RESENHA Olá, Caderno!

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017
Título: Olá, Caderno!
Autora: Manu Gavassi
Editora: Rocco
Nº de páginas: 312
Sinopse: "Livro de estreia da cantora e atriz Manu Gavassi, "Olá, Caderno!" é uma ficção adolescente escrita a partir de entradas num diário. Ou melhor, caderno. É ali que Nina, uma garota de 17 anos, despeja seus pensamentos mais nobres e mais frívolos, além de desenhos, letras de música, poesias, e trata um retrato sincero de seus pais ausentes, de seus irmãos problemáticos, mas amorosos, de seus amigos e de outros personagens com quem convive. Como tantos adolescentes, Nina sabe o que quer da vida, mas não tem muita certeza sobre quem é ou como se encaixa no mundo. E a partir de sua perspectiva ácida e bem-humorada, divide com o leitor suas experiências, paixões, alegrias, dúvidas e tristezas."


* Livro cedido em parceria com a editora




Antes de mais nada, permitam-me surtar, a Manu Gavassi veio pessoalmente me agradecer pela resenha, isso mesmo! A Editora Rocco me convidou para ler Olá, Caderno e relatar a minha experiência de leitura no blog da editora, eu não pensei duas vezes e aceitei! Mal sabia eu o que me aguardava... Manu Gavassi não só me surpreendeu como escritora, mas como pessoa também, sei lá como mas ela descobriu meu Instagram pessoal e me deixou um textinho super fofo por lá, me agradecendo pela resenha e tudo mais, como não amar? Você pode acompanhar meu post no site da editora Aqui!

Confesso que vi muito de Manu em Nina, a personagem, assim como a autora gosta de cantar e sonha em tornar isso a sua profissão, ela tem vergonha de mostrar os vídeos que grava... Me parece muito Manu Gavassi em seu início de carreira, fora isso, Nina é única!
Fazia um bom tempo que eu não lia um livro em uma tarde e Olá, Caderno! Veio para acabar com todas as minhas expectativas! Eu esperava um livro chato, bobo e sem qualquer aprofundamento, me enganei completamente e isso de certa forma me deixa feliz. Nina enfrenta sérios problemas em sua casa, sua irmã mais velha e responsável por ela e seu irmão é um pouco estourada, com ela é tudo 8 ou 80, no início da leitura eu já achei isso estranho, imaginei que Manu tivesse exagerado na personagem com o intuito de substituir a mãe ausente, mas tudo tem um motivo, a personagem sofre de um transtorno psicológico grave e que definitivamente precisa ser abordado na literatura! Os pais de Nina são separados, cada um mora em uma cidade, logo, ela convive com seus irmãos, essa ausência é retratada nos desabafos, quando ela sente saudade ou quando ela precisa de um eixo em sua vida e seus pais não estão por perto. Alguém que age como um verdadeiro irmão é seu melhor amigo Cadu, que está presente em tudo, seja para ouvir sobre sua paixonite semanal ou qualquer outro problema.
Preciso abrir meu coração, eu estava acreditando muito que Nina e Cadu formariam um casal, o clima existia, minhas apostas eram neles TOTALMENTE e Manu Gavassi me enganou... Acho que a intenção nisso, foi mostrar que nem sempre o romance precisa ser protagonista de uma história, Cadu além de melhor amigo é filho de um casal gay e Nina acaba desabafando sobre episódios de homofobia que os dois sofreram, vocês percebem? Isso não é um diário porque é sobre tudo e todos, sobre a vida como um todo e como ela anda e desanda sem que venhamos a perceber.




  




Nina desde o início faz questão de explicar que isso não é um diário e sim um caderno para desabafos, reflexões e que futuramente ela espera reler, isso se não perder ele antes... E essa é a cabecinha de nossa protagonista, avoada, divertida e questionadora. Acompanhamos em seu caderno seus desabafos, sejam eles quais forem, sobre sua família totalmente desajustada, seus amores, amigos, sua busca pela fama... Tudo é muito sincero e adolescente.



     




O livro conta com ilustrações fofissímas a cada estação e isso me fez ter um bom panorama sobre a personagem e os ambientes retratados, a edição feita pela editora é maravilhosa e sinceramente, impecável! a leitura dessa obra me tirou da zona de conforto e desconstruiu aquele esteriótipo de que gente famosa escreve qualquer coisa banal, Manu foi profunda em todas as questões e soube como encaixar cada uma delas na vida de uma adolescente normal.





11 comentários:

Diane disse...

Oi. Tudo bem?
Nossa, deve ter sido uma honra receber esse textinho, heim? Parabéns!!!
Achei a premissa do livro bem legal e as ilustrações fofíssimas... Porém, passo a dica porque não é o tipo de livro que costumo ler.
Bjo

Cabine de Leitura disse...

Já tinha ouvido falar do livro, e confesso que também esperava uma história bem superficial, bobinha mesmo. Mas pelo visto me enganei.
Livros que abordar temas relacionados a transtorno psicológico sempre me chama atenção, uma vez que vivo isso de perto. Agora quando coloca isso com a leveza da adolescência melhora ainda mais. Anoto a dica e espero em breve fazer essa leitura.

Beijos.
https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

Ivi Campos disse...

Adoro quando este tipo de livro vem com ilustrações como estas, simples, mas fofas. O romance do livor me deixou instigada e acho que vou torcer para o casal como você torceu.
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

Marijleite disse...

Estava curiosíssima para ler uma resenha desse livro e descobrir mais sobre ele, pois gosto muito da Manu. Que bom saber que o livro lhe agradou. Já simpatizei com a protagonista, pois em uma parte da vida também morei só com meus irmãos.

Book Obsession disse...

Olá!
Que livro mais amorzinho!
Estava querendo mesmo ler uma resenha sobre esse livro da Manu, vi nas redes e fiquei bem curiosa. Só de ver o projeto gráfico já me animei. Gosto muito dessas figuras e pelo visto a autora soube conduzir a história.
Vai pra lista de leituras certamente.
Beijos!

Camila de Moraes

Débora Torre disse...

Não conhecia esse livro, adorei a tua resenha e fiquei com vontade de ler *-* parece ser uma leitura bem fluida e com um climinha de "sessão da tarde"! Obrigada pela dica!
Beijos

Dryh Meira disse...

Oiee ^^
Eu tinha visto a capa deste livro, mas preciso confessar que não sinto a mínima vontade de ler, e nem é por não gostar da Manu (não gosto nem desgosto), mas porque o livro em si não me chama a atenção. Ainda assim, parece que a editora deu uma bela de uma caprichada na edição, hein?
MilkMilks ♥
http://shakedepalavras.blogspot.com.br

Maria Luíza Lelis disse...

Oi, tudo bem?
Vou te confessar que não tinha a menor curiosidade de ler esse livro, porque não consigo gostar da Manu Gavassi. Achei bem legal ela te procurar para agradecer a resenha, mas não consigo evitar uma certa preguiça em relação à ela.
Mas, colocando minha antipatia com a autora de lado, o livro parece ser bem legal e uma leitura divertida. Fico feliz que você tenha se surpreendido positivamente e que a Manu tenha conseguido trazer profundidade para todas as questões que abordou na obra.
Adorei sua resenha e vou anotar a dica de leitura.
Beijos!

Gabrielly Marques disse...

Nossa, que legal! Não sabia que a Manu tinha escrito um livro, e ainda mais de ficção. Se fosse uns 4 anos atrás eu leria, mas acho que não seria uma leitura 100% para mim no momento, então vou passar a dica para amigas que com certeza irão adorar :D

Beijos!

Tamara Padilha disse...

Oi! Bacana ver que a manu trouxe um livro tão gostoso e positivo. Fiquei bem instigada com a sua resenha, e cheia de vontade de conhecer a mente e os dilemas da nina

Alice Teixeira disse...

Oi oi!
Eu ainda não tinha lido nenhuma resenha do livro. E até achei interessante a premissa do livro da Manu, mas não me chamou atenção. Acho que estou lendo muitas sagas e séries, e acabo não curtindo livros desse gênero.

Beijoss, Enjoy Books

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo