RESENHA A cidade das máscaras

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Título: A cidade das máscaras (A biblioteca invisível #2)
Autora: Genevieve Cogman
Editora: Morro Branco
Nº de Páginas: 400
Sinopse: "Irene está trabalhando como espiã em uma Londres Vitoriana, coletando importantes livros de ficção para a misteriosa Biblioteca, quando Kai é sequestrado.

A origem enigmática de seu assistente significa que ele tem aliados e inimigos igualmente poderosos, e seu sequestro só pode significar uma coisa: guerra entre as forças da ordem e do caos, capaz de destruir mundos inteiros.

Para manter a humanidade longe do fogo cruzado – e salvar Kai de uma morte certa –, Irene terá que fazer aliados duvidosos e viajar até as profundezas de uma Veneza repleta de magia negra e estranhas coincidências, onde é sempre Carnaval. Lá, ela precisará lutar, mentir e chantagear seres poderosos. Ou enfrentar consequências fatais."

*Exemplar cedido em parceria com a editora.



AVISO DE SPOILER.

Eu gostaria de começar esta resenha com um palavrão, mas não posso, infelizmente. Eu particularmente amo essa saga da Genevieve Cogman, o primeiro livro A biblioteca invisível foi incrível e você pode encontrar a resenha AQUI. A cidade das máscaras é o segundo volume da coleção A biblioteca invisível, então se você não leu o primeiro volume não leia esta resenha pois contém spoiler. O segundo livro é tão bom quanto o primeiro, cheio de suspense e aventura. Irene é a dona do livro todinho, basicamente leva todo mundo nas costas, apesar de precisar de ajuda as vezes pois mesmo sendo incrível ela ainda é humana.
Depois de tudo o que aconteceu em A biblioteca secreta, nós temos o seguinte cenário, Irene e Kai estão morando no alternativo em que eles fizeram sua ultima missão, o alternativo de Vale. Agora Irene tem um cargo fixo na biblioteca de Londres, da Londres daquele (mundo) alternativo pelo menos. No inicio do livro nós descobrimos que Kai e Irene fazem alguns trabalhos de busca por livros pela cidade, algumas missões são mais difíceis, outras nem tanto. Mas afinal, qual é a ideia total deste livro? Bom, acontece que já no começo Kai é sequestrado por alguém, que até dado momento Irene e Vale não sabem quem é, e sendo ele um dragão, sequestra-lo é um grande ato de coragem, ou burrice. No primeiro livro uma das questões estava sobre Kai por ele ser todo misterioso e ao final do livro descobrimos que ele é um príncipe dragão e que os dragões são MUITO poderosos e quem os desafia merece um parabéns pela coragem porque noção não tem.
O fato de Kai ser um príncipe é muito importante na história pois isso move o livro todo. A história se desenrola com Irene procurando Kai, não só porque ele é responsabilidade dela, mas também porque ela sente alguma coisa por ele, mas é durona demais para falar. Vale e Irene correm contra o tempo para descobrir o paradeiro de Kai. Em determinado momento eles descobrem que ele está em um alternativo dominado pelo Caos, o que o torna totalmente toxico para os três, só que tem um problema, eles não conseguem entrar nesse alternativo sozinhos eles precisam da ajuda de alguém e é neste momento que o Lorde Silver entra. Lorde Silver foi relevante no livro anterior (só pra atrapalhar tudo na real) e neste livro continua sendo relevante porém Irene o coloca em seu lugar (o que eu amei muito não posso negar rsrs). Silver ajuda Irene a entrar no alternativo pois Vale não pode ir junto dado ao fato de que o Caos o prejudicaria, mas Vale é muito teimoso.
Chegando neste novo alternativo novas dificuldades são enfrentadas e novas pistas descobertas. Pararei por aqui pois esse livro é bom demais para eu contar toda a história e vocês não terem o prazer de ler.
         Dedico este parágrafo para falar sobre a Irene, eu amo essa personagem, ela é um ícone de força e determinação. Desde o primeiro livro ela vem se mostrando forte, decidida, esperta, benevolente e incrível. Para mim, Irene é um símbolo de mulher empoderada e dona de si, ela é a heroína neste livro, mesmo tendo os personagens masculinos que a salvam em dados momentos e a ajuda. Uma coisa muito interessante é como ela usa a linguagem(mágica para os leigos) para resolver os problemas, não a força bruta (apesar de ter momentos em que é inevitável), mas eu acredito que ela usar a fala para sessar conflitos é um ótimo lembrete para nós de que o conhecimento e os argumentos sólidos são as melhores armas que podemos ter. Não tenham medo de usar a fala para defender seu ponto de vista e uma ideia favorável ao coletivo. Sua fala é sua melhor arma.



“Os bibliotecários aprendem desde cedo que não se nada em águas profundas com os tubarões, para não sermos comidos vivos! ”

24 comentários:

Pamela Carolina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dani Souza disse...

Oi, tudo bem??

Eu acabei não entendendo muito da resenha já que eu ainda não li o primeiro livro, então acabei lendo bem por cima mesmo. Eu tenho o primeiro volume em casa, mas ainda não tive tempo para ler. Estou tentando adiantar as leituras msis urgentes para poder ler esse livro. Mas já ouvi que os livros são muito bons, e tanto a sua, quanto outras resenhas que li falam muito bem das obras. Estou bem ansiosa pela leitura.

Beijos.

Pamela Carolina disse...

Nunca li um livro em que uma dos personagens principais fosse uma heroína, pois não gosto muito, porém a Irene me chamou bastante atenção ( mesmo não conhecendo o livro anterior e nem esse), pois pela sinopse e pela resenha deu para perceber quanto que ela se tornara forte em vários acontecimentos na história.

Ana Caroline disse...

Olá!

Eu já tinha ouvido falar a respeito do primeiro livro, mas não conhecia esse. Como não sei muito da história do primeiro livro, fiquei boiando em algumas partes. Mas concordo com o que você falou, que a fala é a melhor arma, nunca podemos deixar que nos calem!

Paraíso Literário disse...

Oi Day!

Tudo bem? Acho que vi a Bru do Um Oceano de Histórias mostrar quando recebeu esses dois livros, mas nem tenho certeza!

Fico feliz que tenha curtido muito essa história, mas confesso que fiquei com medo de tomar spoiler porque esses livros estão na minha wishlist. Fiquei morrendo de vontade de conhecer a Irene depois que li tudo que escreveu sobre ela porque simplesmente amo personagens femininas que são empoderadas. Ambos os volumes já estão na minha wishlist, mas foi ótimo ler sua opinião a respeito da história e confirmar que não irei ficar desapontada em apostar nesta trama.

Beijinhos - Jessie
www.paraisoliterario.com

Aline M. Oliveira disse...

Ih Day! Você tinha logo que começar com um aviso desses? Hhahhhahaha, mas obrigada por avisar, porque essa série está na minha lista de desejados faz tempo, então passei os olhos bem rapidão, pra não levar água na cara! Mas gostei de saber que você gostou ainda mais dessa sequência, e que essa personagem principal parece ser mesmo super foda! Vou correr logo com essa leitura! Adorei esse toque de mistério e fantasia também! Obrigada por compartilhar!

Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

Larissa Dutra disse...

Olá, tudo bem? Eu tenho o primeiro livro da série, mas ainda não consegui parar para ler. Li tua resenha meio por cima, para não pegar spoiler, hahaha. Parece ser uma leitura maravilhosa.

Beijos,
Duas Livreiras

Leitura Enigmática disse...

Não conhecia esse livro, mas fiquei curioso pela trama, pois parece ter um enredo intenso e misterioso. Os personagens também me chamaram a atenção porque me passou que eles possuem personalidades fortes e marcante. Anotei o nome da obra aqui.

Beatriz Andrade disse...

Que livro maravilhoso!!! Eu ainda não o li, mas a sua resenha está tão completa que me deixou com a maior vontade de ler também. Adorei a Irene, é uma personagem que com certeza vai me agradar muito durante a leitura.

Abby Anjos disse...

Olá! Não li a resenha toda pois este livro está na minha lista de leitura... Até onde li, gostei muito da sua escrita. Adoro as histórias que se passam na Londres vitoriana e esse livro com certeza será lido num futuro próximo


Xoxo,
Abby
Blog Linhas Tortas

kênia Cândido disse...

Oi Dayhara.

Que resenha maravilhosa! Eu adorei e confesso que fiquei bem curiosa com a sua opinião, pois estou com muita vontade de ler este livro. Infelizmente não será este momento que vou lê-lo pois ainda não tenho o anterior, mas a dica está anotada. Parabéns pela resenha, realmente deixou muita vontade de ter o livro nas mãos.

Bjos
http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

Ps Amo Leitura disse...

Olá.

Esse livro é MARAVILHOSO, não é mesmo? Eu gostei muito do primeiro, mas esse superou todas as expectativas e tudo! QUE TIRO DE LIVRO! Estou ansiosa pela leitura do terceiro, imagino que você também! hahaha

Beijos,
www.psamoleitura.com

Luciana Souza - Maio Literário disse...

Não conhecia a obra acredita? hahaha é muito lançamento para acompanhar, mas gostei bastante da sua resenha e me deixou um tanto curiosa. Um beijo.

Book Obsession disse...

Olá!
Acho que foi aqui que li a resenha do primeiro volume e já tinha ficado interessada. Saber que Irene continua sendo uma personagem forte e de destaque nesse segundo livro é bem animador. Tenho ressalvas quanto a segundos livros, mas por sua resenha podemos ler tranquilamente pois parece estar tão ou melhor quanto o primeiro.
Achei essa capa linda e claro que vai pra lista de leituras.
Beijos!

Camila de Moraes

Marijleite disse...

Achei super legal essa coisa de mundos alternativos. Bom saber que esse segundo volume consegue ser tão bom quanto o primeiro. Se antes eu já queria ler, depois da sua resenha quero mais ainda conhecer a Irene.

Lucy disse...

Oi, Day! Estou doida por essa série, mas achei o preço muito salgado na Flipop e a editora ainda não lança seus títulos em e-books... Apesar de não me importar muito com spoilers, eu acabei lendo sua resenha por alto (acho que li o spoiler mais importante de qualquer forma rs) e super me interessei pela leitura. Espero que tenhamos uma black Friday que valha a pena esse ano, porque vou esperar até lá para comprar. rsrs
Bjs
Lucy - Por essas páginas

Ana Caroline Santos disse...

Olá, tudo bem? Ah como quero muito iniciar essa série. Foi o primeiro lançamento da editora, e desde essa época fiquei mega interessada, mas ainda não tive oportunidade de ler. Sua resenha trouxe pontos que me deixaram bem curiosa, mesmo sem entender muito o conceito porque como falei não li o primeiro, mas espero também gostar! Adorei!
Beijos,
http://diariasleituras.blogspot.com.br

Carla disse...

Oie!
Eu ainda não li nada da editora, mas estou vendo cada vez mais títulos que me interessam. A capa desse título é linda! E ainda fiquei bem curiosa para conferir essa trama, acredito que vou gostar..
Bjks!
Histórias sem Fim

Fabrica dos Convites disse...

Não li ainda, e concordo contigo usar a inteligência para acabar com qualquer tipo de conflito é muito melhor que usar a força.
Bjs Rose

Debyh disse...

Olá,
Antes de mais nada tenho que dizer que pulei uma parte da sua resenha porque ainda vou ler o primeiro hehehehe. Mas nossa tô mega empolgada que a série continue tão boa, já ouvi falar do primeiro livro e parece ser realmente muito bom.

Debyh
Eu Insisto

Jéssica Christina disse...

Oie, tudo bom?
Eu li por cima porque estou com o primeiro na estante pra ler, mas curti o que fiquei sabendo por aqui. A capa é linda, e fiquei animada de saber que a continuação da série é tão boa quanto o primeiro livro! ♥

Coleções Literárias disse...

Não conhecia o livro. mas já amei a premissa. sua resenha só me deixou ainda mais curiosa. amei o quite no final ... que agora heim... maravilhoso.
amooooo personagens determinadas. já sei a vou amar ela tmbm. ótima resenha

Ivi Campos disse...

O que mais gostei da resenha foi a protagonista e com certeza é uma mulher que pode servir de exemplo para a vida real. Adorei sua dedicação deum paragrafo só pra ela. Amei a indicação.
Beijos

Instantes Memoráveis disse...

Olá, tudo bom?

Ainda não li essa obra, mas me interessei pelos trabalhos dessa autora, depois de ler a sua resenha. A premissa é muito interessante e fiquei curiosa sobre esse mundo criado, ainda mais por envolver dragões - quem não os ama? E, ter uma personagem feminina forte e determinada, além de todas as outras características, é mais um ponto positivo para essa narrativa. E, logicamente, gostei ainda mais por usarem o poder da fala, em algumas partes, para acabar com os conflitos. A nossa melhor arma realmente é a fala e por isso é bom quando podemos discutir/debater sobre assuntos importantes.

Enfim, adorei a sua resenha e agradeço por me indicar :)
Abraços.

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo