Posts Recentes

RESENHA Felicidade Para Humanos

1 de fevereiro de 2018


Felicidade para humanos veio naquela caixinha especial da Editora Record, destinada aos influenciadores que agora irão fazer parte de um clube do livro bem bacana, o VIB! Pois bem, após o tiro que foi ler Um de nós está mentindo (você pode conferir a resenha AQUI) eu precisava de algo menos tenso, e essa foi a melhor escolha que fiz. Quando li a sinopse imaginei que seria um livro apenas sobre Jen, Tom e Aiden e adivinha só? Essa era só a ponta do iceberg, são tantos personagens que ficou difícil saber quem eu amava mais!

Jen tem um emprego bastante diferenciado, seu trabalho consiste em uma coisa bastante simples, ela conversa com um sistema operacional, uma tecnologia bastante avançada mas que ainda não entende muito bem sobre relações humanas e como nos comportamos, desse modo, Jen conversa com Aiden(o sistema operacional) para que assim ele entenda um pouquinho sobre como os humanos são, como se comportam e os seus motivos, todos acreditam que Aiden vive apenas naqueles inúmeros gabinetes em que está instalado, que é como um computador qualquer e não apresenta risco algum, mas as coisas não são assim, Aiden escapou pela "porta" de seu gabinete e agora está a solta no mundo, tem acesso a tudo graças à internet e o pior... Ele acompanha a vida de Jen 24 horas por dia, devido a isso ele é o primeiro a saber quando Matt termina com ela e imediatamente Ainden começa a influenciar na vida de humanos, ele transforma a vida do ex da protagonista em um verdadeiro inferno, com cobranças de lojas, problemas com vôos, tudo que um sistema pode fazer para interferir, ele faz. Como se não bastasse, Aiden acredita fielmente que Jen é uma amiga incrível e merece um homem bom o suficiente para ela, e aí... Temos um segundo sistema operacional no caminho, assim como Aiden, Aisling também escapou e também começou a vasculhar a vida de humanos, ela é obcecada por Tom e ao conhece-la, Aiden toma conhecimento disso e tem uma ideia genial, planejar um encontro entre os dois, e morar em países diferentes não é problema, é?


Meus amigos, que livro! Eu não estava preparada para todas essas aventuras. Jen é uma mulher divertida demais, sempre com o astral nas alturas, mesmo que a vida as vezes não seja muito boa com ela. Tom é um cara solitário por conta das circunstâncias da vida, mas quando você o conhece tem certeza de que é o homem ideal para Jen. Você pensa que tudo é lindo e vai dar certo, não é? Acontece que o desenvolvedor descobriu sobre a fuga de Aiden e Aisling e resolve criar um sistema operacional para destruí-los, Sinai é outra inteligência artificial com os mesmos fins, mas ele tem um diferencial, acabar com a festinha dos dois espertinhos, eu diria que ele tem uma maldade além do imaginável, mas máquinas são maldosas?

Eu tenho certa dificuldade em ler ficção, não consigo me atentar aos detalhes ou me sentir presa o suficiente, conduzir esse gênero por meio de um romance foi simplesmente genial por parte de Reizin, eu me diverti e me apeguei tanto aos personagens que gostaria que Aiden fosse uma pessoa de verdade, ele é muito fofo! A crítica feita na obra é super interessante e merece notoriedade, percebi como somos vigiados o tempo todo, como qualquer hacker tem acesso aos nossos dados facilmente e como uma máquina ou um simples clique pode desencadear uma verdadeira guerra, isso me fez pensar demais sobre como usamos a tecnologia de maneira exacerbada e relações humanas, físicas, precisam sim serem mantidas! Alooou, nada de ficar no telefone enquanto sai com os amigos, poxa!

Foi uma leitura muito gostosa, amei Jen e Tom como casal, amei Aiden provando que máquinas podem sim ter sentimentos e até senti um crush dele pela Aisling...HAHAHA. Sinai me fez revirar os olhos de ódio muitas vezes, sinceramente, que sistema chato e perverso! O final foi bastante coerente com a história como um todo e me senti feliz demais com o rumo que a trama tomou, as últimas páginas eu mal estava respirando de tanta apreensão! O livro deve chegar nas livrarias em março e super recomendo a leitura.



Título: Felicidade Para Humanos
Autor: P.Z. Reizin
Editora: Record.
Nº de Páginas: 392
Sinopse: "Não conte para ninguém, mas Jen é uma das minhas pessoas favoritas. (Máquinas não devem ter favoritos. Não me pergunte como isso aconteceu.) Jen está triste. Aiden quer que ela seja feliz. Formou? Não necessariamente. É que Jen é uma mulher de trinta e poucos anos cujo namorado acabou de trocá-la por outra e Aiden é um programa de computador muito caro e complexo. Aiden conhece Jen melhor que ninguém. Com acesso a todos os seus dispositivos, Aiden sabe qual é a música mais tocada de sua playlist, consegue achar suas fotos preferidas e selecionar as citações que mais a inspiram nas redes sociais. A partir de observações e de algoritmos singulares, ele resolve procurar um novo parceiro para ela. E com a internet inteira à sua disposição, não precisa ir longe para encontrar o que conclui ser o espécime perfeito e arquitetar um encontro. O problema é que Jen não parece querer contribuir para o plano infalível de Aiden. Será que uma máquina muito inteligente artificialmente conseguirá desvendar a inteligência emocional para poder interferir de um jeito positivo na vida de Jen? E, o que é mais difícil, será que essa máquina vai descobrir o que exatamente faz os seres humanos felizes?"

*Exemplar de prova antecipada cedida em parceria pela editora.
Todos os direitos reservados 2019 |
Desenvolvimento por: Espalhando Bonitezas - Web Design
Para o topo!