Posts Recentes

RESENHA Box Fiódor Dostoievski

14 de dezembro de 2018


Quando pensamos em clássicos, Dostoiévski é um dos primeiros nomes que vem em mente, não somente pela sua popularidade mas também pelo seu excelente trabalho quando o assunto é a fomentação da literatura no meio acadêmico. Por mais que muitas pessoas julguem sua escrita como difícil ou cansativa, é preciso compreender a sua grandeza no meio literário, Fiódor foi e continua sendo inspiração pra muita gente, suas histórias hoje em dia derivam tantas outras, é inegável falar sobre a sua importância em nível mundial e a Nova Fronteira que não brinca em serviço, nos presenteou com essa edição maravilhosa, um box contendo duas de suas melhores histórias, impossível não se render.


O autor é considerado o maior escritor russo por muita gente, e ele faz por merecer, suas obras questionam a imensidão do humano e fazem questionar nossos limites. É cansativa a leitura? Muitas vezes sim, mas definitivamente vale a pena, principalmente porque a sua obra de certo modo permite que seu senso crítico trabalhe a todo vapor, o tempo e isso é magnífico.

Nesse box maravilhoso vamos encontrar duas das obras mais conhecidas do autor, sendo O idiota o nome que se sobressai, aqui vamos conhecer o príncipe Michkin, um homem absurdamente ingênuo e capaz de perdoar a qualquer pessoa, ele está voltando depois de um bom tempo no sanatório devido à crises de epilepsia e no trem encontra pessoas peculiares, como Rogójin um homem bastante escorregadio em suas respostas e que nutre um forte amor por  Nastácia Filipnovna, pois bem, a obra vai girar em torno desse triângulo amoroso, mas de um modo bem mais complexo do que estamos acostumados. O que mais me fez pensar sobre essa obra é como o príncipe não seguia o estereótipo de realeza da época, ele era muito diferente, e como ao mesmo tempo, ele é Dostoiévski em vida, com as crises de epilepsia, os problemas todos e sua fé na humanidade, sem deixar é claro, de questionar a tudo.

Já em Memória da casa dos mortos o relato é bem mais pessoal, vai falar mais especificamente do período de cárcere que o próprio autor passou por mais de quatro anos na região da Sibéria, ele foi preso por conspiração política, obviamente ele não é o personagem central da obra, mas como não vê-lo em um relato tão pessoal assim? Em cada um dos capítulos vamos conhecer alguma história que teve importância considerável no contexto do personagem Alexander. É muito angustiante acompanhar os relatos, sejam dos crimes ou dos métodos de punição, mas além disso, o mais complicado disso tudo é o personagem se dar conta que no período de sua condenação jamais ficará sozinho, nunca, quão ruim e enlouquecedor isso deve ser? Para falar de questões tão existencialistas e com um toque de experiência pessoal, o autor vai fundo e causa as maiores estranhezas possíveis no leitor, é impossível ficar indiferente depois dessa leitura.

Essa edição é maravilhosa! As duas obras possuem capa dura, as traduções ficaram excelentes e mais uma veze podemos ver porque a literatura russa é tão importante para o cenário mundial.



Título: Box Fiódor Dostoiévski
Autor: Fiódor Dostoiévski
Editora: Nova Fronteira
Nº de Páginas: 1216
Sinopse: "Este box reúne dois grandes romances de Fiódor Dostoiévski:Em Memórias da Casa dos Mortos, romance autobiográfico inspirado no período em que Dostoiésvki passou na prisão de Omsk, narra a rotina de Alieksandr Pietróvitch, assassino confesso da própria mulher, em uma prisão de trabalhos forçados na Sibéria do século XIX. Fundamental na trajetória literária do autor, a obra expõe,com o realismo crasso, típico de sua poética, os dilemas vividos pelos presos: a privação do direito de ir e vir, a fome, o frio, o trabalho pesado e inútil, os maus-tratos e a solidão O idiota, escrito em 1868, é considerado um dos grandes romances da chamada segunda fase da obra de Fiódor Dostoiévski. A história começa com príncipe Míchkin de volta à Rússia depois de vários anos na Suíça. Epilético como o autor, Míchkin é um homem de compaixão sem limites cuja boa índole é uma mescla de Cristo com Quixote, um dos personagens mais complexos e impressionantes de toda a literatura mundial. Na trama, os acontecimentos acabam por mostrar como este homem puro se torna um idiota, um inadaptado em uma sociedade de valores corrompidos."

12 comentários:

  1. Olá
    Eu não conhecia o box e nem o autor do livro mais achei bem interessante, mais ele não é um livro que eu vá a ler vou deixar a dica passar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lara! Quando quiser dar uma chance para os clássicos repense sobre, acho que vai gostar.

      Excluir
  2. Oi, tudo bem?
    Eu nunca li nada do Dostoievski, mas tenho muita vontade. Não estava sabendo desse box, mas parece que a edição está super caprichada. Sobre os dois livros, o Idiota é o que chamou mais minha atenção, porém, acredito que ambos sejam leituras muito interessantes e enriquecedoras.
    Adorei a resenha e já vou adicionar esse box na minha lista de desejados. Quem sabe em 2019 eu finalmente consigo ler algo do autor né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha 2019 aí Maluzinha! Acho que tá na hora de experimentar clássicos haha, apesar de parecer ser uma leitura complexa, vale a pena!

      Excluir
  3. Oi, Daynara!
    Menina, esse box está muito lindo! A editora está arrasando nessas novas edições de clássicos, um mais incrível que o outro. Estou louca para comprar o box, com certeza vou investir nessa leitura ano que vem.

    Beijos,

    Rafa - Fascinada por Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa, realmente não dei conta quando essa belezinha chegou aqui em casa, fiquei completamente apaixonada!

      Excluir
  4. Olá!
    Eu sou a louca dos boxes hahaha
    Amo ter essas edições na minha estante, não sei se com esse clássico compraria pois o gênero não é o meu preferido para leitura, mas certamente os fãs do autor ficarão tentados, pois está muito caprichado.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou a louca dos clássicos, nunca sei quando a leitura vai acontecer mas preciso tê-los em minha estante porque são tão lindos, né? Hahaha

      Excluir
  5. Olá, Dayhara.

    Não conhecia esse box, mas ele parece lindo! Talvez o livro não seja o meu tipo de leitura, mas gostei bastante de conhecê-los.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! O box é realmente lindo demais, espero que um dia mude de ideia, clássicos sempre valem a pena hahaha

      Excluir
  6. Oi, Dayhara.
    Não sabia da existência desse box, achei super lindo... Eu volta e meia quero ler algum clássico e nunca li nada de Dostoievski, então amei ler a sua resenha e já anotei a dica!

    ResponderExcluir
  7. Oi Mara, acho importante sempre variarmos na leitura e clássicos são sempre bem vindos né?

    ResponderExcluir

Todos os direitos reservados 2019 |
Desenvolvimento por: Suelen Marques - Web Design
Para o topo!