr, miga que livro mais gracinha né non? auhsshuaah
    Tu sabe que foram poucos os romances que li na vida, mas acho que Meg pode ser uma autora que me pegue no pulo com esse senso de humor dela nos livros.
    Quando a história nos envolve e nos faz rir, fica muito mais fácil de ler, entender e se aprofundar mais.
    Fico super feliz que mais uma vez você adorou o que leu, afinal de decepções já basta a vida néan? kkkk
    Beijos, e que venham muitas e muitas leituras gostosinhas como essa <3

    ResponderExcluir
  2. Olá, já li e gostei bastante de alguns livros da Meg. Bom saber que curtiu esse, pois a capa é uma fofura e pelas sua resenha eu já fiquei curiosa para conhecer mais desses personagens. Parece ser uma leitura deliciosa.

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bom?
    Tenho alguns livros da autora em casa mas nunca animei de ler, acredita? Ainda quero, pois sei que ela é o máximo, mas falta coragem. Me animei com a sua resenha, mas preciso de mais incentivo. Talvez coloque no meu desafio do ano! Haha

    ResponderExcluir
  4. Oi.
    Estou só aguardando a editora lançar a o box da serie a mediadora de novo. Só isso que quero... Kkkkk
    Adorei a proposta do livro, realmente a questão das mensagens torna tudo mais verossímil.
    Anotei a dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nada da Cabot e confesso que estes livros com essa pegada mais jovem não me enchem os olhos. Mas quero ler os livro mais maduros dela, principalmente os de época.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Adoro os livros da Meg justamente por ela sempre conseguir misturar em suas tramas aspectos da nossa cultura atual - usar mensagens por exemplo é sempre muito bem utilizado por ela! Pela sua resenha deu para perceber que esse livro é uma delicinha de ler, vou colocar na minha lista pro ano que vem haha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi!

    Eu nunca li anda da autora, mas tenho vontade, só não sei por qual livro devo começar a ler. Gostei de saber que a autora consegue pegar as "febres" e colocar em suas histórias. Achei a capa desse livro lindíssima, anotei a dica.

    beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Também já li O GAROTO ESTÁ DE VOLTA e até gostei da leitura, porém, sou obrigada a dizer que não é um dos melhores da autora. Acho que não me dou muito bem com narrativas feitas através de SMS, cartas e coisas do tipo rsrs...
    Bjo

    ResponderExcluir
  9. Oii! Eu amo a Meg e fiquei muito feliz com a resenha aqui no blog!
    Realmente a leitura flui maravilhosamente e quando percebemos estamos sentindo saudade dos personagens.
    Não conhecia essa obra, mas com certeza vou anotar a dica agorinha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu conheço a escrita da autora e tenho muita vontade de ler outros livros dela, pois acho a forma como ela escreve envolvente demais. Fiquei muito contente por ler sua resenha e saber que os personagens possuem química e que isso é transmitido ao leitor.
    Vou, sem dúvidas, anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir

Todos os direitos reservados 2019 |
Desenvolvimento por: Espalhando Bonitezas - Web Design
Para o topo!