Posts Recentes

A perda e memória em Catálogo de perdas

30 de julho de 2019


 Um livro delicado e talvez uma das edições mais lindas que já vi em toda a minha vida, é assim que começo essa resenha. Em Catálogo de perdas vamos acompanhar o mesmo Carrascoza de sempre, poético, doloroso e bastante literal, mas dessa vez atuando de modo muito mais visual do que o esperado. Esse é um livro sobre perdas, sobre medos, sobre sentir e acima de tudo sobre recordar. O que serve como base são fotografias e isso é a primeira coisa que salta aos nossos olhos, fotos em preto em branco, inicialmente com um tom melancólico mas que depois passam a nos transmitir algo muito mais intenso, e aí começa a experiência visual. Primeiro precisamos ver a foto, isso já demanda bastante tempo de observação, logo depois precisamos literalmente abrir essas fotos(o livro opera como se tivessem páginas escondidas, você abre de dentro para fora) para só então encontrar os textos. Ou seja, primeiro você observa a foto, sente ela, e então você lê o texto e sente mil vezes mais.



Alguns textos são fofinhos, outros absurdamente dolorosos, como o texto intitulado Revólver, alguns muito curtos, uma frase só, e outros ocupam a página por completo, o tempo todo te fuzilando com um misto de sentimentos que nem sempre somos capazes de lidar.








Essa obra me fez ver o livro como algo totalmente fora do comum, estamos acostumados a ler e pronto, mas aqui as coisas não funcionam assim, nós precisamos de fato ver, sentir, criar a expectativa do que cada foto simboliza, tecer ideias e possibilidades, logo depois partimos para a leitura e aí a perda parece ser de fato concretizada, com o texto escrito não há como fugir, a perda é materializada e sentida, ela existe. Eu não fazia ideia da existência dessa obra e fiquei feliz demais em receber esse pacotinho da editora SESI-SP, sempre tão cuidadosos com os envios para os parceiros, recebi algo que de fato tinha a minha cara e não deu em outra, amei demais! Essa edição é linda, opera de um modo diferente dos livros comuns e te faz sentir tantas coisas e criar tantas possibilidades, um livro especial, que apesar do contexto doloroso, te dá perspectiva.  






Título: Catálogo de perdas
Autor: João Anzamello Carrascoza e Juliana Monteiro Carrascoza
Editora: SESI-SP
Nº de Páginas: 176
Sinopse: "Catálogo de perdas se inspira no acervo do Museum of Broken Relationships (Zagreb, Croácia), que reúne em exposições temporárias relatos e objetos enviados por pessoas do mundo inteiro – símbolos catalisadores de suas relações “partidas”. Apresenta narrativas diversas de perda escritas por João Anzanello Carrascoza e fotografadas por Juliana Monteiro Carrascoza. A sangrar em dois suportes – em ordem alfabética, mas podendo ser fruídas em qualquer sequência –, as histórias proporcionam uma dupla experiência estética. Este “catálogo” entrelaça, portanto, duas linhas de força: a escrita da palavra e a escrita da luz, o conto literário e a arte visual, a ficção e a fotografia. Uma coletânea sobre perdas definitivas, jamais esquecidas, mas que resulta inegavelmente num ganho humano para o leitor"*Exemplar cedido em parceria com a editora. 


22 comentários:

  1. Não conhecia o livro, mas fiquei feliz em ver sua opinião. É sempre importante ler um livro assim onde precisamos parar, analisar, refletir e sentir toda a mensagem que o livro tem para nos passar.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  2. Que livro poética, estava lendo e na hora imaginei que a publicação era do SESI ou SESC, enfim.. Pela criatividade e forma desenvolvida e QUE LINDO. É um livro que trás vários sentimentos no leitor. Primeiro você vê, imagina o que seria e depois lê, é inteligente e só poderia ser obra de uma instituição maravilhosa.

    ResponderExcluir
  3. Percebi que esse livro é uma experiencia de leitura bem intensa e real. Fiquei aqui imaginando os sentimentos que eu teria ao longo do enredo e já estou bem curiosa pra fazer a leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oiiiii,

    Ainda não conhecia o livro, mas achei ele maravilhoso!!! Realmente a edição está belíssima. Fiquei curiosa para conferir o que as fotos e todo o contexto irão contar, parece ser um livro forte, entoa meio que já estou preparando o espírito para poder enfrentar esta leitura. Espero me encantar tanto quanto você pela história e me envolver com este livro lindo.

    Beijinhos...
    http://www.equipenerd.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Não conhecia esse livro ainda, mas achei incrível a ideia, bem diferente. Com certeza vai para minha listinha, pois parece ser uma leitura muito interessante. Adorei a resenha e dica!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  6. Oi Day!

    Tudo bem? Não conhecia o livro e tão pouco o autor, porém deixa eu dizer que depois dos seus comentários e fotos no post estou apaixonada pela edição e curiosa sobre a história especialmente por essa questão de trazer uma nova experiência no tocante à própria leitura. Já adicionei aos desejados. Obrigada pela indicação

    Beijinhos
    www.equipenerd.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Day,
    Esse livro parece trazer uma experiência única aos seus leitores. Não conheço a editora, mas parece que eles trem um cuidado especial pelos títulos que lançam. Não muito o meu estilo, mas gostei de saber que existem obras como essa disponíveis para os leitores que curte o gênero.
    Com amor, André
    Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem?
    Nossa, eu não conhecia esse livro, mas parece ser uma leitura muito especial. É bem diferente do que estou acostumada a ler, mas parece ser o tipo de livro que toca a nossa alma e desperta emoções profundas. Além disso, deu para ver que a edição está especialmente caprichada.
    Adorei conferir sua resenha e já anotei a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Dayhara.

    Eu não conhecia este livro e através da sua opinião ele parece ser bastante interessante. Pelas fotos dá para perceber que ele é uma edição caprichada e uma leitura forte. Confesso que adoraria ter a oportunidade de lê-lo. Parabéns pela resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Olá tudo bem? Que obra incrível e linda, adorei conhecer mais por dentro do livro, quero muito ter a oportunidade de ler e tê-lo em minha estante!

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Mas que ideia boa do livro! Ele em si e pela sua descrição parecer ser uma peça de arte, o que achei bem diferente e que parece proporcionar uma imersão no que os autores desejam passar. Muito bom mesmo.

    Debyh

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem? Não conhecia esse livro, mas a essência poética dele me cativou. Achei bem interessante essa mistura de fotos e textos. Nunca vi um livro nesse estilo, achei bem interessante. Já quero tê-lo na minha estante!

    Beijos,

    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Nossa! Está aí um livro que eu sei que mexeria muito comigo. Histórias que falam sobre perdas me atingem profundamente, ainda mais considerando que são perdas reais, perdas que podem acontecer com qualquer um, o que torna mais forte o laço humano, a empatia que nos faz sofrer com os textos. É claro que quero ler, mesmo sabendo que vou sofrer com uma obra tão emotiva.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Ola, tudo bem? Não tinha ouvido falar desse livro. Na verdade, não tinha ouvido falar de nada parecido ainda. Que maravilhoso. Uniu duas obras capazes mexer tanto com a gente em um livro só. E pelo o que você disse ele mexe mesmo. Obrigada pela dica, bjus,
    https://ninho-de-gato.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Dayhara!
    To namorando esse livro hehe a edição é tão bonita e parece ter sido feito com tanto cuidado :3 Pelo o que você comentou, é uma leitura bastante poderosa, capaz de nos fazer sentir muita coisa de verdade - e isso só me faz querer ainda mais este livro (vou ter que dar um jeito nisso logo hehe).
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Oi Day,
    Que livro lindo menina.. Não conheço o autor, mas fiquei apaixonada pela edição assim mesmo, e como sou do tipo que me apaixono pela capa já vai pra lista com certeza.
    Beijokas

    ResponderExcluir
  17. Oiê,

    Quero esse livro para ontem, amo leituras que me emocionam e tiram da zona de conforto, que mexem com sentimentos e nos deixam inquietas.
    Dica mais do que anotada!

    ResponderExcluir
  18. Que dica linda! Já quero adquirir a obra.
    Ainda não conhecia, mas achei a proposta fascinante! Amo muito leituras do gênero, que despertam um misto de sensações, algo que amo nesse mundo literário.
    Concordo com você, a edição realmente é bela. Capricharam bastante!
    Adorei conhecer sua opinião, beijos

    ResponderExcluir
  19. Oi! Achei a edição maravilhosa! E o toque pessoal que está explícito nela é tão legal! Acho que ler algo nessa pegada de vez em quando deve ser bom, pra dar uma refletida, e pensar um pouco nas coisas que você está fazendo e se te fazem feliz.. Amei a dica!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  20. Olá!!!
    Que livro mais lindo e de forma tão criativa de ser feito.
    Amei o funcionamento do mesmo e como este se constrói de verdade.
    O livro é simplesmente muito interessante e parece ser aquele livro que nos orgulhamos em ter na estante.
    Adorei a resenha!!!

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Que livro lindo e criativo né? Gostei de conhecer esse livro, livros com fotografias são ricos demais, deixam a histórias mais lindas e tocantes. Dica anotada!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Olá,
    não conhecia a obra mas suas palavras me comoveram, soma-se a isso as imagens que compartilhou e fiquei extremamente interessada em ter essa edição em mãos. Me parece ser uma experiência ímpar que eu gostaria de vivenciar.

    Abraços!

    ResponderExcluir

Todos os direitos reservados 2019 |
Desenvolvimento por: Suelen Marques - Web Design
Para o topo!