RESENHA a bruxa não vai para a fogueira neste livro

quinta-feira, 23 de agosto de 2018



Título: A bruxa não vai para a fogueira neste livro
Autora: Amanda Lovelace
Editora: Leya
Nº de Páginas: 208
Sinopse: "Aqueles que consideram “bruxa” um xingamento não poderiam estar mais enganados: bruxas são mulheres capazes de incendiar o mundo ao seu redor. Resgatando essa imagem ancestral da figura feminina naturalmente poderosa, independente e, agora, indestrutível, Amanda Lovelace aprofunda a combinação de contundência e lirismo que arrebatou leitores e marcou sua obra de estreia, "A princesa salva a si mesma neste livro", cujos poemas se dedicavam principalmente a temas como relacionamentos abusivos, crescimento pessoal e autoestima. Agora, em "A bruxa não vai para a fogueira neste livro", ela conclama a união das mulheres contra as mais variadas formas de violência e opressão. Ao lado de Rupi Kaur, de "Outros jeitos de usar a boca" e "O que o sol faz com as flores", Amanda é hoje um dos grandes nomes da nova poesia que surgiu nas redes sociais e, com linguagem direta e temática contemporânea, ganhou as ruas. Seu "A bruxa não vai para a fogueira neste livro" é mais do que uma obra escrita por uma mulher, sobre mulheres e para mulheres: trata-se de uma mensagem de ser humano para ser humano – um tijolo na construção de um mundo mais justo e igualitário" 
*exemplar cedido em parceria com a editora 

 Segundo volume da série As mulheres tem uma espécie de magia, Amanda sabe como nos deixar sem ar com poucas palavras. A proposta de uma obra curtinha mas comovente foi executada com sucesso. Este livro é para que todas as garotas em chamas se lembrem: nunca deixem seu fogo se apagar! A bruxa não vai para a fogueira neste livro é um livro de poemas pequeno, porém com uma força estrondosa. Quando eu comecei a lê-lo pensei que ele era meio raivoso demais, mas no decorrer da leitura eu percebi que não, que na realidade os poemas falam de uma maneira forte sobre temas muito pesados, pois é necessário se impor quando se fala sobre abusos, estupro, traumas, mortes, violência, entre outros.




 A obra ganhou meu coração pois no começo ele faz uma referência a Em chamas (assim como eu fiz no começo desta resenha rs), para quem não sabe Em chamas é o segundo livro/filme da saga Jogos Vorazes (recomendo). Também no inicio tem um aviso sobre o que o livro tratará como um “alerta”, nem todo mundo quer ler coisas assim, mas devia.



  A bruxa não vai para a fogueira neste livro fala sobre muitos temas realmente importantes, mas eu acredito que uma mensagem muito necessária que ele passa é a que nós, mulheres, devemos nos unir para salvar umas as outras, não nos odiarmos pois a fulana esta usando uma roupa igual a minha ou porque a outra está com meu ex-namoradx. Nós precisamos lutar juntas, porque se formos esperar que outra pessoa lute as nossas lutas iremos sucumbir a quem está organizado e sempre pronto para nos rebaixar.
 Foi uma leitura gostosa e rápida, mas que causa um estranhamento porque te faz sair da sua zona de conforto e foi pra isso mesmo que o livro foi escrito, para te tirar da sua tranquilidade e te mostrar a realidade enfrentada por muitas pessoas. Se você já leu Outros jeitos de usar a boca, e gostou, você amará este livro, essa é uma daquelas obras que deve servir como presente para toda mulher, é certeiro que de alguma forma, algum poema vai te tocar.




20 comentários:

Book Obsession disse...

Olá!
Acho tão interessante quando mudamos nossa percepção sobre a leitura e o autor conseguir imprimir tantas sensações nos textos. Não conhecia essa obra e leio poucos poemas, mas gostei de saber que tem tanta força e temas importantes para a sociedade.
Beijos!

Camila de Moraes

Aline M. Oliveira disse...

Oi Day! Antes eu jurava que esse livro era de contos!!! Eu tenho visto muitos elogios sobre essa autora e sobre seus livros, mas não imaginei que era poesia! E poesia forte, pensada e sentida para as mulheres! Logo nos títulos dá pra perceber né! Adorei! De verdade, entrou pra lista! Obrigada por compartilhar!

Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com

Karini Couto disse...

Estou bem curiosa para ler esse livro. Ultimamente ando saindo da zona de conforto e lendo coisas que eu não leria e tenho tido boas surpresas.

Beijos.

www.alempaginas.com

Larissa Dutra disse...

Olá, tudo bem? Comprei esse livro há pouco, mas ainda não consegui ler. Parece ser mesmo uma leitura desafiadora, por "fugir do comum", e também bastante pesada, mas necessária.

Beijos,
Duas Livreiras

Lara Xavier disse...

Olá
Por mais que esse livro trate de assuntos sérios ele não desperta o meu interesse por ser poemas eu passo a dica

Alice Duarte disse...

Oiii

Ja havia visto esse livro, mas nem sabia direito oq ue ele trazia. Bem legal conhecer mais e saber o quanto te encantou. Por enquanto não sinto que seja um livro pra mim, não é meu estilo, mas quem sabe futuramente.

Beijos

www.derepentenoultimolivro.com

Maria Luíza Lelis disse...

Oi, tudo bem?
Eu já tinha ouvido falar sobre esse livro, mas confesso que nunca despertou minha curiosidade. Acho a temática muito interessante e importante, especialmente por trazer uma mensagem de união entre as mulheres. No entanto, não sou muito fã de poemas e, por isso, não pretendo ler.
Mas adorei sua resenha e fico feliz que você tenha gostado da leitura.
Beijos!

Menino Livros disse...

Olá!
O nome do livro já é bem chamativo, adoro ler poesias e seus reflexões. Tenho muito vontade de ler "Outros jeitos de usar a boca" também. A edição me parece otima, embora não curto muito o trabalho da editora Leya, mas irei anotar a dica.

Abraços.

Abby Anjos disse...

Confesso que sinto uma certa preguiça de ler livros de poemas, mas todo mundo anda falando muito bem dessa série de livros então acho que vou dar uma chance. Ótima resenha!



Xoxo,
Abby
Blog Linhas Tortas

Ps Amo Leitura disse...

Olá.

Não é um livro no qual estou acostumada, porém confesso que me despertou interesse: primeiro pela referencia maravilhosa (haha) e segundo porque acredito que os poemas tem muito para mostrar, transparecer. Eu preciso sair da "zona de conforto" e sem dúvidas esse entraria para essa listinha.

Beijos,
Blog PS Amo Leitura

Carla disse...

Oie!
Eu acredito que as mulheres deveriam se unir diante de tantas dificuldades que enfrentam todos os dias, e não alimentar o ciumes ou a inveja que muitas vezes vemos acontecer. Com certeza uma edição intensa, que vai despertar os mais diversos sentimentos, uma ótima leitura.
Bjks!
Histórias sem Fim

kênia Cândido disse...

Oi Dayhara.

Ainda não tinha lido uma opinião sobre este livro e gostei bastante das informações que encontrei na resenha. Vou adicionar o livro na lista de desejados. Ainda mais sabendo que ele contém uma história curtinha, mas comovente. Isso dá para encaixá-lo na meta de leitura tranquilamente. Parabéns pela resenha.

Bjos
https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

Jennifer Silva disse...

Oii! Nossa, parece ser uma obra bem rica e que nos deixa muitas reflexões. Eu quero muito conferir esse livro e após ler a sua resenha, fiquei mais curiosa ainda haha. Obrigada pela dica, bjss!

Livros & Tal disse...

Oii tudo bem?
Nossa, que edição linda!!! Não conhecia o livro, mas achei tão inteligente o nome em relação ao seu conteudo que estou impressionada. Confesso que esse livro, apesar de todos deverem ler e de eu estar bem curiosa com o que vamos encontrar, ele não é pra mim. Não consigo me entender e nem me entreter com poemas, infelizmente.

beijos

Lucy disse...

Oi, Day!
Mais uma recomendação que você faz que eu fico doida pra ler! Não sabia sobre o que era esse livro, nem sabia que era de poesia! Agora quero todos, principalmente depois de saber o nome da coleção "As mulheres tem uma espécie de magia", mesmo porque eu acredito um pouco nisso e comentei sobre isso com algumas amigas na aula de dança do ventre. Coincidência ou não, adorei!
Bjs
Lucy - Por essas páginas

Antonia Isadora de Araújo Rodrigues disse...

Olá!!!
Eu adquiri esse livro e no primeiro dia já estava devorando ele até a última página.
Sim!!! A primeira coisa que me chamou atenção nele como você disse é a referência dada a "jogos Vorazes", mas exclusivamente a nossa garota em chamas.
Eu sei que é difícil tratar de temas assim, pois pode ser como a gente diz ativação para gatilhos porém não deixa de ser necessário.
Adorei a resenha!!!

lereliterario.blogspot.com

Ivi Campos disse...

Eu fiquei bem curiosa com a diagramação - e um pouco agoniada também - e acho que este tipo de leitura tinha que ser obrigatória para TODOS os seres humanos. Anotei a dica e quero ler e dar de presente para os amigos.
Beijos

Instantes Memoráveis disse...

Olá, tudo bom?

Eu ainda não li esses livros de poemas. Eu não tenho o costume de ler textos assim, mas como eu gosto de sair da minha zona de conforto e você recomenda exatamente por isso, não pude deixar de colocar na minha lista de desejados. É bom ver um livro que incentiva as mulheres ao feminismo e sonoridade, nos mostrando que não é necessário uma competição ou o ódio gratuito. Precisamos, realmente, de união. Espero gostar tanto desse livro quanto você <3

Enfim, adorei a sua resenha e agradeço a indicação :)
Abraços.

Tay Meneses - Bibliotecorama disse...

Sempre quis saber sobre o que realmente esse livro tratava, agora sei, obrigada! Gostei de saber que é de poesias, algo que amo em demasia. Também gostei de saber sobre os temas que aborda, alguém tem que falar a respeito, né! E realmente, como você disse, não tem como abordar alguns temas de modo fofinho, o que acaba dando um ar meio agressivo às coisas.

Pamela Moreno Santiago disse...

Olá, tudo bem?

Estou acompanhando os lançamentos desses livros desde que começaram. Mas não sei se são o tipo de leitura que gostaria de ter no momento. Abordar temas relevantes é super bacana, mas vejo isso todos os dias na sociedade. Leitura para mim é para divertimento, pelo menos no pouco tempo que disponho para isso.


Beijos
@blogodiariodoleitor

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo