RESENHA Literalmente Amigas

terça-feira, 11 de setembro de 2018
Título: Literalmente Amigas
Autoras: Laura Conrado e Marina Carvalho
Editora: Bertrand Brasil
Nº de Páginas: 335
Sinopse: "Quando Gabi e Lívia, duas apaixonadas por livros, se conheceram em uma comunidade sobre literatura em uma extinta rede social, não imaginavam que se tornariam melhores amigas e que criaram um blog de resenhas literárias, o Literalmente Amigas. Desde então, elas são inseparáveis, apesar das personalidades muito diferentes! Gabi é um pouco avoada, desorganizada financeiramente, de riso fácil e vive uma história de conto de fadas com o namorado de longa data. Já Lívia é assertiva, firme e possui planos bem delineados para seu futuro, embora ainda não tenha encontrado o emprego dos sonhos nem um romance arrebatador como o de seus livros favoritos. Juntas, elas enfrentam as dificuldades da juventude, seja na profissão, seja no amor, até tudo começar a mudar quando ambas são selecionadas para a mesma vaga — para a qual as duas se inscrevem, sem contar uma para outra — na principal editora do país. Será que a paixão pelos livros, que antes unia as amigas, agora se tornará o motivo do término da amizade?"
*Exemplar cedido em parceria com a editora. 

 
  “Literalmente amigas” narra a história de duas amigas unidas pelo amor ao universo literário. Gabi e Lívia, moradoras de Belo Horizonte- MG, mestranda em Artes e mestre em Letras, respectivamente, têm suas vidas traçadas e ligadas por uma amizade que nasceu motivada pela escrita de um blog – que carrega o mesmo nome do livro – em que elas resenham os mais variados livros de editoras diversas (como aqui, rs). Ambas têm 25 anos e se conheceram aos 18: Gabi é mais irreverente, espontânea e se considera sem rumo certo na vida, mora em um apartamento simples e não sabe exatamente qual carreira quer seguir apesar de estar para concluir o mestrado, já possuindo a graduação em Jornalismo. Completamente apaixonada pelo namorado Léo e por futebol, Gabi, apesar de perdida em relação ao seu futuro, se vê muito feliz e realizada, ao passo de que Lívia é mais centrada e dada como mais responsável, já possui um apartamento próprio, carro, trabalha em uma editora... Enfim, é estabilizada financeiramente. Porém, o fato de não ser bem-sucedida no que diz respeito ao amor, a deixa desestimulada.

  A narrativa é construída no tempo presente, com partes narradas ora por Gabi, ora por Lívia, o que nos dá, como leitores, a percepção dos dois pontos de vista, fato que deveria deixar a história mais interessante, pois nos mostra o que uma amiga pensa sobre a outra, mesclando com suas ações e eventos particulares, mas não é bem assim. Confesso que fiquei um tanto incomodada por algumas vezes que a parte narrada por uma amiga acabava e dava-se início a parte destinada a narração da outra e era repetido o que já foi dito na parte anterior e a leitura se fazia um pouco maçante. Aliás, por diversas vezes eu adjetivaria a leitura dessa maneira, pois eu simplesmente não gostei do enredo, ou melhor, não gostei de como ele foi colocado nesse livro. Penso que a proposta inicial de duas amigas que são amigas por esse amor aos livros tinha TUDO para ser uma história instigante, cheia de dramas tratados de forma realmente profundo, mas definitivamente não foi o que aconteceu, visto que considero que grande parte da história é muito rasa e clichê.   E talvez tenha sido justamente essa a proposta: uma narrativa leve, despreocupada e despretensiosa. O modo como foi escrito o livro é muito bacana, uma forma descontraída e atual, elencando fatos corriqueiros, o que nos deixa familiarizados com diversos aspectos, tais como conversas no WhatsApp, o processo da graduação e o que vem depois dele, etc. Contudo, isso não prende, não encanta. Não sei exatamente explicar, pois acredito que só lendo mesmo para me entender ou discordar de mim. Vale ressaltar, que, apesar dos pesares, é uma leitura legal e eu me peguei rindo diversas vezes, mas que infelizmente, não funcionou tão bem quanto eu esperava, é como se a ideia fosse incrível, colocando a vida dos blogueiros literários onde eles mais amam, no livro! Mas execução não acontecesse de maneira esperada. É aquele típico livro capaz de te curar de qualquer ressaca literária, porque é leve, mas é só isso, não vá esperando maiores questionamentos.

 “Muitos comentam os benefícios da leitura, mas a gente vive um privilégio que os livros oferecem, a gente vive a magia de aproximar pessoas e de encontrar almas afins por meio das narrativas.”



15 comentários:

Aline M. Oliveira disse...

Oi Day! Poxa que pena que o livro não prendeu tanto assim! De fato, a premissa é bem interessante, principalmente pra gente que vive nesse mundo de resenhar livros e tal.. Era pra ser uma história que deixasse a gente bem a vontade, já que estamos familiarizados, mas parece que a leitura é só mesmo pra espairecer.. Enfim, agradeço a indicação!

Bjoxx ~ www.stalker-literaria.com ♥

Amilton Júnior disse...

É uma pena não ter gostado tanto da obra que possui um foco bastante interessante apesar de comum, a amizade! Estamos em constante transformação, a vida nos prega peças desafiadoras, espero que os anos de amizade, as histórias vividas e eternizadas sejam maiores que qualquer desavença.
Abraços! 😊

Vitória Doretto disse...

Oi, Dayhara!
Menina, esse enredo parece a minha vida haha Acho que por trazer personagens blogueiras e em contexto acadêmico fazer uma relação com a gente é a coisa mais fácil do mundo né? É uma pena que a história acabe por ser massante em alguns momentos, pela sinopse a proposta era tão boa! Pelo menos você conseguiu se divertir um pouco durante a leitura, isso já é bem válido.
Beijos!

kênia Cândido disse...

Oi Dayhara.

Que pena que não gostou muito do livro, mas eu achei o enredo legal pela sua resenha, pois não conhecia o livro. Eu vou adicionar na minha lista de desejados, quem sabe eu consiga uma chance de lê-lo e tirar minhas próprias conclusões. Ainda mais sabendo que é uma história leve de ler. Obrigada pela dica.

Bjos
https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

cris disse...

Oi Day tudo bem? Não conhecia esse livro, na sinopse a proposta parece ser muito boa, eu acho que é por isso que você criou mais expectativa, sou assim também, mas enfim eu gosto dessa ideia de duas amigas blogueiras, acho que a maioria de nós se identifica com isso, mas acho que a trama da história é realmente quando elas se inscrevem para uma vaga de trabalho sem contar para outra, e fiquei curiosa do porque esconder, vou ter que ler esse livro para saber kkk, parabéns pela sua resenha e pela sua sinceridade. Bjs!

Thayenne Carter disse...

Olá,

Tem visto muitas pessoas elogiando esse livro, por isso fiquei surpresa ao saber que não foi tão satisfatório para você, contudo gostei de saber sua opinião, pois me apresenta um lado diferente do livro e ajuda a controlar minhas expectativas, fazendo com que eu possa aproveitar melhor a leitura. Além disso, adoro livros leves, que me fazem rir e servem de distração.

Beijos,
oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

Clayci disse...

Olá, tudo bem?
Acho que o fato de se tratar de uma história rasa não me incomodaria tanto, pois achei o enredo bem fofinho e gostei por se tratar do universo dos livros. Porém, acredito que me incomodaria (como vc) na narrativa das perspectivas. Sinto que também acharei cansativo e repetitivo e isso desmotiva. Daria uma chance pra leitura sim, mas já sei que devo ir com menos expectativas rs
Beijos

Sai da Minha Lente

Alice Duarte disse...

Oiii Day

Eu adoro livros com a narrativa intercalada entre dois personagens e se ambos forem igualmente bem construídos melhor ainda. A prmeissa é bem bacana, aquele tipo de livro gostoso realmente perfeito pra curar a gente da ressaca literária e tb pra relaxar. Vou anotar a dica.

Beijos

www.derepentenoultimolivro.com

Alice Duarte disse...

Esqueci de dizer: Faz tempo que um livro não me faz rir um pouco sabe. Mesmo com certas ressalvas eu quero ler esse porque to precisando mesmo de uma leitura bacana e levinha assim. Só não gosto dessa capa...rsrs, confesos que acho ela meio sem graça

Bjs

Rê Oliver- Chuva no Jardim disse...

Que pena que o livro não encantou tanto! Eu realmente já tinha cogitado ler ele, e é claro, ainda quero ver o que acho, mas nao vou colocar expectativas.
A capa é linda e estou curiosa pra saber minhas impressões sobre a obra.
um beijo

www.chuvanojardim.com.br

D e s s a disse...

É muito ruim quando lemos uma história e percebemos que ela não é tudo isso, né? Pelo enredo pensamos em algo realmente importante, mas que pena saber que tudo é muito raso. No geral, esse tipo de leitura é realmente bom para ler entre livros mais densos, por ser uma leitura leve e descontraída, mas é ruim quando não sabemos que é apenas isso a proposta do livro. Eu leria a obra, com certeza, mas agora já vou fazer sabendo o que esperar.
beijos

Carolina Trigo disse...

Oi!
Eu não conhecia o livro, mas a princípio, fiquei bem interessada, pois retrata um pouco da nossa vida de blogueiras literárias, mas fiquei triste que o livro tenha te decepcionado um pouco. Claro que termos um livro mais leve, para sair de uma ressaca literária é sempre importante, mas agora fiquei em dúvidas se leria...
Bjss

http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/

Ps Amo Leitura disse...

Olá.

Adorei sua resenha! Apesar do livro não ter funcionado 100% para você, a premissa dele é ótima né? Fico imaginando como eu descreveria todos os acontecimentos com minhas amigas literárias. Acho que amaria esse universo hahaha.

Beijos,
Blog PS Amo Leitura

Milena Nones disse...

A premissa desse livro é maravilhosa! Pena que não te envolveu 100%, mas mesmo assim ainda estou extremamente curiosa para conhecer a obra, pois acho que me identificaria bastante.
Beijos!

Jéssica Melo disse...

Olá, não conhecia o livro, mas pelos seus comentários eu já gostei da premissa de duas amigas unidas pelo amor por livros e por um blog, então é uma pena a autora não ter conseguido desenvolver o enredo e deixa-lo mais profundo =/ De qualquer forma vou anota-lo para ler quando quiser algo bem leve.

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo