RESENHA Lute como uma garota

quarta-feira, 28 de março de 2018
Título: Lute como uma garota
Autoras: Laura Barcella e Fernanda Lopes
Editora: Cultrix
Nº de páginas: 368
Sinopse: "Estamos vivendo novos tempos: a discussão sobre os direitos das mulheres não se concentra mais em grupos específicos e a luta feminista amplia seu debate na sociedade. Da violência contra a mulher à cultura do estupro, uma série de questões é tema de conversa frequentes na mídia e nas redes sociais. Mas como chegamos até aqui? Quem nos ajudou nessa trajetória? "Lute como uma Garota", de Laura Barcella, reúne o perfil de figuras importantes da militância feminista, abrangendo as pioneiras do século XVIII e as estrelas pop dos dias de hoje, como Frida Khalo, Simone de Beauvoir, Oprah Winfrey e Madonna. E o livro não deixa de fora os nomes essenciais da luta no Brasil: em 15 perfis, com nomes como Djamila Ribeiro e Clarice Lispector, a jornalista Fernanda Lopes traz ao público um pouco de nossa história. Com ilustrações, prefácio de Mary Del Priore e apresentação de Nana Queiroz, Lute como uma Garota mostra a força dessas mulheres."

*Livro cedido em parceria com a editora



 O que eu mais gosto nessa nova leva de leitores é como eles são empoderados e conscientes de que a leitura acima de tudo, deve ser representativa. Há uns três anos as editoras tem percebido a importância disso e traduzido muito mais obras que abracem todos os leitores, sejam eles negros, gays, lésbicas, trans, cara, isso é bacana demais! Por muito tempo só li livros com protagonistas brancas e quando lançaram O ódio que você semeia(tem resenha aqui) eu senti que aquilo foi um divisor de águas, sabe? Me ver em uma protagonista forte, que também ama, sem esses esteriótipos sociais foi maravilhoso, mas melhor que isso, foi perceber como as coisas estavam mudando, como o mercado editorial tem caminhado lado a lado com o feminismo, movimento negro, LGBT, isso é incrível. Sendo assim, em um ato totalmente girl power a editora Cultrix lançou Lute como uma garota, essa belezinha que tem como proposta mostrar personagens femininas marcantes e que contribuíram não somente pelo direito das mulheres mas por tantas outras coisas também.



 Receber essa belezinha foi incrível, a começar pela capa que tem uma das pessoas que tanto amo, Djamila Ribeiro, ver ela lado a lado de outras mulheres sensacionais mostra como o cenário brasileiro também é crucial na busca pela igualdade. A proposta do livro apesar de simples é bem supimpa, uma lista com 60 mulheres MARAVILHOSAS que mudaram o mundo de alguma maneira. Eu fiquei imensamente feliz pelas escolhas, obviamente senti falta de algumas mulheres como por exemplo a Elza Soares mas entendo que o escopo do livro é o mundo todo, sendo assim, fica difícil encontrar apenas 60 mulheres incríveis em todo o nosso globo terrestre, mas isso não é algo ruim, o livro conta com uma representatividade sensacional, indo de Beyoncé até Malala. Ou seja, fica claro que cada mulher, independente do espaço social que ocupa pode fazer a diferença.



 O livro conta com um design bem simples, apresentando o nome de cada uma das mulheres, o ano de seu nascimento e morte, uma frase marcante, quais os seus maiores feitos que fizeram com que ela merecesse espaço no livro, o seu legado, sua história, suas grandes realizações, frases famosas e uma ilustração lindona! Eu me apaixonei por esse livro, estava acostumada com obras nesse estilo mas em um formato físico mais elaborado, capa dura, mas se você gosta de pesquisar história, curte algo mais simples e ainda assim com a sua beleza, essa é a dica, eu me senti MUITO representada, principalmente porque o número de mulheres negras presentes no livro é enorme, meu sorriso cresceu quando vi isso. A editora Cultrix pensou em cada detalhe, para agradar a cada uma. O livro ainda conta com um "especial" dentro da próprio obra, das 60 mulheres escolhidas, 15 ocupam um espacinho especial no capítulo Brasileiras que foram à luta - 15 perfis biográficos para entender a história do feminismo no Brasil, isso que é dica! 
 Pois bem, se você busca entender um pouquinho mais sobre a luta feminista ou até mesmo a história de algumas mulheres que são vistas como referência no mundo todo, essa dica é mais do que obrigatória. 


Você tem que sacudir as grades da sua gaiola. Tem que mostrar a eles que está ali e que quer sair. Tem que fazer barulho. Causar um reboliço. Talvez você não vença de imediato, mas com certeza vai se divertir mais.



28 comentários:

Joana Leite disse...

Oi... Adorei essa capa,;achei bem original.
Beijos

O Que Tem Na Nossa Estante disse...

Oi Day, tudo bem? Eu não tinha pensado na questão da nova geração dos leitores, mas de fato só posso concordar com vc, é uma leva mais consciente e isso é bem positivo, o que reflete também nas escolhas editorias das editoras. Este não é um tipo de livro que tenho o costume de ler, mas por tudo que representa adoraria ter em mãos, ler e convencer os demais a lerem também. Excelente dica!

Bjs, Mi

O que tem na nossa estante

Karine Fernandes disse...

Não conhecia a obra e muito menos a editora parabéns pelo trabalho, o livro aparenta ser lindo e estou encantada. Belo trabalho.

Bjs

No Conforto dos Livros disse...

Olá!! :)

Eu confesso que não conhecia este livro ainda bem que gostaste de fazer a leitura! :) Isso e ótimo!

Enfim, não sou nada fa de biografias, ainda que algumas mais curtas... Ah, o design cativou!

Boas leituras!! ;)
no-conforto-dos-livros.webnode.com

Fernanda Barroso disse...

Olá!
Confesso que livros desse tipo, algo como uma documentário escrito, não me chamam muita atenção. Mas é legal ver com esse tema, ainda mais porque tem muita gente que curte. Legal!
Abraços

Alice Duarte disse...

Oiii

O que mais gosto é essa diversidade, que cada mulher retratada representa diferentes realidades, e no fundo a mensagem é igual apesar de suas diferenças, dá pra vencer, dá pra acreditar. Quando li Malala na resenha ja quis anotar o livro, super admiro essa garota e acho que é alguém que merece muito ser lembrada sempre, mais do que uma sobrevivente, um ícone.
*** O ódio que vc semeia é com certeza um divisor de águas mesmo, Starr é deslumbrante como personagem e aquela familia absurdamente humana, encanta o leitor.

Beijos

www.derepentenoultimolivro.com

Estilo Gisele disse...

Olá, tudo bem ?
O livro sem sombra de dúvida nos tras um conteúdo atual e necessário que seja cada vez mais abordado, mais explorado, mais discutido. Acho que as mulheres reunidas na obra, são referencias absurdas. Além disso , a capa e a diagramação, estão maravilhosas.

Aline M. Oliveira disse...

Oi! Achei bacana demais esse livro! E nesse momento que vivemos, mais do que nunca, precisamos de exemplos de mulheres que lutaram e morreram por seus ideais, que nada mais eram que justiça igualitária, o desejo de igualdade e não de inferioridade das mulheres. Hoje esse movimento é tão criticado e mal interpretado, as vezes pelas próprias mulheres, que infelizmente tem que ser feito um livro indicando mulheres grandes e maravilhosas que lutaram e fizeram história na luta. Dica mais que valiosa!
Bjoxx - http://www.stalker-literaria.com/

Ritchelly Galani disse...

É tão bom ver esse tipo de livro sendo resenhado <3 a edição esta linda e recheada de mulheres inspiradoras.. É bem bacana mesmo o mercado editorial trazer livros com tanto empoderamento <3 As fotos ficaram lindas !!

beijos,
Conta-se um Livro

Fabrica dos Convites disse...

É verdade, estou adorando este fato da diversidade está chegando até os livros. Este eu não conhecia, vou anotar a dica.
Bjs Rose

Book Obsession disse...

Olá!
Não conhecia essa trama, mas apesar de não ser uma leitura que costume realizar, gosto bastante dos temas mencionados. São ótimos pra reflexões.
Beijos!

Camila de Moraes.

Ju disse...

Parece um livro lindo, tanto no aspecto físico com as ilustrações quanto na proposta! Precisamos de mais obras assim, que retratem mulheres que fizeram algo para que o mundo se tornasse pelo menos um pouquinho (ou muito) melhor! Acho que sempre teremos pelo que lutar. Obrigada pela dica.

Cabine de Leitura disse...

Li e também resenhei este livro e confesso que não sou habituada a leituras assim, mas foi uma grata surpresa essa obra. Adorei o estilo e o fato de terem dedicado algumas páginsa a mulheres brasileiras, a versão original do ivro são apenas 50 nomes internacionais.


Beijos.
https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

Livros & Tal disse...

Olá!
Que capa mais linda e que diagramação!!
Realmente a literatura mudou muito de um tempo para cá e tenho que dizer que isso é fascinante, pois o preconceito tem que acabar de algum modo, não é mesmo?
Achei o lançamento desse livro um marco e a sua ideia é muito empoderada. Entretanto, ele não se enquadra muito no meu estilo de leitura, então pra mim, infelizmente ele não irá vingar.

beijos,
Mayara

Três Leitoras disse...

Essa semana peguei esse livro e folheei ele, fiquei bem curiosa pela história dessas mulheres! Adorei a sua resenha!

Marijleite disse...

Esse livor é sensacional, né?! Acho muito bacana termos o nome dessas mulheres marcados numa obra literária que com certeza vai inspirar muitos leitores.

Tay Meneses disse...

Também tenho percebido que os leitores no geral estão cansados dos esteriótipos e têm buscado cada vez mais por leituras de engajamento e coisas do tipo. Quanto a esse livro, estou curiosa para ler ele. Tenho a esperança de ser uma ótima leitura. Ainda mais, por que chega de falar só de homens né, mulher também faz parte da História! Bexus @leitoraconectada

Ivi Campos disse...

Acho que toda e qualquer leitura que nos leve ao engajamento é bem vinda e é isso que sinto neste livro. Espero poder ler em breve.
Beijos

Alana Gabriela disse...

Helloo, tudo numa nice?!
Eu nunca tinha lido nada sobre esse livro antes e confesso que não me interesso por ele. Não é o tipo de leitura pra mim apesar de tudo que foi dito. Prefiro ficção mesmo.
Acho que a leitura em si pode conscientizar as pessoas, o autor tem que ter o cuidado necessário para isso, saber manejar bem as palavras para tal. Então confio na literatura em si, que é uma válvula de escape para tudo.
Beijin...

Vitória Doretto disse...

Oi, Day!
Ai esse livro <3 Eu não conhecia nem metade das mulheres que estão aí e fiquei encantada com quão forte cada uma delas foi e como suas ações ressoam hoje. É uma leitura tão importante que eu nem sei mais o que dizer. Estou usando alguns dos perfils apresentados em sala de aula e é incrível e enriquecedor demais para os alunmos mais jovens descobrirem que há sim muita gente lutando por termos igualdade nesse mundão de deus.
Beijo!

Florescendo Livros disse...

Olá
Nossa que livro mais lindo, não conheço muito sobre o trabalho da editora, mas adorei essa temática pois adoro ler sobre a luta de mulheres fortes pois é uma luta que todas nós precisaremos lutar não é? Acho que me emocionaria muito ler sobre essas mulheres.

Beijos
Florescendo Livros

Bruna Costabeber disse...

Hey, tudo bem?
Estou louca para ter esse livro em mãos, pois estou lendo muitas coisas positivas sobre ele. Fiquei muito contente com seu último parágrafo e por ser esse um livro que nos mostra a importância da luta das feministas.
Esse faz parte daqueles livros que são essenciais para as pessoas compreenderem melhor o mundo e tentar melhora-lo. Vou adquirir meu exemplar assim que possível.
Beijos

Carla disse...

Oie!
Eu ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas estou curiosa. Já li alguns comentários bem positivos sobre essa obra, e pelo que vejo, vou achar bem interessante ler um livro com figuras femininas de destaque.
Uma ótima dica!
Bjks!
Histórias sem Fim

Barbara M. Cabalero disse...

Oi.
Adorei a dica.
É incrível como às pessoas, por não concordarem com um ou alguns aspectos do feminismo, tentam deslegitimar o movimento como um todo.
Acho que falta engajamento, vontade de pesquisar mais sobre o assunto antes de formar opinião. Por isso livros assim são tão importantes no momento em que vivemos.
Adorei a resenha.
Beijos

Jéssica Christina disse...

Oie!
Adorei a idéia do livro! Muito bacana e o assunto me interessa demais. Queria ter a oportunidade de ler em breve. Sua resenha ficou lindíssima!!

Milena Nones disse...

Oi!
Acho muito bacana a proposta deste livro. Espero ter a oportunidade de ler em breve. Adorei a sua dica! Parabéns pela resenha.

Caos da Leitura disse...

Oi, tudo bem?
Tô LOUCA por esse livro. Acho que toda mulher precisa ter esse no bolso! E sinceramente, é uma escola. Precisamos mesmo olhar para a história dessas mulheres como inspiração e ter força no dia a dia. Amei a sua resenha! Tô querendo muito mesmo! Beijos

Rê Oliver- Chuva no Jardim disse...

não conhecia ,mas me interessei bastante. Acredito que o livro deve ser lindo demais!
Amei sua resenha e com certeza vou adquirir meu exemplar.

um beijo

www.chuvanojardim.com.br

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo