Posts Recentes

RESENHA Namorada Podre de Rica

25 de junho de 2019


 No ano passado eu li Asiáticos podres de ricos e minha cabeça basicamente explodiu por tantos questionamentos, não sobre a obra mas sim sobre a relevância dela(você pode acompanhar a resenha do primeiro livro AQUI). Sempre li muito, sempre amei romances e obras mais divertidas, mas em mais de dez anos como leitora, nunca li nada que se debruçasse sobre a cultura asiática, por que? Talvez porque as editoras não davam a devida atenção, talvez porque nós leitores nunca nos questionamos sobre, são inúmeros os motivos, mas o fato é: Kevin trabalhou essa história de modo bastante informativo e divertido, além de desconstruir vários estereótipos que criamos em nossas cabeças. O livro fez um sucesso danado e o primeiro volume acabou sendo adaptado para o cinema, eu assisti e adorei! Tudo lindo demais, glamuroso e com a essência da obra, mas haviam muitas coisas para serem resolvidas, no primeiro volume muitas perguntas haviam ficado e definitivamente foi o tipo de história que terminei de ler e queria o segundo pra ontem! Felizmente a Record traduziu essa obra rapidinho e a leitura mais uma vez foi bastante gratificante, tentarei dar o mínimo possível de spoilers nessa resenha, mas eles vão acontecer em alguma proporção.


Essa história se passa algum tempo depois de Asiáticos podres de ricos, Rachel e Nick estão muito bem morando em NY, Nick segue afastado de sua família e recusando contato, a mãe dele não aceita isso nada bem e vem sofrendo com essa distância. Rachel segue procurando por seu pai, mas sem muitas respostas, o que ela não sabe é que Eleanor vem fazendo a mesma coisa, e ela encontra o tão misterioso homem, ele é um bilionário chinês, isso é surpreendente, levando em conta que na primeira obra, o grande problema era o fato de Rachel ser pobre e agora ela é rica graças ao pai.

Para ler Kevin Kwan você precisa insistir, em um primeiro momento você acha que o autor é bem maluquinho e simplesmente vai jogando informações demais e personagens demais nas histórias, mas tudo vai se completando de modo que o leitor fica chocado quando tudo se interliga. São apresentados novos personagens mas como no livro anterior, antes de apresentar a história o autor faz questão de fazer uma bela descrição dos personagens, você demora um pouquinho para descobrir quem é quem, mas logo está familiarizado e tudo faz sentido. Esse é um livro de respostas, enquanto em Asiáticos podres de ricos era um livro divertido, pra apresentar o cenário asiático e toda a sua beleza e fofoca, aqui temos as respostas, nem sempre divertidas, mas bastante reveladoras. A família de Nick se redime em muita coisa, não porque era a intenção, mas sim porque eles entendem que precisam recuar as vezes em nome do amor, já Nick, finalmente tomou as rédeas da situação e passou a lutar por Rachel, coisa que ele não fez no primeiro volume e foi uma das coisas que mais me incomodou. Arrisco a dizer que esse livro é muito melhor que o anterior, enquanto o outro conquistava você pelo deslumbramento com a riqueza dessas famílias, aqui o autor focou em Rachel e na família dela, foi bacana acompanhar isso de perto.

Um livro cheio de referências e bastante informativo, o que me faz amar Kevin é a maneira como ele naturaliza a cultura asiática e faz questão de nos explicar tudo direitinho, sua diversão e seu modo didático de ser são encantadores.



Título: Namorada Podre de Rica
Autor: Kevin Kwan
Editora: Record
Nº de Páginas: 462
Sinopse: "Depois de descobrir que seu lindo namorado, um simples professor de história da Universidade de Nova York, é, na verdade, o herdeiro de uma das famílias mais ricas de Cingapura e de sobreviver a todas as tentativas orquestradas pela mãe dele, a poderosa Eleanor Young, para tentar separá-los, Rachel Chu acha que, agora, está preparada para qualquer coisa. Ah, ela não poderia estar mais enganada... Às vésperas de seu casamento com Nick, ela recebe a visita de um homem que sempre sonhou conhecer: seu próprio pai. Isso acaba arrastando o casal para um mundo capaz de deixar até o herdeiro de uma das maiores fortunas da Ásia de queixo caído. Em Xangai, eles conhecem a realidade dos novos-ricos, que, ao contrário dos chineses do continente, cuja fortuna vem sendo acumulada e multiplicada ao longo de várias gerações, não têm o menor pudor em ostentar. De uma hora para a outra, viajar de jatinhos particulares pela Ásia não era nada perto do Boeing 747-8i privativo no qual, em vez de quatrocentos assentos, há uma sala de cirurgia equipada com uma UTI e um lago de carpas! Em Namorada podre de rica, a aguardada continuação do best-seller que conquistou milhões de fãs no mundo inteiro e que foi adaptado para o cinema, Kevin Kwan narra, com seu humor satírico e perspicaz, uma história onde (quase) nada é inventado e nos faz mergulhar no mundo glamoroso e inacreditável das pessoas mais ricas da China."*Exemplar cedido em parceria com a editora.

21 comentários:

  1. Oi! Não li o livro anterior por isso não sabia muito bem o que aconteceu nele, mas vc conseguiu dar um bom panorama para entender esse segundo livro.
    Que reviravolta, não?! Parece bem interessante a forma como o autor desenvolve a trama.
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  2. Oi Day, adorei saber que o autor é meio maluquinho, haha. desde o primeiro livro que está nos meus desejados, adorei saber que já tem um segundo livro. Ótima resenha.
    Bjos
    Vivi
    http://duaslivreiras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Então, na época do lançamento do primeiro livro, eu o recebi, o problema é que não peguei ritmo de jeito nenhum. O filme foi lançado e eu AMEI de todo meu coração, mas até hoje não tive coragem de ler o primeiro volume. O que mais me atrai a tentar de novo é justamente a questão de representividade. Não são muitos livros - que eu conheço - que falam da cultura asiática. E ela parece fantástica!
    http://aquelemquena.com

    ResponderExcluir
  4. Eu li o primeiro livro e assisti o filme baseado nele, mas confesso que não curti a leitura e acabei gostando mais do filme. Achei várias situações ali bem machistas por isso meu interesse nessa sequencia é mínima.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não consegui dar uma chance para o primeiro livro, mas quero muito. Nem mesmo assisti a adaptação hahahahaha <3 Sua resenha só me deixou mais curiosa

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  6. Oi, Dayhara! O primeiro livro eu não cheguei a ler, confesso que achei ele muito extenso e li algumas resenhas que não foram tão positivas. Mas vendo esse segundo livro, voltei a ter vontade de ler o primeiro rsrs. Ainda bem que vc deixou claro que é preciso uma certa insistência em ler... Sei que queria mto assistir o filme, que deve ter lá suas diferenças básicas, mas também não deu.
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  7. Eu vi tanto esse, quanto o primeiro livro e achei interessante a capa. Mas ainda não tinha parado para saber do que se tratava. Acho que é a primeira vez também que leio uma resenha sobre e levei um tapa na cara... rsrs Pois pensei que era um tipo d biografia e pelo visto, me enganei redondamente... rsrs
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
  8. Oiii, tudo bem? Quando eu li o asiáticos, eu já sabia que teria uma continuação mais ou menos assim, pois a história é bem clichê, mas eu amei a forma que a trama se desenrolou e espero que esse também seja adaptado pois amei o filme de asiáticos!!!

    ResponderExcluir
  9. Oi, eu era bem curiosa para ver uma opinião sobre esse livro e entender se ele era uma continuação direta do primeiro (que ainda não li, mas pretendo ler). Que bom saber que você curtiu a leitura e que ele até supera o primeiro ao trazer as respostas que o anterior não deu.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Nunca tinha ouvido falar desse livro (nem do anterior, pra ser sincera), mas achei muito legal ser focado na cultura asiática, pelo que notei, a chinesa em específico. Muito interessante, porque não é fácil encontrar livros que tratem disso. Anotei a dica!
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Estou cada dia mais curiosa para ler esses dois livros citados, porque eles focam numa cultura tão diferente da brasileira. E com certeza muitas vezes deixamos de conhecer culturas diferentes por falta de procura. Mas sua dica foi perfeita. Parabéns pela leitura!!!

    ResponderExcluir
  12. Confesso que também não sou acostumada a ler histórias com cultura asiática, e só percebi isso agora. Esse ano ainda consegui ler uma antologia de terror só com contos antigos orientais, mas nunca me atentei a importância disso. Preciso começar a pensar mais sobre isso! Assim como também dou preferência para autoras mulheres, acho que é essencial mudar o hábito de só ler autores americanos. Enfim, adorei a resenha! Guardarei a dica de ambos os livros para ler no futuro.

    www.sonhandoatravesdepalavras.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oii tudo bem?
    Menina eu ainda não li o primeiro mais fiquei curiosa com esse segundo haha irei da uma lida do primeiro é vê se eu gosto mais acho q sim Ele parece ser o tipo de leitura que eu gosto.

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Oi Dayhara!

    Eu adorei conhecer sua opinião do segundo livro, pois acho que ainda não tinha lido uma resenha dele, apenas do livro anterior. Eu ainda não tive a chance de ler o primeiro livro, mas já está na meta de leitura. Acho que vou antecipara leitura dele. Parabéns pela resenha.

    Bjos
    https://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    essa é a resenha que eu definitivamente estava precisando ler para criar coragem e dar uma chance a "Asiáticos podres de ricos", que está na minha estante desde que foi lançado. Saber que a trama trás um enredo divertido, questionador e posteriormente revelador, me animou consideravelmente a dar uma chance a esta história.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Meninaa preciso ler o primeiro livro, comecei mas acabei parando, maas pretendo retomar a leitura. Não li a sua resenha só a introdução, e realmente temos poucos livros sobre a cultura asiática, eu mesmo tenho um certo distanciamento dessa cultura, mas pretendo mudar isso conferindo essa obra. Estou mega curiosa e louca para assistir ao filme.

    beijos!

    ResponderExcluir
  17. Quero muito esse livro, tá na minha listinha meio longa desde seu lançamento mas ainda não me sobrou dindin para comprar, eu também fique bem incomodada com a falta de atitude do Nick no primeiro livro e fico feliz em saber que esse ele começou a melhorar sobre isso, não sei se vou curti o fato da mocinha ter pai rico, mas quero ler ainda.

    www.coisasdemineira.com

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem Dayhara?

    Gostei da foto e resenha, nós até recebemos o livro um por meio da parceria com o Grupo Editoral Record, mas no momento que foi oferecido esse volume não pudemos pegar. Fico contente que gostou da leitura.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  19. Olá!

    Confesso que não li o primeiro livro, nem esse, também que são livros que não me chamam muito a atenção. Sobre a cultura, acho que é o que você disse mesmo.

    É ótimo quando os livros nos fazem refletir, gosto disso. Deu pra sentir que esse autor te conquistou, mas confesso que a premissa não me instiga muito, não...

    Beijo.

    ResponderExcluir
  20. Olá,
    Li faz pouco tempo este e realmente se você nem curtiu o primeiro nem adianta continuar, aliás eu amei o quanto ele conseguiu fazer uma boa continuação ainda fazendo comédia. Gosto do deslumbramento da riqueza e do quanto afeta tanto a vida deles de vários modos diferentes.

    Debyh
    Eu insisto

    ResponderExcluir
  21. Oi Day,
    Que bom que gostou da leitura, até hoje não vi resenha negativa sobre essa série, talvez alguns apontamentos, mas nada que prejudicasse a leitura no todo, ainda sim nunca me senti induzida a ler, não sei o porquê, não é nada pessoal, apenas não me atrai, vai entender né? Mas quem sabe um dia desses não fico curiosa e leio?

    Beijokas

    ResponderExcluir

Todos os direitos reservados 2019 |
Desenvolvimento por: Suelen Marques - Web Design
Para o topo!