Posts Recentes

RESENHA Sob um Milhão de Estrelas

3 de março de 2017



Tenho lido livros cada vez mais pesados, e que vez ou outra abalam meu psicológico, é maravilhoso quando encontro uma leitura leve, que me faz rir e que me faz acreditar no amor e em autores brasileiros, Chis, meu coração é seu! E Editora Rocco vocês nunca erram em suas apostas, não é?


Alma é uma garota cheia de pequenos grandes problemas, ela foi para a Serra de Santa Cecília resolver um problema familiar relacionado a herança e então decidiu passar uns dias na casa da mãe de seu pai (homem esse que ela não conheceu), tudo começa bem e os planos eram ficar só alguns dias, mas a vida é uma caixinha de surpresas, não?

Sendo Alma uma médica residente, imediatamente você cria a imagem de uma mulher totalmente independente e dona de si, mas não, algo aconteceu e abalou sua vida para sempre, ela não tem mais condições de continuar insistindo em sua profissão, não trabalhando naquele hospital, e esses dias em uma cidadezinha do interior parecem bons o suficiente para clarear suas ideias na cabeça. De imediato você se apaixona por ela, a autora fez questão de não fazer comparação alguma com romances estrangeiros então a personagem é a típica mulher brasileira que ama vestidos, sempre feliz, adora um cafezinho, ainda assim, doce, delicada e dona de uma culpa que não deveria.


Já Cadu, ou Carlos Eduardo, é professor de letras durante o dia, e dono de um bar durante a noite, devo dizer que amei suas profissões? Melhor dizendo, amei Cadu todinho! Um homem atraente, sedutor, CONHECEDOR DOS LIVROS MINHA GENTE! E que se mudou para o interior com o intuito de fugir do seu passado. Entende? Um fugindo, outro buscando... E assim começamos.
“Você pode se esconder fechando os olhos, deixando de dizer o que pensa ou até fugindo da cama, mas eu sempre vou achar um jeito de chegar até você, Alma. Enquanto o seu coração acelerar, eu te acho.”


Alma passa uns dias na casa de sua avó e encontra algumas pistas sobre o passado de seu pai, entende que ele não foi embora, e sim que houve um pequeno engano. É possível saber sobre tudo isso porque a mãe de seu pai deixa inúmeras cartar justamente para Alma ler, coisa doida, não? 


A casa em que Alma se instala fica em frente à casa de Cadu, ele fica louco ao ver sua vizinha andando desprovida de tantas roupas e logo trama um jeito de conhecê-la, o sentimento entre os dois é imediato, você sente uma conexão mental antes mesmo da amorosa que chega a ser além do imaginável, eles combinam em tudo, até mesmo em suas diferenças, e o que acontece? ALMA VAI EMBORA! Você iria embora ao encontrar seu amor e estar bem com isso tudo? Pois é, ela foi capaz...


As coisas parecem perdidas, e encontram o rumo para ser uma história triste, mas não, quando o amor é sincero, os astros confabulam para que o bem aconteça, e não há nada capaz de impedir isso.

Chris Melo quebrou meu preconceito com autores nacionais, me livrou de uma ressaca literária que durava dias, e me deixou com vontade de morar no interior! O livro é muito bem ambientado e você se sente morando na serra, de verdade, os personagens secundários são um pouco nulos, mas você entende que a prioridade ali é o romance e a busca entre entender o passado e se encontrar. A capa faz todo o sentido com a história e por mais que pareça um romance fútil, temos aqui tantos outros assuntos, como vícios, o poder de uma fofoca, como amores impossíveis ainda resistem, tudo isso com um ar mega divertido.
“Talvez eu esteja cansado de ser sozinho.


Título: Sob um Milhão de Estrelas
Autora: Chris Melo
Editora: Fábrica 231 (Editora Rocco)
Nº de Páginas: 320
Sinopse: "Alma Abreu está prestes a lidar com um inventário e uma série de histórias de um passado tumultuado que pertence mais aos seus pais do que a ela mesma. Mas este parece o menor de seus problemas no momento. Passar alguns dias na pacata Serra de Santa Cecília veio bem a calhar para a jovem médica, após um incidente no hospital que a deixou sem chão. Ela só não esperava se envolver tanto com a pequena cidade – e com o prestativo vizinho da charmosa casa que sua avó lhe deixou, além de um animado grupo de amigas, filhas das melhores amigas de sua mãe –, a ponto de pensar em deixar sua vida em São Paulo para trás. Será que a vontade de ficar é apenas medo de enfrentar seus problemas? Mas como voltar à velha rotina depois de tudo o que descobriu e viveu em Serra? Em seu segundo romance pela coleção"
Todos os direitos reservados 2019 |
Desenvolvimento por: Espalhando Bonitezas - Web Design
Para o topo!