RESENHA O ovo do Barba-Azul

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018
Título: O ovo do Barba-Azul
Autora: Margaret Atwood
Editora: Rocco
Nº de Páginas: 288
Sinopse: "O ovo do Barba-Azul, da premiada romancista e poeta Margaret Atwood, reúne contos que exploram temas como amor, casamento, sexualidade, fidelidade, traição. Na história que dá nome à coletânea, uma mulher apaixonada, sem saber se é correspondida, reflete sobre a função do ovo na lenda do bruxo que sequestrava mulheres e as testava para ver se “mereciam” se casar com ele. Aparentemente passivo, o ovo acaba por ser a causa das mortes que acontecem na história. Com sua narrativa elegante e intrigante, Atwood prende o leitor numa teia de histórias que mostram que pessoas e relacionamentos também podem parecer apáticos, pequenos e frágeis, mas, uma vez rachados, são capazes de causar toda sorte de desgraças. Mas, afinal, quem deseja viver uma relação verdadeira se não quebrar ovos de vez em quando?"


*Livro cedido em parceria com a editora




 Quem conhece o blog sabe que descobri Margaret Atwood em 2017 e foi paixão imediata, você pode conferir a resenha de Vulgo Grace AQUI e O conto da Aia AQUI, acompanhar a escrita dessa autora por meio de seus romances foi uma experiência transformadora, seu olhar aguçado e a sua atenção para temas tão atuais me fez criar quase um altar para ela em minha estante. Resolvi então me arriscar e ver como Margaret se saia nos contos, a minha felicidade foi saber que a Editora Rocco é quem publica os livros da autora, então foi só solicitar e aguardar. Minha trajetória nessa obra não poderia ter sido melhor, é a característica de Atwood ter uma forma sucinta de comentar sobre temas sérios e polêmicos, ela não é meio termo, é sempre direta e clara, algumas de suas citações me deixavam sem ar.


 Aqui temos uma coletâneas de contos que sutilmente buscam retratar os sentimentos humanos mais comuns, amor, medo, tristeza, traição, por mais que pareçam temas pesados, você lê sem se dar conta, só sente o baque quando termina a leitura.
 O conto que leva o nome do livro certamente foi o meu preferido, observar como a autora retratou uma mulher apaixonada e como ela usou artifícios fantásticos, como lendas, para a construção da narrativa, me fizeram perceber como ela é uma completa profissional da escrita e merece o prestígio que vem recebendo.





 A obra visa falar sobre relacionamentos, principalmente amorosos, alguns contos mostram como estamos totalmente a mercê do outro, como somos dependentes, é uma crítica a tudo isso que vivemos e acabamos romantizando. Quando digo que a autora não é meio termo, é disso que falo, Margaret busca falar de relacionamentos mas fugindo daquele clichê romântico, ela mostra o outro lado da situação, que nem sempre é feliz, certo? 
 É uma obra necessária principalmente para quem gosta de romances, para sair um pouquinho dessa redoma romântica e expandir seus conceitos, aos amantes da autora, classifico como uma das melhores leituras que fiz dela até hoje, e Rocco, obrigada por essa edição mágica, exatamente como a escrita dessa mulher magnifica.



Prefere dois homens a um só: a dualidade as coisas. Gosta dos dois, quer os dois; o que, em certos dias, faz com que não ame nem queria nenhum deles.



44 comentários:

Morgana Brunner disse...

Que bacana esse livro menina, gosto de livros que abordam sobre contos de amor e sexualidade, livros de contos fazem uma grande parte do meu acervo e são meus favoritos, dica anotada e amei a capa.
Abraços

Sweet Natie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sweet Natie disse...

Não é meu tipo ideal de livro, não é algo que realmente chame muito minha atenção mas deve ser bem legal para quem curte esse tipo de livro que trata sobre esses diversos assuntos sobre relacionamentos. A capa me parece trazer um sentimento de descobertas o que é interessante^para um leitor. Bjs

Camila Vieira Marques disse...

Olá, tudo bem?
Não gosto muito desse gênero, mas talvez um dia leia, quem sabe. Eu amei a capa do livro e a sua resenha também.

Beijinhos,
http://livroseimaginacoes.blogspot.com.br

Fernanda Barroso disse...

Oi, tudo bem?

Caramba! Sabe quando a gente fica sem fala sobre algo que parece realmente bom? Sou eu nesse momento. Apesar de amar um romance fofinho, ando uma leitora eclética e tenho certeza que esse livro se encaixa nessa minha "nova fase". Amei a sua resenha e já anotei a dica!

Beijinhos,
Fer

Cabine de Leitura disse...

Não conhecia esse outro dom de escrita da Atwood . Ainda não li nenhum de seus livros, mas contos de sua autoria é novidade para mim.
Dica super anotada.

Beijos.
https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

Suzzy Chiu disse...

Heiii, tudo bem?
Achei o título bem diferente e me despertou o interesse pelos contos.
Apesar de nao ser uma leitora de contos, achei os temas mais legais, por ter a ver com relações e principalmente o amor.
Amei a capa, achei bem linda e diferente.
Beijos.

Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

Larissa Dutra disse...

Olá, tudo bem? Nossa, que título diferente, rs! Já vi falarem desta autora, mas ainda não conhecia este livro, especificamente. Adorei conhecer e fiquei curiosa pra ler a obra. Ótima resenha!

Beijos,
https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

Dryh Meira disse...

Oiee ^^
Eu já tinha visto e lido coisas a respeito de "O conto da aia" e um outro livro da autora (cujo nome não lembro agora), mas esse eu ainda não conhecia. Tenho muita curiosidade de conhecer a escrita e as histórias dela, parecem ser bem marcantes e impactantes, mas confesso que não sou muito fã de contos, então não começaria por esse :/
MilkMilks ♥
http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2018/01/underground-airlines.html

Diane disse...

Olá...
Adorei sua resenha!
Ainda não conhecia a autora, mas, pelos seus excelentes tenho certeza que irei curtir também, ainda mais, por ser uma amante de romances!!!
Bjo

Book Obsession disse...

Olá!
Que bacana sua dica!
Não conheço muito do catálogo da Rocco e estou querendo explorar mais. Também não conheço a escrita da Margaret Atwood e saber que essa é uma reunião de contos já me deixa animada para arriscar.
Beijos!

Camila de Moraes

Brubs. disse...

Não conhecia, mas ja fiquei com vontade de ler, ainda mais se tratando de contos. Tenho que começar a olhar mais os livros da Rocco.

Bruna
http://www.divagandopalavras.com

Sophia Merkauth disse...

Olá, tudo bem?
Não conhecia a autora e nem os livros, mas confesso que sua resenha me deixou super curiosa para conhecer as obras dela. Amo romances, mas ultimamente tem saído muito clichê por aí, quando chega um livro que nos tira da zona de conforto ou da mesmice, é algo surreal! Parabéns pela resenha, obrigada pela dica, que já anotei certamente! Bj
http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

Sara Kerolen disse...

oii tudo bem ?
gostei muito da resenha fiquei curiosa não conhecia a autora e nem a obra e vou da uma olhada mais tarde.

bjsss

Paixões Literárias disse...

Oiiie
Eu ainda não conhecia esse livro e confesso que não fiquei interessada por causa da premissa. Mas tenho muito interesse em ler Vulgo Grace, já que eu vi a série da Netflix e adorei, apesar de o final ter sido um pouco decepcionante. Adorei a sua resenha.
Bjos, Bya! 💋

Beatriz Andrade disse...

Eu ainda não li nada da autora, mas morro de vontade. Eu assisti à serie Vulgo Grace e adorei, agora quero ler o livro e O Conto da Aia também. Fiquei curiosa com esse volume e espero poder realizar as três leituras ainda esse ano

Alice Duarte disse...

Oiiee tudo bom?

Da MArgaret Atwood tenho pendentes O Conto de Aia e também Vulgo Grace, quero conhecer a escrita da autora através dessas duas obras que ja tenho e se gostar quero ler mais coisas dela com certeza. Não conhecia O Ovo do Barba Azul, apesar de não ser muito de contos, se eu curtir bastante a autora certamente darei uma oportunidade.


Beijos


www.derepentenoultimolivro.com

Paty Souza disse...

Margaret Atwood <3 <3
Adoro a forma como ela aborda os temas polêmicos e claro me encantei por o conto da aia.
Muito bom conhecer esse livro com contos sobre os sentimentos humanos e relacionamentos.
Dica anotada.

Tamires Marins disse...

Também descobri a autora ano passado e comprei dois livros dela. Ainda não tive a oportunidade de ler, mas lerei o mais breve possível.
Esse título em questão eu não conhecia, mas já me interessei de cara apesar de preferir contos avulsos.
Adorei os temas que você mencionou, essa coisa mais cotidianas me agrada bastante! Dica mais que anotada. ;)

Beijos
- Tami
http://www.meuepilogo.com

Sick, Sad Books disse...

Mas a senhora está viciada mesmo em dona Margaret einnnn uhaahuhua
Não tenho dúvidas de que os livros dela são maravilhosos, ainda mais lendo as suas resenhas né, com certeza um prato super cheio pra quem gosta.
Ahazou na resenha <3

Marijleite disse...

Olá, eu amo contos, e como eu quero muito ler algo da autora, depois de conferir sua resenha já deu uma vontade enorme de comprar esse livro. E que capa e título interessantes!

petalasdeliberdade.blogspot.com

Profª Nara Dias disse...

Bom saber de outros livros da autora... Ainda não li nenhum e fiquei curiosa em conhecer essa escrita tão polêmica. Beijos

Nara Dias
Viagens de Papel

Profª Nara Dias disse...

Bom saber de outros livros da autora... Ainda não li nenhum e fiquei curiosa em conhecer essa escrita tão polêmica. Beijos

Nara Dias
Viagens de Papel

Ivi Campos disse...

Margaret Atwood só funcionou pra mim através de suas adaptações. Tentei ler O Conto da Aia e achei chatíssimo, já a série me consumiu a vida!!!
Vou tentar ler este aqui equem sabe não flui melhor.
MEU AMOR PELOS LIVROS
Beijos

Leiturizar disse...

Não conhecia esse livro, mas me desanima o fato de ser um livro de contos, pois tenho muita dificuldade em resenhá-los então sempre passo longe de livros assim, mas fico feliz que tenha gostado, talvez um dia eu arrisque.

beijinhos!

Ana Paula Medeiros disse...

Oi! Dos livros da autora só ouvi falar de O Conto da Aia, e não sei porque ainda não me atraí por ele.
Mas levando em consideração a coletânea de contos, e por tratar de temas bastante atuais, vou dar uma chance para esse lançamento.
Dica anotada!
Beijos!

Lucy disse...

Olá!
Eu não costumo ler contos, mas sendo de Margaret Atwood, abro uma exceção. *_*
Bjos
Lucy - Por essas páginas

Instantes Memoráveis disse...

Olá, tudo bom?

Eu ainda não li nada da Margaret Atwood, mas ela é uma das autoras que quero conhecer em 2018, pois gosto da maneira como ela consegue criar ótimos enredos, que estou louca para ler. Esse é diferente dos outros dois que quero ler dela, O Conto da Aia e Vulgo Grace, porém também fiquei animada para começar essa leitura. Pelo jeito ela consegue criar bons contos, usando inclusive lendas, para nos mostrar como são os relacionamentos. Quero ver como ela criticou isso, mostrando a realidade, porque nem tudo são flores, né? As vezes as pessoas romantizam algumas situações que não deveriam e eu quero ver como ela conseguiu construir as histórias em cima disso.

Enfim, adorei a postagem e agradeço a indicação :)
Abraços.

Jéssica Melo disse...

Olá, eu não conhecia esse livro, mas morro de vontade de ler os outros da autora e depois dessa sua resenha este também entrou na listinha dos desejados *-* Gostei de saber que ela trás essa outra visão do relacionamento menos romantizada.

Jéssica Christina disse...

Oie, tudo bom?
Eu adoro livros que retratam sentimentos assim, e essa autora realmente é maravilhosa! Quero muito ler algum livro dela. Porem, não gosto de livros de contos, então passo essa dica ^^

Marilena Drigo disse...

Olá! Acredita que eu nunca li nada da Margaret Atwood? Pois é! Mas não é por falta de vontade, simplesmente não sei o que acontece, rs. Não sabia da existência deste livro, mas confesso que me deixou ainda mais instigada do que os outros da autora, sem dúvidas, o adicionarei na minha listinha de desejado e leituras para 2018. Enfim, adorei a resenha e a indicação! Beijos.

Bruna Costabeber disse...

Olá!
Eu não conhecia a existência dessa autora, mas adorei a ideia desse livro, sinto que nós precisamos falar sobre como os relacionamentos acontecem e como ficamos à merce dos nossos pares, sabe?
Vou anotar a dica, pois sinto que posso aprender muito com ele.
Beijos

Gabriela Cerqueira disse...

Olá, ja tinha ouvido falar do livro " o conto da aia"mas não sabia do que tratava e nem se a autora possuia outros títulos, pela sua resenha o livro parece ser bastante interessante, deve ser legal ver romances sendo narrados com um estilo diferente,fugindo do clichê que temos

Carolina Ramires disse...

Olá!
Eu nunca li nada da autora, mas morro de vontade porque parece ser maravilhoso! Adorei o tema desse em particular, parece que todos os livros dela são muito bem construídos.
Beijos.

Nina Tavares disse...

Oi, tudo bem?
Nunca li nada da Margaret Atwood, mas conheço um bom número de fãs dela que sempre me dizem para ler. Acho inclusive que vou começar com esse livro, já que são contos eu leio rapidinho.
Bjs!

Entre Livros e Amores disse...

Olá ♥
Nunca li nada da autora e para ser sincera não sou lá fã de contos, mas sabe quando a sintonia bate com o enredo proposto no contexto geral? Gostei de saber como os contos são abordados. Vou anotar a dica, parabéns pela resenha ♥

kênia Cândido disse...

Oi, tudo bem?

Eu ainda não tive a oportunidade de conhecer a escrita da Margaret Atwood e também não conhecia este livro de contos. Eu achei bem interessante os contos, vou adicionar na minha lista de desejado. Assim vou conhecer a escrita da autora.

Bjos

Livreando disse...

Olá!
Eu não leio muito o gênero, geralmente priorizo outras leituras quando eles estão na lista, mas o tema me chamou bastante a atenção. É fato que, quando falamos de romance, a forma mais comum é lembrada. Seria ótimo vê pela perspectiva que o livro aborda.
Bjim!
Tammy

Três Leitoras disse...

OOOiiii, não conhecia essa autora, achei a proposta do livro incrível, eu adoro contos e quando trata de sentimentos então, me entrego mais ainda... Dica mais que anotada!

Anastacia disse...

Oie, tudo bem?!?!Realmente os livros dela são sensacionais.
Esse dos contos eu ainda não tive a oportunidade de ler, mas pretendo resolver isso em breve.
Bjs

Coleções Literárias disse...

Oi.
Não conhecia o livro, é a primeira resenha que leio e gostei bastante.
Adoro coletâneas de contos que falam de sentimentos.
Fiquei curiosa para saber como ela fala de relacionamentos.
Adorei a resenha.

Júlia Raquel disse...

Oi, tudo bem? Confesso que não tenho muito o costume de ler livros de contos, mas estou querendo mudar isso em breve. Gosto de arriscar pelos mais diversos gêneros e neles se enquadram até aqueles que desgosto. Eu ainda não li nada dessa autora, louca pelo Conto de Aia, porém esse também entrou para a listinha de curiosidade após ler a sua resenha, pois preciso dizer que adorei! Para mim, envolveu sentimento, já gostei hahaha! Obrigada pela dica, beijos :*

Thais Oliveira Blog disse...

Oi, tudo bem? Não conhecia esse livro, e apesar de não ter despertado meu interesse, eu não vejo por que não le-lo, além do fato que é livro de contos, eu tenho problema com eles. Pois geralmente as historias são otimas e quero fico querendo mais HAHAHA

Polly - Entre Livros e Personagens disse...

Olá, tudo bom?
Nunca li nada da autora e confesso que tenho muita curiosidade! Esse livro de contos parece fantástico e adorei saber que a autora tem uma abordagem diferente sobre o amor, mais realista ao que parece. Já quero conferir, então, dica anotada! Espero gostar tanto quanto você ♥
Beijos!

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo