RESENHA Nocte

sexta-feira, 19 de outubro de 2018
Título: Nocte
Autora: Courtney Cole
Editora: Verus
Nº de Páginas: 294
Sinopse: "Calla tem dezoito anos e um irmão gêmeo, Finn, que sofre de uma forma grave de esquizofrenia. Ela dedica a vida a ajudá-lo, mas essa existência já difícil se torna quase insuportável com a morte da mãe deles, pela qual ela se sente responsável.  Agora Calla precisa encontrar uma forma de salvar seu irmão sem se perder no processo. Entra Dare DuBray, o cara lindo da casa ao lado. Ele pode ajudar Calla - mas também pode levá-la à perdição... Com um misto de suspense psicológico e romance, a série Nocte é cheia de mistérios e surpresas que levam o leitor ao desespero na ânsia de descobrir os segredos de seus personagens"
*Exemplar cedido em parceria com a editora.




  Se você der uma procuradinha por essa obra no Skoob, vai encontrar uma série de resenhas que vão de um extremo ao outro, alguns odiaram a experiência, outros surtaram de tanto amor, eu faço parte do segundo time, e o motivo é bem simples, fazia muito tempo que eu não era feita de boba por uma leitura, sabe aquela sensação de saber o que acontece na história, e do nada você sente a autora rindo de você, porque conseguiu te enganar direitinho? Foi exatamente isso que aconteceu enquanto eu lia Nocte, e mal posso esperar pelo segundo livro.

 Vamos conhecer Calla e Finn, eles são irmãos gêmeos, Calla é uma garota tranquila, apesar de todas as piadas sem graça que ouviu durante a vida pelo fato de seus pais serem donos de uma funerária e ela morar literalmente ao lado de onde mortos ficam, ela não permitiu que isso a afetasse, enquanto Finn é o irmão menos "normal" ele é diagnosticado com esquizofrenia e faz tratamento para tal, as coisas deveriam estar indo bem mas Finn abandou seus remédios tem algum tempo e segue ouvindo vozes que mandam ele fazer coisas desconexas, ele consegue esconder isso de sua família, mas até quando?
 Calla resolve bater de frente com sua mãe, e explicar porque ela e Finn não devem se separar quando forem para a faculdade, porque Finn precisa dela, ela o acalma nas noites de pesadelo e é sua gêmea, sua outra metade, ele é a parte importante de sua vida, pois bem, a mãe dos gêmeos acaba morrendo em um acidente de carro enquanto estava ao telefone com a filha, imagine só a culpa por sentir que é uma das motivadoras para a morte da sua mãe, é assim que Calla se sente.





  Afundada em luto e autodepreciação, Calla precisa fingir que não sente nada disso para que seu irmão não fique mal, no entanto, um rapaz de olhos escuros e charme hipnotizante surge em sua vida e ela se sente culpada por nutrir sentimentos por um estranho tão misterioso, ela deveria viver seu luto, correto? Finn não gosta nada disso também, Calla é dele, e de mais ninguém, mas há um segredo que une Finn e Dare - esse garoto misterioso-  mas o que é?
 Gente, GENTEEEEEE, eu quero tanto gritar sobre esse livro, eu PRECISO gritar sobre ele, que história mais gostosa e mais biruta foi essa? Fui fisgada logo no início, é muito triste ver Calla se sentindo culpada pela morte de sua mãe, mas é ainda mais triste ver Finn se matando aos pouquinhos, ele para seu tratamento por conta própria e segue mentindo para todos, diz que está melhor, que toma seus remédios e não escuta mais vozes, mas é tudo ao contrário, as coisas estão cada vez piores, Finn é obcecado por  latim, ele escreve frases desconexas em seu diário e a impressão que temos é que algo muito ruim vai acontecer, e Dare... Bom, ele é um cara extremamente charmoso e sinceramente, até eu me vi apaixonada pelo rapaz, acontece que comecei a ligar os pontinhos e percebi que Finn ficou pior desde quando ele chegou, então logo imaginei que havia um grande segredo ali, mas pra variar, fui iludida meus queridos, e é por aqui que paro minha resenha e passo paras as impressões.
 A impressão que tive, é que estava revisitando histórias como Hush Hush e Dezesseis Luas, depois de muito tempo, foi uma sensação maravilhosa porque Nocte tem um ar mais sombrio e maduro, então foi uma experiência com ar de nostalgia mas com algo novo, entendem? Mas eu mal podia esperar pelo final, de verdade. Quando cheguei nas últimas cinco páginas e vi que não tinha nenhuma resposta ainda, fiquei irritada, mas a autora é daquelas que deixa tudo para a ultima linha, literalmente, e o efeito não poderia ser melhor, quando finalmente entendi o que acontecia, qual era o grande segredo do misterioso Dare e quais eram as coisas ruins que Finn previa, meu chão desabou, parei a leitura faltando duas linhas e fiquei uns bons minutos olhando pro nada, eu de fato senti o impacto dessa história, sabe o pior? Eu obtive as respostas que desejava, mas junto com ela me vieram mais questionamentos que só conseguirei de fato compreender no segundo volume, e mal posso esperar! Se você gosta de romance com uma pegada sombria e uma história que de fato vai mexer com a sua cabeça, Nocte certamente é para você.

 "Isso vale a espera, apesar dos nossos segredos. Ou talvez por causa deles."






13 comentários:

Alem de uma Prateleira disse...

Amo os livros da Verus, e achei a história desse bem interessante. Não conhecia essa autora, mas achei a história sensacional. Fiquei bem instigada com o que acontece com Finn e Calla. Principalmente o mistério que ronda eles dois. E claro saber até onde o vizinho novo faz toda essa drama se desenvolver.

Te entendo muito bem em relação a livro que a gente ama e muitos odeiam. Eu amo os livros da Garota do Calendário e tem tantos que não gostam dele.

Adorei a sua resenha. Ficou muito bem escrita. Beijos

Motivação Literária disse...

Olá, não conhecia a história, mais achei sua resenha maravilhosa, me inspirou a buscar saber mais sobre o livro, adoro romance, a parte do sombrio que irá me surpreender, mais espero gostar tanto quanto você, beijos!

Viviane disse...

Olá Day, tudo bem?
Eu ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro mas, achei a história muito interessante! O que eu mais gostei na sua resenha foi perceber o quanto VOCÊ gostou da história, é perceptível pela maneira que escreve que ela te envolveu muito e, apesar de ter ficado com tantos questionamentos sobre o final ainda deseja ler o próximo livro.

Como eu disse antes, gostei do enredo do livro e principalmente, por ser um romance com muito suspense e mistérios, segrede que precisam ser revelados mas, a verdade é que eu não gosto de história que são solucionadas apenas nas últimas páginas, eu sempre fico com aquela sensação de que o autor (a) poderia ter falado tudo um capítulo antes e deixado o último para mostrar o que aconteceu depois, porque sempre tem um "depois" nas histórias que ficam perdidas.

Resumindo minhas divagações, eu agradeço a dica e espero conseguir ler o livro também! Parabéns, pela resenha.
Beijos e Abraços Vivi
Resenhas da Viviane

Ps Amo Leitura disse...

Olá.

Uau! Eu não conhecia este livro mas já estou correndo adicionar no skoob! Realmente dá para entender porque algumas pessoas amam e outras não, mas nossa, eu tenho quase a certeza que vou adorar tanto quanto você. Já quero!

Beijos,
Blog PS Amo Leitura

Viviane Dutra disse...

Oi Day, eu também adoro estas leituras que imaginamos uma coisa, mas o desfecho é surpreendente. Eu já tinha visto o livro, mas não conhecia a história, gostei muito da tua resenha, com certeza quero ler, e estes temas como esquizofrenia me interessam muito. Parabéns pela resenha.
Bjos
Vivi

Vitória Doretto disse...

Hush Hush e Dezesseis Luas mais maduro e sombrio? Gosto! haha Para falar a verdade, acho que nunca prestei atenção nesse livro, mas sua resenha despertou meu interesse. O enredo parece muito bem amarrado e o final que não fi esperado é um ponto a mais né? (quem não gosta de ser feita de trouxa com os livros, não é mesmo? nahaha)
Beijos!

Tiffannyk disse...

Você falou certo, já ouvi de um tudo sobre esse livro hahaha
Eu nunca consegui ler Dezesseis luas e Hush Hush, não sei se gostaria desse livro.

Outra coisa que fiquei surpresa, é que acho que a imagem da capa é do mesmo photoshoot de ten tiny breath. Foi a primeira coisa que eu reparei nesse livro, mas posso estar errada.

Eu amo me descabelar com autor que só fecha a história do ponto final mesmo, vai dando uma agonia de que não vai dar e vai ficar buraco solto na história. E quando realmente fica, dá vontade de matar né? kkkk

http://thereviewbooks.com.br
#thereviewbooks | @thereviewbooks

Karini Couto disse...

Tudo bem? Eu li esse livro bem recentemente. Eu não posso dizer que não gostei da leitura completamente, eu curti o protagonista, porém em muitos momentos achei a história bem confusa e arrastada, tendo que parar e retornar alguma vezes para compreender melhor.
Ainda assim, tive uma boa leitura.

Ainda não tenho um sentimento fechado sobre esta leitura.. Estou refletindo sobre ela para escrever a minha resenha.

Pulei algumas partes da sua resenha para que eu não seja influenciada, quando for escrever a minha.
Beijos.

Além das Páginas.

Book Obsession disse...

Olá!
Conheço a capa desse livro mas ate então não conhecia sobre o que se tratava essa história. Confesso que adoro ser surpreendida por isso tipo de trama, com personagens envolvendo a tal ponto que ficamos sem saber o que foi aquilo que acabamos de ler.
Com certeza vou comprar pra ler em breve.
Beijos!

Camila de Moraes

Mara Santos disse...

OOOiiii, primeira resenha que leio desse livro e estou de queixo caído, sério. Você me deixou muito curiosa e agora estou aqui, sedenta para saber esse desenrolar. O que Dare significa afinal para esses irmãos? Dica mais do que anotada!

Florescendo Livros disse...

Olá
Faz realmente muito tempo que não leio nada que me surpreende, acho que a maioria das leituras atuais eu tenho deduzido o que vai acontecer facilmente. Eu adorei ler Hush Hush então acho que seria uma leitura que me agradaria. A premissa me deixou bem curiosa, vou conferir em breve!

Maria Luíza Lelis disse...

Oi, tudo bem?
Quando esse livro foi lançado, eu morri de amores pela capa, mas não li a sinopse. Só que aí eu vi muitas pessoas odiando e fiquei com pé atrás. Mas como não ficar curiosa depois de ler sua resenha? Além de ter achado a sinopse bem instigante, sua resenha me deixou com vontade de passar esse livro para o topo da lista de desejados. Em especial, fiquei louca para saber que final bombástico foi esse.
Adorei a resenha e já anotei a dica.
Beijos!

Ivi Campos disse...

Eu ainda não conhecia o livro e fiquei bem interessada neste enredo de ajuda entre irmãos e desta paixão forte. Já quero ler e tenho quase certeza que vou curtir.
beijos

Postar um comentário

 
© Uma dose de Cacto - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy. Tecnologia do Blogger.
imagem-logo