Posts Recentes

RESENHA Uma História de Amor e TOC

16 de fevereiro de 2017


Eu procurava um livro que tratasse de TOC faz algum tempo, nada muito técnico, queria entender o que o personagem passava na vida real, saber como era amar alguém assim, tudo isso me é cativante demais. Quando vi a capa de Uma história de amor e TOC me apaixonei, ela é toda fofa, chamativa e me transpareceu uma doçura encantadora.




Bea é uma garota encantadora, ela é doce, calma e incrívelmente solitária, é impossível não querer se tornar amiga dela, com um estilo único de se vestir e um jeito peculiar de lembrar os fatos, Bea é uma stalker, no sentido mais exato da palavra, é aí que origina seu TOC, ela é viciada em stalkear determinadas pessoas, foi assim com um antigo cara na escola, está sendo assim com o homem que é atendido antes dela na sessão semanal, ela precisa seguir cada passo dessa pessoa, anotar tudo minuciosamente, quantas vezes você respira, quantas tragos dá no cigarro, precisa preencher o caderno! Isso já rendeu uma medida de proteção no passado e duras sessões de terapia durante a semana, mas ela não está curada e isso é perceptível.

Beck É um lindo garoto, com olhos marcantes e uma sensibilidade quase questionável, você precisa conhecê-lo ao fundo para entender tudo o que se passa, ele tem TOC mais severo, precisa lavar as mãos o tempo todo, é capaz de passar o dia todo na academia (ele tem músculos assustadores para a maioria) e precisa fazer várias coisas 8 vezes, esse é o ritual, sempre 8, esse número é importante demais, você precisa ler para entender e se sentir tocado.

Ambos se conhecem na terapia em grupo, cada um tentando esconder seus medos, monstros e o que consideram grandes vergonhas, acontece que Bea tem um novo cara para Stalkear, mas se sente atraída por Beck, e ele tem sido tão bacana com ela, vez ou outra até o leva para a academia, coisa que não deveria fazer.




Inicialmente a coisa toda parece errada, Bea segue Stalkeando o cara, Beck continua com as manias que não deveria, e eles se ajudam nesses quesitos, mas as coisas começam a crescer sentimentalmente, sem que eles percebam.


Beck é um cara sem amigos, completamente sozinho, Bea tem uma amiga fiel, Lisha, que me irritou profundamente! Ela parece ser tão egoísta, tratar Bea como uma garota doente, quando a coisa é diferente, ela precisa de apoio, não ser julgada! Mas ela consegue se redimir no final, vale a pena.

A história de fato me convenceu, Bea é oficialmente uma garota com TOC, sejam suas ações, sentimentos, expectativas, enquanto Beck é um cara confuso precisando de ajuda. O enredo é leve, cativante, quando dá por si já acabou a história e você fica orgulhosa por ver que os personagens cresceram tanto, e juntamente! Uma daqueles livros que você termina sorrindo, abraçando e feliz, por ver que pessoas mesmo com transtornos psicológicos, poder alcançar amor e felicidade!



Título: Uma História de Amor e TOC
Autora: Corey Ann Haydu
Editora: Galera Record
Nº de Páginas: 320
Sinopse: "Bea foi diagnosticada com transtorno obsessivo-compulsivo. De uns tempos pra cá, desenvolveu algumas manias que podem se tornar bem graves quando se trata de... garotos! Ela jura que está melhorando, que está tudo sob controle. Até começar a se apaixonar por Beck, um menino que também tem TOC. Enquanto ele lava as mãos oito vezes depois de beijá-la, ela persegue outro cara nos intervalos dos encontros. Mas eles sabem que são a única esperança um do outro. Afinal, se existem tantos casais complicados por aí, por que as coisas não dariam certo para um casal obsessivo-compulsivo? No fundo, esta é só mais uma história de amor... e TOC."


RESENHA Quatro Vidas de um Cachorro.

13 de fevereiro de 2017


Para falarmos de Quatro vidas de um cachorro, é necessário termos em mente que a história toda é narrada pelo mesmo, ou seja, os diálogos praticamente não existem, e a leitura é bem fácil de se entender e bastante fluída.

Confesso para vocês que eu comecei esse livro empolgado demais e talvez tenha me decepcionado um pouco. Achei que seria algo do tipo Marley & eu, mas não é, mas isso não faz com que o livro se torne ruim ou algo do tipo, muito pelo contrário.


Nessa obra, o autor trata de modo tão delicado as pequenas coisas da vida, narrada pelo próprio cachorro, que quando você percebe, já está envolto na história e se tornando parte dela, e quando vê, acabou o livro. Como o título já diz, o cachorro possuí quatro vidas até achar o seu verdadeiro propósito aqui na terra. Ele morre e renasce com sexos, nomes, raças, tudo diferente de como era antes, porém a sua memória é a mesma em todas, é como se ele só trocasse de corpo.

Isso o ajuda e faz com que corra ainda mais atrás desse tal propósito, pelo qual acredita ter. 


O livro possui momentos muito tocantes que nos indagam a pensar sobre a vida, sobre nossos propósitos, sobre o que estamos e o que devemos fazer. Fazer-nos pensar nas coisas dessa maneira, nos toca de modo que alguns (como eu) acabam se emocionando (risos). 



"Os humanos são muito mais complicados do que os cachorros e têm um propósito muito mais importante. A tarefa de um bom cachorro é, basicamente, lhes fazer companhia, ficando a seu lado independentemente do caminho que a vida tome."


Uma leitura que vale a pena, desde o velho ao novo, Quatro Vidas de um Cachorro é um livro para todas as idades. 
"O mundo, pensei comigo mesmo, era muito mais complexo do que eu havia suposto."


Título: Quatro Vidas de um Cachorro
Autor: W. Bruce Cameron
Editora: HarperCollins
N° de Páginas:285
Sinopse: "Esta é a inesquecível história de um cão que, após renascer várias vezes, imagina que haja uma razão para seu retorno, um propósito a cumprir e que, enquanto não o alcançar, continuará renascendo. Narrado pelo próprio animal, Quatro vidas de um cachorro aborda a questão mais básica da vida: Por que estamos aqui? Emocionante e com boas doses de humor, este é um livro para todas as idades, que mostra o olhar de um cão sobre o relacionamento entre pessoas e os laços eternos entre os seres humanos e seus animais. Se você gostou de Marley & eu, vai adorar esta aventura que agora ganha as telas do cinema."
Todos os direitos reservados 2019 |
Desenvolvimento por: Suelen Marques - Web Design
Para o topo!