RESENHA 13 Segundos

sexta-feira, 14 de setembro de 2018
Título: 13 segundos
Autora: Bel Rodrigues
Editora: Galera Record
Nº de Páginas: 304
Sinopse: "O fim de um relacionamento é sempre um período difícil, mas isso se intensifica quando você está no último ano do colegial e precisa decidir o que será do seu futuro. Lola sabe que a decisão foi o melhor para os dois, mas aquela saudade de alguém que estava sempre presente é inevitável. Agora, tudo que Lola quer é deixar isso para trás e focar em pôr a vida em ordem novamente, se redescobrindo após um relacionamento que exigiu tanto dela e reavaliando suas prioridades: estudo, amigos, família e o canto, sua maior paixão. Com o corte do coral das atividades extras, a garota finalmente decide ouvir seus amigos e resolve criar um canal no YouTube para postar alguns covers, nada mais do que um hobby para substituir seu tão amado coral. Focada em não se relacionar seriamente e aproveitar as festas do último ano, tudo parece se alinhar quando Lola conhece John, um intercambista que busca exatamente o mesmo que ela: se divertir e criar memórias inesquecíveis. Quanto mais as coisas mudam, mais a garota percebe como perdera seu tempo tentando salvar um relacionamento que já estava naufragado, e como agora ela se sentia genuinamente feliz com as pessoas incríveis à volta e seu grande hobby se tornando cada vez mais influente. Entre conselhos sinceros, noites quentes e provas do Ensino Médio, a única coisa que Lola não poderia prever era o quão rápido tudo poderia desmoronar. Em treze segundos, especificamente."
*Exemplar cedido em parceria com a editora.

 Vocês querem um livro amorzinho, com um misto enorme de sentimentos? 13 Segundos é pra você! Em seu livro de estréia, Bel Rodrigues sobre trabalhar os elementos corretos, na medida certa e com uma história que encanta facilmente o leitor. Você acha que é algo simples, só um romance, quando dá por si, quer salvar Lola do turbilhão de acontecimentos, e ter um John só pra você.
 Bel é uma das culpadas pelo blog existir a todo vapor, em 2016 conheci ela no Youtube e me encantei por seus vídeos, obviamente fiquei toda animada, mas como sou toda tímida, jamais gravaria algo, então resolvi voltar pro blog literário, li grande parte de suas indicações e quando soube que seria um dos novos rostinhos da Galera Record meu coração vibrou de alegria e orgulho, por ver alguém que se doa tanto para falar de livros, ganhando ainda mais espaço. Mas o que esperar dessa história?
 A obra já se inicia com Lola terminando seu relacionamento, ela está no terceiro ano da faculdade, teoricamente um ano importante, de muitas escolhas(não deveria ser assim, não tão cedo) e talvez um relacionamento que de certo modo era abusivo, não tenha mais espaço em sua vida(amém). Sendo assim, Lola inicia a narrativa solteira, pensativa sobre isso, sobre como seu relacionamento caminhou para o fim, mas aliviada de certo modo, pronta pra essa nova fase de descobertas, mais tempo para seus amigos e para finalmente decidir o que fazer com o futuro. 
 Durante o período de férias, Lola sai para a balada e conhece um gringo muito gatinho, eles acabam se relacionando e ela acorda no dia seguinte na cama dele, mas tudo bem, essas coisas acontecem, certo? Foi só uma noite e ela nunca mais vai encontrar esse cara, correto? Errado.
 Em seu primeiro dia de aula no terceiro ano, Lola dá de cara com o gringo John, descobre que ele é o novo intercambista da escola e vai ficar pelo Brasil um tempinho, e aí entramos no primeiro questionamento, ela acabou de sair de um namoro, quer aproveitar a vida, vale a pena se meter em outra relação, ainda mais com seu ex sempre por perto?
 Precisamos entender que Lola é uma personagem bem doce e sincera, ela é um clichê desses livros românticos mas a impressão que tive é que Bel realmente se dedicou a ela, sendo assim, o aprofundamento é notável, cada detalhe de Lola foi muito bem pensado, ela é uma jovem que não quer decidir sobre seu futuro agora, sobre qual caminho vai trilhar, sabe que ama cantar, já ouviu de seus amigos que deveria criar um canal no Youtube, mas entre querer e fazer, existe um longo caminho.
 John é o típico homem que eu sonho em chamar de meu haha, ele é fofo, carinhoso, muito atencioso e o melhor de tudo, ele sabe como respeitar o espaço do outro, isso é tão, mas tão importante! Eu acho que a maneira que ele foi crescendo na história, foi importante demais.
 Basicamente vamos acompanhar esse romance, essa busca pelo futuro, Lola tem uma linda voz mas é bastante incerta sobre isso, ainda assim segue o conselho dos amigos e cria um canal, o sucesso é imediato e ela logo ganha fama, mas com isso vem o lado ruim. Lola se torna vitima de uma exposição muito cruel para qualquer mulher, e logo se vê perdida nisso, os 13 segundos são exatamente esses, onde sua vida mudou completamente, por culpa de uma pessoa que não gostou de como as coisas acabaram.
 A maneira como Bel abordou esse assunto foi bastante diferente, eu fiquei chateada porque ela não foi tão extensa nessa parte em especial, ficou muito vago, esperava um pouquinho mais de detalhes, porém, Bel preferiu mostrar o lado dos amigos, como todos protegeram Lola em uma redoma de vidro, até ela ser forte o suficiente para voltar a respirar sozinha, ninguém saiu de seu lado, talvez esse tenha sido o aspecto que eu mais gostei na obra, os amigos de Lola são incríveis, fora a representatividade(amigo bi, lésbica etc) eles são parceiros demais, isso foi primordial para o momento delicado da protagonista, e certamente salvou a história. Minha única crítica realmente é só sobre os detalhes do plot, no mais, tudo é sensacional, Lola tem uma irmã negra, adotada, e Bel usou isso para sutilmente falar sobre racismo, como não amar essa mulher? 
 O final não foi como eu esperava, e isso me alegrou bastante, foi algo muito condizente, me fez amar ainda mais John, e entender o motivo de ambos, a sensação que tive, é que foi um final onde selava o amadurecimento dos personagens, isso foi muito bacana.
 Tentei encontrar Bel na bienal mas foi impossível, a autora fez um sucesso danado, as filas para autógrafo eram enormes e ela esteve entre os mais vendidos durante todos os dias da bienal, muito orgulho sim! 13 segundos é uma obra extremamente necessária para jovens, começa de uma maneira bastante doce, mas ao final recebemos uma lição bastante forte, principalmente sobre como o machismo nos afeta e como a sororidade é capaz de vencer tudo isso.
  
"Mulheres são como águas, crescem quando se juntam."

17 comentários:

Lana Silva disse...

E a primeira vez que me deparo com esse livro, e ainda não conhecia o trabalho da autora, por isso me surpreendi totalmente com sua resenha. A premissa do livro e bastante clichê apesar de retrata bastante a realidade atual se comparada com relacionamentos. Porém e notório que a autora soube conduzir tudo isso de uma maneira envolvente, cativante e surpreendente fazendo com que me interesse pela leitura. Com certeza irei incluir na lista de desejados.

No Conforto dos Livros disse...

Olá!! :)

Eu confesso que não conhecia o livro, mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura…! Fiquei algo curioso.

Enfim, é uma pena que algumas partes ficaram mais vagas do que esperavas. Mas ainda bem que a autora e expressiva e tem feito sucesso!

Boas leituras!! ;)
no-conforto-dos-livros.webnode.com

Dryh Meira disse...

Oiee ^^
Eu ainda não conhecia esse livro, e acho que nem mesmo a autora, mas achei a capa muito linda! Acho muito legal que várias autoras estejam abordando o tema relacionamento abusivo em suas histórias, e trazendo protagonistas que percebem isso a tempo e conseguem escapar e tentar reconstruir suas vidas. Mas o restante da história me pareceu muito premissa de fanfic...haha' por isso acho que não leria :/
MilkMilks ♥
http://shakedepalavras.blogspot.com.br

O Que Tem Na Nossa Estante disse...

Oi Day, tudo bem?

Eu adoei a capa e a premissa. Eu gosto de protagonistas doces e sinceras, mesmo sendo um clichê e o final ter te surpreendido é um aspecto bem positivo. Não estava interessada na obra, mas agora fiquei!

Bjs, Mi

O que tem na nossa estante

Karini Couto disse...

Tudo bem? Eu vi esse livro nas divulgações da editora, em um primeiro momento gostei da capa, mas a sinopse não me deixou ansiosa nem nada. Apesar de ter adicionado aos livros que quero ler em algum momento.
Sua resenha conseguiu me fazer entender melhor o que esperar do enredo. Não sou adepta a livros "amorzinho" mas as vezes faz bem para a alma, ainda mais vindo recheado de sentimentos e reflexões.

Fiquei interessada.
Sua resenha está bem pontuada e convence o leitor a dar uma chance de sai e da sua zona de conforto.

Beijos.

www.alempaginas.com

Beatriz Andrade disse...

Eu já tinha visto a capa do livro, mas não fazia ideia de que ele é tão interessante assim. Eu imaginava uma história completamente diferente. Adorei poder ler a sua resenha e ver as suas impressões com a leitura, seus comentários a respeito do livro me deixarm muito curiosa com ele. Não sei se o lerei tão cedo, mas o certo é que fiquei em interessada e espero poder realizar a leitura em breve.

Viviane disse...

Olá Dayara, tudo bem? Essa é a primeira resenha construtiva e que elogia esse livro, porque várias outras que eu li falavam que ele não tem um foco central. Eu gostei muito de conhecer a sua opinião, porque assim tenho uma base melhor para decidir se compro ou não ele na BF mês que vem.

Sobre a história: se eu estivesse em uma livraria e começasse a ler a sinopse não compraria ele, porque para mim ela é muito rasa e clichê, o que me deu empolgação para realizar a leitura dele foi a sua resenha. Acredito que todos nós que temos um blog ou canal passamos por situações complicadas na vida, recebemos mensagens inoportunas e temos que aprender a lidar com pessoas grosseiras. O fato da autora não ter se aprofundado nos acontecimentos me deixou triste porque, eu gostaria de saber mais sobre ele e principalmente, qual a punição para o causador de tanta tristeza. Adorei saber que o livro possui representatividade coisa que não vemos em todos os livros mas, adoro saber que isso está sendo mudado aos poucos.

Em fim, eu amei a sua resenha e espero que o seu blog tenha muitos anos de vida pela frente! O meu blog foi criado depois de assistir as resenhas da Tati Feltrin e me apaixonar por elas, tanto que vivia indicando livros para os meus alunos durante as aulas.

Beijos e Abraços Vivi
Resenhas da Viviane

Lara Xavier disse...

Olá
Eu ainda não tive a oportunidade de ler nada da Bel, mais 13 segundos está na minha meta pois a Lola e o Jonh são personagens que eu sei que vou amar conhecer. E agora minhas expectativas estão bem altas para esse livro

Ana Luiza Lopes disse...

Oii Day!
Eu quero muito ler esse livro! Confesso que a temática não é uma das minhas preferidas, mas tenho lido resenhas tão positivas, e parece que a Bel abordou o assunto com tanta delicadeza, que me deixou muito curiosa, principalmente porque dizem que o livro foca mais na superação do problema do que no problema em si. Quero muito ler!

Com carinho,
Ana | Blog Entre Páginas
www.entrepaginas.com.br

Alice Duarte disse...

Oii Day

Que legal que o final te surpreendeu positivamente, sendo bem inesperado, é tão bom quando isso acontece. Acho legal porque o liro parece ser simples mas como vc ressaltou acaba envolvendo o leitor, sendo mais que um simples romance e conectando a gente aos personagens. Quero conferir essa obra de estréia da Bel qualquer dia com certeza.

Beijos

www.derepentenoultimolivro.com

Menino Livros disse...

Olá!
Essa é a primeira resenha que leio completa sobre o livro da Bel, tentei não ler nada antes de comprar, mas foi impossível. Venho acompanhando o canal dela a um bom tempo e quando ela falou que ia publicar um livro, eu fiquei louco. Gosto dos temas que ela escreve no livro, li algumas opiniões ruins sobre ela não ter se aprofundando. Mas estou ansioso para ler, mas nada conciso. Parabéns pela resenha.

Abraços.

Clayci disse...

Minha amiga ficou horas tentando um autografo e não conseguiu tadinha rs...
Nunca li nada da autora e fiquei conhecendo essa obra na bienal. Me arrependi de não ter comprado e estou esperando uma promoção para comprar (ando sem grana hahaha). Mesmo assim, quero ler assim que tiver oportunidade. Essa frase que selecionou para publicação, foi a que despertou meu interesse pela leitura quando vi o livro pela primeira vez. =D
Confesso que andei lendo algumas resenhas que criticaram o desenvolvimento da história, mas mesmo com as ressalvas, quero dar uma chance.

Sai da Minha Lente

Cila - Leitora Voraz disse...

Oi Day, sua linda,tudo bem?
Eu já li alguns comentários sobre o livro, que existem muitos temas e ela acaba não desenvolvendo nenhum deles corretamente. Não sei se o leria, mas achei muito importante a autora falar sobre relacionamentos abusivos. E o John realmente parece um personagem que me conquistaria facilmente. Sua resenha ficou ótima!!!!!
beijinhos.
cila.
http://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

Camila disse...

Oi, Day.
Ainda não conhecia o livro, mas fiquei contente em ver a sua empolgação.
É nítido que você é super fã da autora e achei bem legal que o livro não tenha te desapontado!
Resenha super bem escrita, parabéns!
beijos
Camis - blog Leitora Compulsiva

Ps Amo Leitura disse...

Olá.

Juro para você que a capa deste livro sempre me encantou, porém nunca parei para ler uma resenha ou algo a mais sobre ele e uau! Não sabia que ele abordava uma temática como machismo e tudo mais. Confesso que agora fiquei completamente curiosa pela obra. Já vou correndo adicionar na wishlist do skoob!

Beijos,
Blog PS Amo Leitura

Aline Coelho disse...

Não conhecia esse livro nem a blogueira-autora pq não visito muitos canais do YouTube, não tenho muita paciência para vídeos. Mas enfim muitas blogueiras estão tendo essa oportunidade e fico tão feliz por elas e inspirada.
Gostei de conhecer um pouco do enredo do livro e já anotei a dica. Beijos

GonçalvesSue disse...

Olá Day,
Eu conheço o livro e a autora, embora não tenha lido o livro. Mas está na lista, adorei sua resenha, mostra bem o tipo de leitura.
Bjs

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo