Posts Recentes

RESENHA As Regras do Amor e da Magia

23 de maio de 2019


A história se inicia quando conhecemos Susanna Owens, que mora em Nova York com seus três filhos: Franny, Jet e Vincent. Essas crianças sempre foram escondidas do mundo em todos os âmbitos, não brincavam com as outras crianças, pouca interação social, basicamente não podiam sair de casa ou fazer qualquer coisa sem autorização. Susanna sempre argumentou para seus filhos que aquilo era pura proteção, mas ficava claro que havia algo mais, há uma herança mágica que corre nas veias de cada um deles. As proibições feitas por ela deixam claro como há algo estranho em seus filhos, não devem ler determinados livros, acender velas ou lidar com tabuleiro Ouija, mas acima de tudo, em hipótese alguma devem se apaixonar, isso é terminantemente proibido!


Mas como sabemos bem, o perigoso é divertido, os jovens começam a questionar as interdições da mãe, em uma situação adversa são convidados a passar as férias na casa da tia distante Isabelle  e logo descobrem que possuem poderes, há uma maldição que ronda a família Owens desde 1620, época em que Maria Owens é acusada de bruxaria após se apaixonar por um inquisidor e lança uma maldição, onde qualquer um que se apaixonar por mulheres dessa família irá morrer.

O livro todo é um caminho de descobertas, esses jovens precisam rapidamente amadurecer para lidar com a situação com a seriedade que ela exige, precisam encontrar um modo de acabar com a maldição que permeia a família e aprender a lidar com as incumbências que os poderes lhe proporcionam.

Essa obra foi o presente de boas vindas da editora para os parceiros de 2019, fomos parceiros da editora Jangada e sempre confiei muito nas dicas e títulos enviados por eles, dessa vez não foi diferente. Geralmente quem se disponibiliza a ler os títulos mais fantasiosos são Isabela e Thais, mas dessa vez resolvi arriscar e me diverti demais! A escrita da autora é maravilhosa, tudo é muito bem descrito, sem exageros, você consegue sentir o aroma até do jardim da tia Isabelle. Os personagens são totalmente diferentes uns dos outros, e de certo modo essa jogada funciona demais, pois eles acabam se completando. O amadurecimento também é algo notável na obra, de início você vê jovens perdidos, satisfeitos apenas em contrariar a mãe, mas conforme a narrativa avança, pode-se notar como se tornam pessoas centradas em seus objetivos, isso é lindo.


"Sei que a nossa mãe quer que a gente finja que somos iguais a todo mundo, mas você sabe que não somos."
O enredo é uma verdadeira corrida contra forças muito maiores que os jovens, se eles pretendem se permitir amar e viver isso como “jovens normais” eles precisam encontrar um modo de quebrar essa maldição, mas até ontem eles nem sabiam sobre o passado da família, como lidar com tantas informações?

A história é narrada em terceira pessoa, o que possibilita mais imparcialidade, você não é inclinado a gostar de ninguém, gosta dos personagens porque eles são bem trabalhados e aprofundados, porque são estruturalmente fortes e interessantes, para mim essa foi a característica mais importante da obra. Além disso, a escrita da autora tem um ar todo mágico, parece que você está lendo um conto fantástico ou algo do gênero, literalmente te transporta da realidade. Uma leitura que vale a pena se você quer sair da zona de conforto e acompanhar a jornada de amadurecimento de jovens em prol de sua família e de suas particularidades.


Título: As Regras do Amor e da Magia
Autora: Alice Hoffman
Editora: Jangada
Nº de Páginas: 368
Sinopse: "Em 1620, depois de ser acusada de bruxaria por amar um inquisidor, Maria Owens lança uma maldição em todas as gerações de mulheres de sua família: qualquer homem que se apaixonasse por elas estaria condenado à morte. Mais de trezentos anos depois, Susanna Owens mora na cidade de Nova York, com os três filhos adolescentes - a temperamental Franny, a doce Jet e o carismático Vincent -, e faz de tudo para protegê-los, escondendo o passado da família e criando algumas regras: é proibido andar ao luar, usar o tabuleiro Ouija, acender velas, criar gatos e corvos ou ler livros de magia. E o mais importante: é proibido se apaixonar! Mas não demora muito para que os irmãos comecem a descobrir seus poderes sobrenaturais e, junto com eles, os segredos e a maldição que assombra sua família. Agora, precisam buscar uma forma de violar as leis da magia sem sucumbir à maldição de Maria Owens. As Regras do Amor e da Magia é uma história que antecede o clássico cult Da Magia à Sedução, resgatando a história da família Owens e personagens já conhecidos. Um livro sobre magia, coragem e o desafio de aceitar a si mesmo para viver o verdadeiro amor."

*Exemplar cedido em parceria com a editora.

10 comentários:

  1. Oi Day <3
    Nem preciso falar que tô apaixonada pelas suas fotos né? <3
    Eu vi bastante gente falando desse livro esses dias, eu achei a premissa bem legal, essa coisa de que não pode se apaixonar por causa de uma maldição é uma temática bem legal e a autora parece ter explorado isso muito bem! Eu vi também um moço comentando que esse livro é meio que um spin off de outro, mas dá pra ele sem ter lido o outro? Eu quero muito ler ele!! <3

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Ahhh, que tudo essa premissa! Não costumo ler livros do gênero, mas esse realmente me deixou bem curiosa, já adicionei na minha lista de desejados. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ler já esse livro, gosto bastante quando mistura fantasia com romance e já me encantei por esse livro, obrigada pela dica e que blog mais lindo e muito fofo! Parabéns a todos vocês! Já quero sentir o aroma do jardim da tia Isabelle!

    ResponderExcluir
  4. Puxa, não conheço esse livro, mas já quero pra mim. Amo histórias de fantasia e essa me conquistou! As fotos estão lindas, viu? ^^
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem? Ah, estou com esse livro para ler mas ainda não consegui iniciar. Assisti o filme que é um pouco antigo e tenho noção da história. Amei o press kit a editora caprichou nesse lançamento. Espero ler em breve. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  6. Antes de mais nada que capa linda, sei lá ela passa emoção e misterio.
    O enredo me pareceu forte, mas ao mesmo tempo inspirador, daqueles que nos deixa uma mensagem pra vida. Amei a dica e parabéns pela leitura viu.

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é exatamente meu tipo de leitura. Fiquei muito curiosa e já anotei o nome aqui para procurá-lo.
    E suas fotos? Estão lindas! Achei que a vela combinou bastante pelo fato de você citar que as crianças não podem acender velas.

    ResponderExcluir
  8. Oi Dayhara.

    Eu não conhecia este livro, mas pela sua resenha ele parece ser muito bom e repleto de mistério. Mesmo não sendo um gênero que tenho costume de ler, vou adicionar na minha lista de desejados. Obrigada pela dica.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Day! Li uma resenha sobre esse livro há pouco tempo, e achei muito legal! Apesar de não conhecer o livro posterior a essa história, achei muito interessante essas mistura de magia e modernidade que a autora criou, e fiquei bastante curiosa sobre como os irmãos irão agir mediante essa maldição, sabendo que cada um deles, claro, vai encontrar alguém com quem eles vão querer ficar. Achei muito interessante mesmo. Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  10. Oi, Day!!
    Já tinha visto esse livro por aí, mas não havia me apegado a conhecer mais dele. Lendo sua resenha, tô vendo que seria um livro que ia adorar ler, essa mistura de real e fantasia e certo mistério me chamaram a atenção.
    Obrigada pela dica!!

    ResponderExcluir

Todos os direitos reservados 2019 |
Desenvolvimento por: Suelen Marques - Web Design
Para o topo!