Posts Recentes

RESENHA Vem Comigo

1 de julho de 2019

Esse é o primeiro livro desta autora que eu leio, mas já digo que me apaixonei por ela, a narrativa é intrigante, pois nos deixa sem saber se o que está acontecendo é verdade ou não, o final foi um dos mais surpreendes que já li em toda a minha vida. 



Nossos personagens principais são Gabe e Tegan, um jovem casal, ele advogado recém-formado e ela professora do primário. Uma história comum de duas pessoas que se conhecem, namoram e vivem momentos inesquecíveis juntos. Quando Teg descobre que está grávida acaba sendo uma grande surpresa mas de certa forma já fazia parte dos planos do casal, que visavam constituir família. Eles vão morar juntos, e tudo vai muito bem até que em uma noite de muita neve Gabe e Teg estão indo para um jantar na casa dos pais de Gabe, um pouco atrasados, a pista coberta de gelo, Gabe dirige acima da velocidade por conta do atraso. De repente Teg vê tudo de cabeça para baixo, Gabe perdeu o controle do veículo e o carro capota, depois disso, sabemos que tudo irá mudar. 


Teg tenta encontrar Gabe no banco ao seu lado, mas não o encontra, ela sente que algo de muito errado está acontecendo quando percebe que suas pernas estão quentes pelo sangue da hemorragia, Teg perde o bebê aos seis meses de sua gestação, essa é uma dor que imagino eu, deva ser imensurável. Passado dois longos meses desde o triste acidente ela está sob tratamento psiquiátrico, pois não consegue suportar a terrível perca de seu filho que se chamaria Harrison. Teg passa por momentos horríveis ao tentar amenizar sua dor com um coquetel de remédios que quase a leva à morte.


“A morte deixa uma dor que ninguém consegue curar. O amor deixa uma lembrança que ninguém é capaz de roubar.”


A protagonista culpa Gabe pelo acidente e não consegue perdoá-lo. Por causa dos ferimentos graves os médicos tiveram que tirar o útero de Teg, sendo assim ela fica muito revoltada, pois ser mãe era seu sonho, mas agora não é mais uma opção. Após muito sofrimento, angustias e tratamentos, Gabe lembra do pote dos desejos que eles escreveram antes de se casarem. Lugares e coisas que gostariam de fazer juntos.


A partir disso começa a jornada incentivada pela família de Teg e por sua amiga, Anna. Teg decide encarar uma aventura, tira do pote três papéis, o primeiro dizia: Tailândia uma pintura feita por um elefante; o segundo dizia: Itália um curso de culinária; o terceiro dizia: Hawaii pegar a melhor e maior onda. Teg e Gabe partem para sua viagem, conhecem lugares maravilhosos, pessoas com histórias de vida felizes e outras nem tanto assim.

Acontece que essa história foi muito comparada com Comer, Rezar e amar, muito pela jornada de autodescoberta e tudo mais, mas esse livro é muito mais denso, perder um filho é uma situação bastante dolorosa, nossos protagonistas não esquecem disso nem por um momento, principalmente durante a viagem, Harrison está sempre ali mesmo que indiretamente. É como se o casal vivesse durante essa viagem as fases do luto, com recaídas, tentativas de recomeços e novas experiências, não acho que essa seja uma jornada de autodescoberta mas sim de fortalecimento, reencontro e principalmente aceitação do seu destino e como algumas coisas estão além de nossas vontades. 

Mas pra mim a grande jogada e o que tornou esse livro tão maravilhoso assim foi a maneira como a história está caminhando em uma linha bastante consistente e que muitas vezes pode dar a ideia de entediante e do nada tudo muda, o final foge do esperado e te deixa de queixo caído, te propõe muitos questionamentos e até uma certa incredulidade, uma narrativa que vai tirar você sua zona de conforto, tenho certeza que vocês irão amar ler Vem comigo.


Título: Vem Comigo
Autora: Karma Brown
Editora: Verus
Nº de Páginas: 305
Sinopse: "Tegan Lawson tem tudo o que poderia querer da vida, incluindo Gabe, seu marido amoroso, e um bebê a caminho. Mas um acidente deixa a vida de Tegan tão devastada como o carro do qual ela foi resgatada. Entre a perda do bebê e a raiva incontrolável por Gabe, que estava dirigindo naquela noite, Tegan está afundando em tristeza. E, quando ela pensa que chegou ao fundo do poço, Gabe a lembra do ''pote dos desejos'', uma coleção das viagens e experiências dos sonhos do casal. E assim se inicia a aventura. Dos tumultuados mercados da Tailândia até os sabores da Itália e as ondas do Havaí, Tegan e Gabe embarcam em uma jornada para escapar da tragédia e encontrar o perdão. Mas, quando as coisas tomam um rumo chocante no Havaí, Tegan é forçada a encarar a verdade - e a decidir se a vida ainda vale a pena, mesmo que não seja exatamente como ela sonhou."*Exemplar cedido em parceria com a editora. 

16 comentários:

  1. Oiee.
    Primeiro quero falar da capa.
    Que linda... E segundo a história é muito emocionante..
    Te confesso que não me cativa muito pois não tenho desejo de ser mãe e esse é um assunto tão cansativo pra mim.
    Claro que, para mulheres que querem ter esse sonho, um acidente assim colocar em outra realidade é traumático.. Gostaria de ler, pela curiosidade

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Achei a história interessante, gosto de livros que me tirem da zona de conforto e me acrescente de alguma maneira. Anoitei a dica e vou voltar nela logo, quero saber que final é esse, sua resenha me deixou muito curiosa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Estou vendo os leitores falarem super bem desse livro ultimamente, e a cada resenha que leio minha curiosidade aumenta. Parece ser uma leitura pesada e emocionante. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem? Não conhecia o livro e gosto de histórias sobre autoconhecimento, apesar de não ter lido Comer, Rezar e Amar. Tem outro livro com essa mesma proposta que quero muito ler, que é "O ano em que morri em Nova York". Com certeza fiquei bem interessada por Vem comigo, especialmente porque gosto de dramas. Adorei a capa (diz a pessoa que ama o mar haha). Adorei a dica, vou procurar!

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Não conheço a escrita da autora e já gostei de saber que te agradou bastante.
    Eu li Comer, rezar e amar e admito que não gosto dessas comparações. Acredito que cada livro carregue uma mensagem diferente, por mais que a proposta seja parecida. Eu gostei da resenha e deu pra ver que é uma leitura intensa e cheia de aprendizados. Ideal para refletir <3
    DICA ANOTADA

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  6. Oiii

    Esse plot twist no final do livro me deixou com o coração no chão, realmente quando a gnete pensa que tudo vai caminhando para um final previsível, a gente se surpreende com o que a autora apresenta e muda a trama inteira a partir disso. Eu gostei muito desse livro, foi uma leitura que me fez refletir bastante.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, eu estou bem curiosa para ler esse livro, o casal passa mesmo por uma grande perda e essa viagem de fortalecimento deles, para se reencontrarem consigo mesmos, me parece muito interessante.

    ResponderExcluir
  8. Caramba, as quotes que você escolheu já me deixaram muito interessada. E dizer que gostou tanto da história, é um prato cheio para ser uma baita indicação.
    Estou vendo essa capa em vários Instagrans e Blogs. Ótima resenha.

    Abraços
    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  9. Oi Dahyara.

    Eu também não conheço a escrita da autora, mas pela sua resenha eu fiquei muito curiosa ainda mais que você mencionou que é instigante. Estou adicionando na lista de desejado. A capa é maravilhosa também e mostra que contém uma história bem interessante. Obrigada pela dica.

    Bjos

    ResponderExcluir
  10. oi Day o/
    eu sinceramente não sei se essa leitura seria uma leitura que eu faria, mas é bacana ler uma resenha sobre uma obra que surpreende no final e que tem um desenvolvimento esperado :3

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Desde o lançamento que desejo ler essa história. Acredito que seja por termos um romance com uma pegada mais dramática, trazendo questões familiares interessantes.
    Gostei bastante das suas considerações sobre o enredo nos deixar certas reflexões, então tenho certeza que irei apreciar conhecer a escrita da autora.

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  12. Esse livro mexeu MUITO comigo! Sofri demais, chorei, ri em alguns momentos e logo quando ela "descobre a verdade sobre o marido", nos capítulos finais, eu confesso que já esperava por aquilo, pois em alguns pontos deu a entender, sabe? De qualquer forma, é um livro incrível, né?

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Não conhecia o livro, pela sua resenha parece ser uma história dramática e arrebatadora ao mesmo tempo, não consigo me por no lugar da personagem em relação a perda de seu filho nem o que pensar em relação em não poder ter mais filhos. Adorei o enredo é do tipo que nos passa uma reflexão que hoje temos tudo e amanhã podemos não ter nada. Parabéns pela resenha, fiquei curiosa em ler o livro, obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
  14. Fiquei bem curioso para ler essa obra, pois ela parece ter um enredo intenso, surpreendente e repleto de emoções. Anotada a dica.

    ResponderExcluir
  15. Oi! Eu jurava que esse livro era um romance bem água com açúcar, quando vi comentários sobre ele não li nenhuma resenha ou a sinopse e confesso que fiquei surpresa com suas opiniões sobre a história. Achei muito interessante, e acredito que deva mesmo ser muito emocionante, porque o casal precisa reaprender a viver com essa perda tão dolorosa. Adorei a resenha!


    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  16. Olá!! :)

    Eu confesso que nao conhecia este livro ainda, mas acho otimo que tenhas gostado de fazer a leitura!! :)

    Que pena que parece demasiado com Eat, PRay, Love. Mas ainda bem que ha novos temas, nem que isso implique uma densidade maior.

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir

Todos os direitos reservados 2019 |
Desenvolvimento por: Suelen Marques - Web Design
Para o topo!