Resenha Belinda & Em

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018
Título: Belinda & Em
Autora: Cammie McGovern
Editora: Galera Record
Nº de Páginas: 400
Sinopse: "Autora de “Amy & Matthew”, Cammie McGovern volta às livrarias contando a história de uma outra dupla desta vez. Emily sempre se orgulhou da sua capacidade de enxergar além das aparências. Copresidente da Coalizão para Ação Jovem da escola, é a primeira a defender os direitos das minorias. Mas, secretamente, Emily ainda é um pouquinho fascinada pelos populares da escola. E nutre um leve rancor quanto a sua inexistente vida amorosa. É justamente enquanto pensa nisso que a garota testemunha uma colega de classe com necessidades especiais, Belinda, ser atacada embaixo das arquibancadas da escola. E não faz nada. Emily e Lucas, outra testemunha passiva do ataque, são obrigados a prestar serviço comunitário em um centro de pessoas como Belinda. Logo os jovens começam a sentir que podem fazer uma diferença real."

*Livro cedido em parceria com a editora.


 Meu primeiro contato com a escrita da Cammie foi com Amy & Matthew, acontece que foi uma leitura tão dolorosa, tão impactante em minha vida que eu não fui capaz de resenhar no blog, a história em si foi muito triste e me deixou com uma ressaca literária que durou por volta de 3 meses. Eu sei que você, caro leitor, deve estar achando que isso aconteceu porque o livro não era bom ou triste demais, mas preciso de esclarecer algumas coisas: Cammie fala de temas que nunca vi nenhum outro autor falar tão bem, ela não tem medo de como seus leitores vão encarar isso, acredito que ela faça muito mais por ela do que para os outros. Pois bem, vamos para a resenha.

 Belinda por conta de uma complicação no parto nasceu com problemas mentais, ela tem dificuldades de aprendizagem, relacionamentos e tem um comportamento ainda infantil, ela tem mais de 20 anos mas ainda frequenta a escola, devido aos seus problemas ela pode passar mais tempo por lá, assim como outras pessoas com necessidades especiais que também estudam na escola, a rede de ensino é como qualquer outra, com alunos sem necessidades mas atende também esse nicho, por questões jurídicas(é lei que a escola tenha suporte e atenda esses jovens). Já Emily é uma garota comum, tem uma boa família, faz parte da camada privilegiada da sociedade, branca, com um bom suporte familiar e financeiro, ela participa de um grupo que visa ajudar minorias, como LGBTQs etc. Acontece que em uma situação extremamente grave, Emily vê Belinda correndo perigo e não faz nada, entendemos que ela fica paralisada e com medo, mas quando você é uma jovem revolucionária, que luta por causas importantes, quando vê uma situação grave acontecendo não faz nada... É como se invalidasse toda a sua luta, certo? Lucas, um jovem do time de futebol também não fez nada, tanto ele quanto Emily assistiram Belinda correndo perigo e não conseguiram se mexer, felizmente ela conseguiu escapar mas a culpa pela omissão de socorro ainda recaí em ambos.





 Sendo assim, tanto Em quanto Lucas acabam recebendo como medida educativa algo bastante interessante, eles precisam assistir e participar de aulas em um centro que visa a socialização de jovens com necessidades especiais, acompanhar isso de perto é bastante peculiar, Em e Lucas não se conheciam e por conta desse infeliz acontecimento acabam se aproximando, uma simples carona no final torna-se uma doce história de amor.
 A autora introduziu romance na história, ver o amor entre Emily e Lucas nascendo é a coisa mais fofa do mundo, começa de uma forma singela, eles mal se conhecem, depois se tornam amigos e então percebem que estão se gostando, não é como estamos habituados a ver nos livros, aquela paixão arrebatadora, é tudo no seu tempo, como acontece na vida real. No entanto, esse não é o foco da obra, Cammie quis dar voz aos jovens com necessidades especiais, quis mostrar que eles merecem tanto espaço na sociedade quanto qualquer outro, ela mostra a negligência na escola, que restringe as aulas que eles podem participar, mostra como Belinda, apesar de seus problemas é uma atriz talentosa(ela vai ganhar uma peça só dela) e acima de tudo, mostra como esses jovens são frágeis. Eu fiquei desacreditada com o que aconteceu com Belinda, acredito que no lugar de Emily eu só conseguiria chorar e também não saberia como reagir. 
 Peço encarecidamente a todos, leia esse livro! Cammie coloca muito bem o pensamento dos jovens especiais aqui, ela é sincera e mostra que nem sempre eles são perfeitos, nem sempre são pessoas infantilizadas ou bobas como imaginamos, sem contar que ela não tem medo de mostrar Em e Lucas como jovens bons mas que também podem falhar. Cammie criou personagens humanos e apaixonantes.

 Uma curiosidade importante que descobri foi que um dos filhos da autora é especial, ela foi a criadora de um grupo de mães com filhos especiais para compartilhar suas vivências, experiências, é como se fosse uma rede de ajuda. Eu achei muito bacana ela escrever livros sobre um meio que ela vive diariamente. Foi uma leitura forte, que mexeu comigo e me fez ver meus privilégios da maneira que deveriam ser vistos, procurando meios para ajudar os outros. Uma leitura transformadora.



"O amor não é uma questão de parecer perfeito aos olhos da outra pessoa. É uma questão de poder mostrar suas imperfeições"


34 comentários:

Tay Meneses disse...

Não conhecia a obra e nem muito menos a autora. E só de ler a resenha já dá pra perceber que o enredo é impactante, mexe com o leitor. Vou anotar a dica, mas confesso que agora não estou muito para leituras mais dramáticas. Uma hora, contudo, o leio, me interessei bastante!

@segredosdetinta

Traveling Between Pages disse...

Olá!
Nossa, esse livro parece ser realmente muito chocante e não fico surpresa por você não ter conseguido resenhas, pois já aconteceu isso comigo. Fiquei tão tocada e emocionada que quase não fiz a resenha do livro. Realmente, falar sobre pessoas com necessidades especiais não é muito comum e acredito que autora tenha descrito muito bem isso na história, por estar vivendo isso de perto. Fiquei muito atraída pela leitura, com certeza vou colocar na minha lista!
Beijos,
Nay
Traveling Between Pages

Fernanda Barroso disse...

Nunca escondo o quanto eu amo esses livros que contam um história com história, livros que possuem personagens que são sempre os destacados da sociedade e que aparecem para mostrar que o especial é tê-los em suas vidas e aprender com eles. Esse livro, pela sua resenha, parece ser desse tipo e ele já entrou pra minha lista!

Beijinhos.
https://literaleitura2013.blogspot.com.br/

Saga Literaria disse...

Olá, tudo bem?

Eu não conhecia esse livro, essa leitura parece ser envolvente, parece que trabalha com as nossas emoções. Parabéns pela resenha, ficou bem escrita e organizada, também gostei da foto!
Abraço!

Cabine de Leitura disse...

Ainda não li nada da Cammie, mas esse livro me chama atenção, pelo assunto abordado nele. Já li algumas resenhas e todas descrevem o quanto o livro é bom e emocionante. Não sabia que a autora tinha um filho especial, então ela sabe do que fala, mas um motivo para eu ler.
Ótima resenha.

Beijos.
https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

Greice Blogando Livros disse...

Caracas, fiquei pasma com o que você relatou do outro livro. Já teve livro que cheguei a passar mal lendo, por ser uma biografia de torturas, mas este ainda passa a falar de algo que as pessoas passam e a autora não ter medo de descrever a verdade é primordial.

Aninha Goulart disse...

Oiiii,

Eu já li varias coisas positivas sobre a autora é como ela trata bem o tema de inclusão, mas acho que quase todo mundo ficou de ressaca depois é não estou em um bom momento para isto rs. Mas no futuro quero conhecer um pouco mais sobre estes personagens e a maneira como a autora trata a inclusão.

Beijinhos...
http://www.paraisoliterario.com

Larissa Dutra disse...

Olá, tudo bem? Nunca li nada da autora, porém fiquei bem curiosa pra ler depois dessa resenha... não sabia que os livros dela eram tão tristes assim. Adorei a resenha, dica anotada!!

Beijos,
https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

Nina Spim disse...

Oi, tudo bem? Ainda quero muito ler Amy & Matthew, e tenho certeza de que leria este também. O fato de a autora abordar personagens fora do padrão já me faz querer comprar agora mesmo, e temos séria carência de personagens com deficiência, acho lindo que ela queira dar voz e visibilidade a eles. Eu sou bem sensível a esses temas e, com certeza, incentivo! A sua resenha me fez querer ler agora mesmo, obrigada <3

Love, Nina.
www.ninaeuma.blogspot.com

Ritchelly Galani disse...

Olá! Eu não conhecia essa história, mas acho que já cheguei a ver o livro anterior dessa autora em algumas livrarias. Porém não cheguei a dar muita atenção. Mas com a sua resenha vou dar uma chance, pois achei muito interessante o tema que é trabalhado. gostei muito da resenha!

Paac Rodrigues disse...

Um tempo atrás eu tentei ler esse livro, mas eu realmente não consegui, ele não me pegou sabe? achei meio enrolado demais e acabei desanimando =/

Luisa Lopes disse...

Achei interessante o fato de como personagem alguém com necessidades especiais... Só fiquei um pouco confusa. O título é Belinda & Em, mas me pareceu que os principais na verdade são Em e Lucas, é isso mesmo? A Belinda é o que juntou eles ou ela tem real importância no desenvolvimento da trama?

Beijos
Degradê Invisível

Camila Vieira Marques disse...

Olá, tudo bem?
Tenho muito curiosidade com o livro Amy & Matthew, mas tenho receio de não gostar. Não conhecia esse livro, estou bem curiosa.

Beijinhos,
http://livroseimaginacoes.blogspot.com.br

Paixões Literárias disse...

Oie
Já tinha ouvido falar nesse livro mas ainda não tinha parado pra ler sobre o que se trata, deve ser muito bom. Adorei a premissa, já quero ler. Adorei a resenha.
Bjos, Bya! 💋

Atraentemente Evandro disse...

O livro já me conquistou pela sua resenha. Parece um enredo que nos ganha completamente. Ao retratar um assunto de forma diferente e colocando nele personagens encantadores e fascinantes parece que a autora conseguiu o ponto certo para ter um livro capaz de conquistar os leitores.

*☆* Atraentemente *☆*



Mari disse...

Eu já li esse livro também e realmente, a discussão acerca do tratamento de pessoas com deficiência intelectual e como os outros alunos a tratam é bem trabalhada na história.
Beijos
Mari
Pequenos Retalhos

Profª Nara Dias disse...

Li esse livro recentemente e senti exatamente o que descreveu na resenha, foi realmente uma leitura para refletir, gostei bastante da escrita e saber um pouco mais da sua vida real que a levou a escrever essa ficção para jovens. Realmente, todos deveriam ler!

Nara Dias
Viagens de Papel

Beatriz Andrade disse...

Esse livro parece ser muito bom e adorei ler a tua resenha sobre ele. Acho que é uma leitura que me agradaria bastante e espero ler quando tiver a oportunidade.

Maria Luíza Lelis disse...

Oie, tudo bem?
Vou começar fazendo uma confissão: esse livro me deixou com uma ressaca literária por uns dois meses, mas é porque eu não conseguia terminar de ler e nem pegar outros. Não consegui me envolver com a história, nem com os personagens. Só gostei do Lucas, mas odiei a Emily e não conseguia torcer pelo casal.
Fico feliz que você tenha gostado da leitura e que ela tenha sido tão tocante para você. Ainda pretendo terminar de ler e sua resenha me deixou mais animada, porém, vou terminar outras leituras que estou atrasada primeiro, para não correr o risco dele me empacar de novo.
Beijos!

Biblioteca Desajeitada disse...

Oie
Ja adorei o livro, estava louca pra ler o livro da autora e com sua resenha acendeu minha vontade. Acho que livros que tocam a gente são os melhores, e fico muito feliz que tenho tocado esse livro em você, já vou colocar na minha whistlist.

Beijos
http://bibliotecadesajeitada.blogspot.com.br/

Carolina Trigo disse...

Oi!
Eu não conhecia o livro nem a autora, mas fiquei curiosa a respeito dessa história. Acho importante termos livros que tocam em assuntos que ainda são tabus ou pouco falados. Só fiquei meio assim com o romance - parece que o foco principal é ele e não o ataque à Belinda...
Bjss

http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

Jéssica Christina disse...

Oie, tudo bom?
Adorei a sua resenha! Essa capa é extremamente fofinha! Quero muito conferir a história de Belinda, parece ser emocionante, e adorei a forma como a autora aborda temas que normalmente não são mencionados nos livros atuais!

Anne Viana disse...

Olá!!
Esse livro eu não conhecia e só em ler a sinopse já fiquei bem interessada na leitura e no decorrer da resenha meu interesse só aumentou!!
Já anotei a dica de leitura pra conhecer mais da estória de Em,Lucas e Belinda..ainda não li nada da autora e quero muito começar por esse!!

http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2018/01/resenha-maldicao-de-hollow-2-sina-dos.html

Rafaella Viegas disse...

Oii tudo bem??

Dessa autora li Amy e Matthew e ao contrario de você, não gostei muito.
Bom acabou que nem me interessei por essa história por esse motivo, mas após ler sua resenha mudei de ideia, e adorei conhecer mais dessa história.
Quero saber o que acontece que eles não conseguem ajuda-la.
Adorei a resenha.
Bjus Rafa

Book Obsession disse...

Olá!
Eu particularmente adoro livros que tenha alguma mensagem a acrescentar na nossa vida. Eu já estava de olho nesse livro e ao ver que a história se desenvolve de modo fluido e aborda tantas questões, me faz querer ler logo.
Acho que vou me emocionar.
Beijos!

Camila de Moraes

Hoje é dia de livro disse...

Eu adoro livros que abordam, de algum jeito, temas como este. Acho indispensável a leitura de obras assim! Já providenciei aqui para realizar a leitura futuramente!

Morgana Brunner disse...

Adorei o livro e seu blog é tão lindo, gostei do assunto abordado e são um dos livros que mais procuro ler com esse gênero, ótima resenha e lindas fotos.
Bjs

Suelane Pereira Passavante disse...

Não conhecia a autora nem o livro, mas confesso que achei a premissa bastante interessante. Vou por na lista.

Bjs
Suka
http://www.suka-p.blogspot.com.br

Ana Paula Medeiros disse...

Oi! Já tinha lido uma resenha desse livro esses dias, mas não tinha me chamado tanta atenção. Após sua descrição mais detalhada dos acontecimentos me senti mais tentada a ler. Legal saber que a autora colocou em sua obra uma situação de sua vida. Aproxima ainda mais o leitor à realidade.
Beijos!

Milena Nones disse...

Oi!
Eu não sabia que esse livro trazia experiências da autora. Gostei da sua resenha, muito bem escrita. A capa é bem fofinha e fiquei bastante curiosa com a leitura. Vou anotar sua dica.
Beijos

Marijleite disse...

Olá, muito linda sua resenha sobre esse livro. Bacana saber que a obra aborda personagens com necessidades especiais e que há esse romance fofo.

LUAN SAMPAIO disse...

Oi, tudo bom?
Ah, adorei essa resenha! A capa é tão linda, e a premissa me chama super atenção! Parece ser um daqueles livros que te prendem do início ao fim da leitura! Gostei dessas características diversas dos personagens e pelo visto pretende ser emocionante <3
Abraços,
www.residiu.tk

Anastacia disse...

Oie, tudo bem!??! Eu gosto de autores assim. Que nos mostram a realidade sem mascarar a situação. Gosto quando nos mostram que as pessoas são humanas e passíveis de erro, assim como Emily que deveria ter defendido a colega e não o fez.
Mas ainda assim, está tendo a chance de mudar e pegou a oportunidade que foi mostrada.
Não conhecia o livro, mas já coloquei na lista, pois faço questão de ler.
Bjs

Tamires Marins disse...

Eu acho que essa é a primeira resenha que leio a respeito desse livro. Não sabia que era um livro que abordava esse tipo de deficiência intelectual, acho super válido e imagino mesmo que seja um livro bem tocante. Fiquei curiosa para saber o que de tão grave aconteceu para deixar Em tão sem ação...


Beijocas
- Tami
http://www.meuepilogo.com

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo