RESENHA Jogador n° 1

quinta-feira, 31 de maio de 2018

Título: Jogador Nº1
Autor: Ernest Cline
Editora: Leya
Nº de Páginas: 464
Sinopse: "Cinco estranhos e uma coisa em comum: a caça ao tesouro. Achar as pistas nesta guerra definirá o destino da humanidade. Em um futuro não muito distante, as pessoas abriram mão da vida real para viver em uma plataforma chamada Oasis. Neste mundo distópico, pistas são deixadas pelo criador do programa e quem achá-las herdará toda a sua fortuna. Como a maior parte da humanidade, o jovem Wade Watts escapa de sua miséria em Oasis. Mas ter achado a primeira pista para o tesouro deixou sua vida bastante complicada. De repente, parece que o mundo inteiro acompanha seus passos, e outros competidores se juntam à caçada. Só ele sabe onde encontrar as outras pistas: filmes, séries e músicas de uma época que o mundo era um bom lugar para viver. Para Wade, o que resta é vencer – pois esta é a única chance de sobrevivência."

*Livro cedido em parceria com a editora.



 Eu estou sem palavras sobre este livro. Eu esperava muito dele e todas minhas expectativas foram alcançadas, a leitura em si me deixou completamente realizada, além do mais, esse foi o primeiro livro enviado após firmarmos parceria com a editora e o resultado não poderia ter sido mais positivo. Ernest Cline fez um ótimo trabalho com todas as referências aos anos 70, 80, 90, ele recupera vários videogames, filmes, músicas, animes, séries de TV da época e trabalha muito bem com tudo isso na obra.
 O livro começa contando  a história de Wade Watts e como ele consegue a primeira chave para abrir o primeiro portão do desafio de Halliday. Nos anos 2044, o mundo está todo devastado, pessoas passam fome, não tem onde morar, tem trabalhos horríveis e vivem mediocremente em trailers empilhados. O único alívio para esse mundo caótico é o OASIS, um videogame de vida artificial onde seus usuários podem realmente viver como na terra só que o OASIS tem somente o lado bom da vida, tudo que é ruim na terra os usuários esquecem assim que colocam o óculos de realidade virtual e as luvas para controlar o avatar. Após a morte de James Halliday, um dos criadores do OASIS, um concurso é lançado, pelo próprio Halliday antes de morrer, e a primeira pessoa que conseguir encontrar as três chaves e passar pelos três portões conseguirá encontrar o Easter Egg de Halliday e herdará, na hora, toda a fortuna de Halliday e o comando do OASIS.





 Mas não é tudo mil maravilhas como se imagina, existem Os Seis, que são funcionários de uma empresa a IOI (ai ou ai) que estão interessados no prêmio do concurso, no entanto eles querem colocar as mãos no OASIS e em todos os dados pessoais dos usuários, cobrar pelo uso mensal do programa, mas se pararmos para questionar, a beleza do OASIS, além de fugir da realidade, é ser anônimo, poder ser outra pessoa naquele universo. A IOI é uma corporação horrível e todos os caça-ovos os detestam e fazem de tudo para acabar com eles e impedi-los de encontrar o Easter Egg, mas eles são poderosos e têm vários meios de conseguir informações e trapacear, muitas vezes me vi apreensiva sobre o "futuro" da humanidade justamente por conta deles, Os Seis são maldosos e interesseiros demais.

 Nesse caminho para encontrar o ovo, Wade perde muitas pessoas, mas conhece várias outras pessoas incríveis, obviamente ninguém é substituível mas podemos ver com ele é alguém com boas pessoas por perto, apesar de tudo.
 Esse livro me fez pensar em até que ponto a tecnologia é boa e como o poder pode mandar na vida das pessoas e de certa forma induzir as mesmas a cometerem atos impensáveis para conseguir o que se almeja. Além disso, fala um pouquinho sobre orientação sexual e preconceito, tanto racial quanto de gênero, eu não sei se era a real intenção do autor dar importância para esses recortes mas fiquei feliz quando vi, me senti representada.
Se você é muito geek e ama os anos 70, 80, 90, e toda sua mágica, este livro é mais que perfeito para você e tem que estar na sua lista, na verdade é quase uma leitura obrigatória
 O filme foi lançado recentemente e estou louca pra assistir!


Você sabe que acabou com sua vida quando o mundo todo se fecha e a única pessoa com quem você pode conversar é seu software de agente de sistema.



30 comentários:

Aline M. Oliveira disse...

Oi! Eu tô vendo muito deste livro desde o lançamento do filme, que eu ainda não vi, e está sendo muito elogiado. Eu não conhecia o livro, apesar de muita gente já ter lido. Eu achei a história muito legal, porque gosto de videogames, e essa fantasia de que você pode entrar num jogo para uma caça a o tesouro parece mesmo ser muito bacana. Gostei da premissa dos personagens e de como a trama passa a se desenvolver a partir do momento que Wade percebe que o jogo e as pessoas podem ser perigosas ali dentro. Espero ler em breve.


Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

Abby Anjos disse...

Os meus amigos geeks e amantes da cultura pop estão surtando por causa de filme/livro. Confesso que não sei ainda se lerei agora ou deixarei para quando terminar minhas pendências (é muito livro pra pouco tempo livre). Mas me parece ser uma obra bastante interessante. Adoro coisas de realidade virtual também ^^

Xoxo,
Abby
Blog Linhas Tortas

Ana Claudia de Oliveira Machado disse...

Olá,

Já houve tanta gente boa falando bem desse livro que fico até com medo de ficar com a expectativa muito alta e não gostar, porém parece que você mesmo com a expectativa alta se surpreendeu mesmo né? Acho que vou aguardar um pouquinho para ver o filme depois que ler o livro.

Beijos e obrigada pela resenha...
www.blogancoraliteraria.com.br

Clayci disse...

Preciso dizer que pela primeira vez na vida, prefiro a capa com o poster do filme do que a original hauhauhauhauha.. Eu gostei muito dessa história quando li, mas ainda não vi a adaptação. <3

Sai da Minha Lente

Nina Spim disse...

Oi, tudo bem? Li poucas resenhas desse livro e confesso que não sou tão geek assim (nem nerd haha), mas fico interessada. Todas as resenhas que li são positivas e acho que vou curtir a leitura, sim. Parece uma distopia bem diferente, acho legal quando misturam elementos conhecidos, porque impacta ainda mais, nos dá mais reflexões para pensar sobre o futuro iminente, ou até mesmo sobre o nosso presente. Gostei muito da sua foto :)

Love, Nina.
www.ninaeuma.blogspot.com

Juliana Borges disse...

Olá, tudo bem?

Amei a resenha! ainda não tinha ouvido falar do livro mas gostei da sinopse. Para ser sincera, o gênero do livro é bem diferente do quais eu leio diariamente. Porém me surpreendi quando vi que estava totalmente envolvida na resenha (imagine lendo o livro em si?)

Beijos!

www.resenhasetudomaisbr.blogspot.com/

Debyh disse...

Olá,
Eu gostei bastante também, mesmo a ideia não sendo original, foi muito bem executada e acho que isso é o mais importante. Sem contar que o “clima” dos anos 80 deu todo um diferencial. Wade mesmo não sendo dos meus heróis favoritos é ótimo em desvendar as pistas e não deixar a oportunidade passar.

Debyh
Eu Insisto

Viviane Dutra disse...

Oi Day, que bom que o livro atingiu tuas expectativas. Eu não fazia ideia sobre o que era o livro, já tinha visto ele com outra capa. Acho que vou gostar, principalmente pelas referencias dos anos 70, 80 e 90.
Bjos
Vivi
http://duaslivreiras.blogspot.com.br/

Bianca Ribeiro disse...

Com esse livro confesso que cometi um erro terrível, eu vi o filme antes de ler. Eu queria muito ler o livro mas quando vi o filme achei tão estranho e confuso que desisti de ler. Mas sua resenha me animou a ler de novo, vou ler no mês que vem e volto aqui pra gente conversar mais!

Pamela Moreno Santiago disse...

Olá, tudo bem?

Eu lembro do lançamento dele aqui no Brasil, há alguns anos atrás e o hype que teve naquela época. É claro que depois do lançamento do filme, ele voltou à tona, assim como tantos outros. Mas infelizmente a temática acabou não me agradando. E já que não quero fazer a leitura, quem sabe não gosto do filme, não é mesmo? ;)

Beijos
@blogodiariodoleitor

Cabine de Leitura disse...

Fico feliz que o livro tenho alcançado suas expectativas, confesso que não é o tipo de leitura que eu faça com frequência devido a sua complexidade, mas essa trama me lembra Black Mirror que eu particularmente gosto bastante. Não sabia do filme, então vou anotar a dica e dar uma espiadinha, vai que eu curto.

Abraços.
https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

Alice Duarte disse...

Oiieieee


Ah eu tb to louca pra assistir ao filme, acho que vou curtir. Ainda não li o livro, mas tenho ele há tempos na minha lista.

Beijos

www.derepentenoultimolivro.com

Marijleite disse...

Olá, ficou ótima a sua resenha, que bom saber que curtiu tanto essa leitura. Tenho vontade de ver esse livro também, interessante essa reflexão que ele traz sobre a tecnologia.

Coleções Literárias disse...

Ouvi muitos elogios sobre esse livro, quero muito comprar um exemplar para mim e acho que eu escolheria aquela edição preta que eu acho muito linda. Quero muito ver o filme também. A premissa é muito interessante e acho que vou curtir sim.
Amei a resenha.

Book Obsession disse...

Olá!
Vi que teve a adaptação cinematográfica desse livro, mas como não é o tipo de leitura que me atraia acabei não dando muita atenção.
Legal ver que o autor atenta para a evolução acerca desse universo tecnológico. Talvez eu assista o filme e confira um pouco das suas impressões sobre a trama.
Beijos!

Camila de Moraes

nathalia silva disse...

Esse livro não faz muito o meu gênero, mais fico contente em ver que ele aborda o lado bom e ruim da tecnologia. Ver que ele fala de preconceito também é uma coisa bem positiva. Enfim, que bom que você gostou da leitura.

Beijos
http://ventoliterario.blogspot.com

Marcia Pimentel disse...

Oi,
É muito bom quando a leitura alcança todas as nossas expectativas, nao é mesmo. Adorei sua resenha e fiquei com mais vontade ainda de ler o livro. Quero assistir o filme só depois que ler o livro.
Abrçs

Menino Livros disse...

Olá!
Eu já li várias resenhas sobre e livro, e estou louco pra ver o filme também. Porem não gosto das edições da editora Leya, tenho alguns livros e não gostei do trabalho. Porém tenho muita vontade de conhecer esse universo. Parabéns pela resenha.

Subsolo da mente disse...

Vi muitos comentários positivos sobre esse livro, não é bem o gênero que gosto.. Mas quem sabe eu dê uma chance para sair da zona de conforto..
Gostei muito da sua resenha, beijos!

Lucy disse...

Olá!
Eu já tinha lido a respeito desse livro, para quem é geek é mesmo um prato cheio. Inclusive, tenho ele aqui para ler, mas até agora não tinha tido tanta vontade. Com o filme, apareceu um incentivo maior, além da sua resenha, que mostra que vale muito, muito a pena a leitura.
Bjuos
Lucy - Por essas páginas

Rafaella Viegas disse...

Oiii tudo bem??

Não gosto muito da premissa do livro e não tive vontade nenhuma de assistir o filme.
Apesar de todos terem gostado, não estou convencida, histórias que são passadas no futuro e misturam anos passados me deixam com um pouco de preguiça, meio q não me convence.
Adorei a resenha e parabéns por iniciar essa parceria.
Bjus Rafa

Maria Luíza Lelis disse...

Oi, tudo bem?
Que bom saber que o livro superou suas expectativas. Eu tenho curiosidade de ler esse livro, especialmente por sempre ver muitas pessoas elogiando. Porém, sempre tive um pouco de receio porque não sou muito fã de ficção científica.
Ler sua resenha me deixou mais animada para conferir esse livro, especialmente pelos assuntos que são abordados no livro e que eu não sabia. Achei interessante a reflexão que a leitura te trouxe sobre tecnologia e gostei de saber que o livro ainda fala sobre o preconceito racial e de gênero.
Enfim, adorei sua resenha e espero conferir esse livro em breve.
Beijos!

Bruna Eduarda disse...

Olá! Tudo bom?

Eu já tinha ouvido falar desse livro pois me convecenram a assistir o filme, haha. Eu gostei bastante da história, e depois eu vi que no livro tem coisas bem diferentes e após isso fiquei com vontade de ler a obra e conhecer, porém ainda não tive a oportunidade. Então, eu fico bem feliz em saber que gostou da obra. Achei muito interessante o modo que foi abordado a tecnologia e toda essa coisa "virtual". Adorei a sua resenh, foi bom relembrar um pouco o enredo ♥

Beijos

Jéssica Christina disse...

Oie! Tudo bom?
Eu quero ver o filme, mas antes preciso ler o livro! Parece ser MUITO bom, ainda mais pra quem curte games e afins 💖

Ana Caroline Santos disse...

Olá, tudo bem? Sempre tive curiosidade sobre a história pois as referências que ele faz, falam que é maravilhosa. Não sabia deste outros assuntos que a obra abordava, mas fiquei mais feliz ainda. Espero adquiri-lo com a capa original e ai poder ver também o filme. Adorei a resenha!
Beijos,
http://diariasleituras.blogspot.com.br

Mara Santos disse...

Apesar de ver muitos comentários positivos, confesso que não tenho vontade de ler o livro, não faz muito o meu estilo....

Suelen Fernandes disse...

Olá!
Eu adorei o enredo do livro e tenho muita curiosidade em ler e ver o filme também. Gosto dessa histórias que nos mostram como o mundo pode ficar daqui a alguns anos.
Sua resenha está maravilhosa e adorei saber a sua opinião sobre o livro.
Beijinhos!

Salvattore Mairton disse...

Ey super adoro livros que trazem esse esquema dos anos 80, ainda mais de um formato tão nerd. Já ouvi falar do filme e do livro, e infelizmente ainda não tive oportunidade de conferir nenhum, mas depois desta sua resenha sei que preciso urgentemente.

Motivação Literária disse...

tenho visto muitos falarem sobre o filme, mais ainda não tive a oportunidade nem de ler o livro, apesar de não ser meu gênero favorito daria uma chance para leitura!

Rafaelle Vieira disse...

Oi, tudo bem?
Faz tempo que li esse livro, mas lembro que amei demais a leitura e a história. A narrativa nos prende do inicio ao fim, ao menos comigo foi assim. O livro é muito bom e cheio de referências da cultura pop, ainda quero ver o filme em breve.

Beijos,

Rafa - Fascinada por Histórias

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo