Posts Recentes

Amor de cabelo e o reencontro com a autoestima

21 de junho de 2020


 Hair Love ficou conhecido por ganhar o Oscar 2020 de melhor animação, para além de um curta animado, essa é uma história bastante reflexiva, que resgata os valores da nossa ancestralidade por meio de penteados e ensina a importância da paternidade. Matthew A. resolveu publicar a obra também no formato literário e a editora Galera Record não pensou duas vezes, traduzido com o título “Amor de cabelo” essa é uma daquelas histórias que tem por obrigação ser adotada por todos os adultos, afinal, toda criança merece ler essa lindeza.



 Logo de início conhecemos Zuri, que acorda na companhia de seu gato com uma única missão, fazer um penteado incrível para esse dia tão especial, antes de iniciar os preparos, ela mostra como o seu cabelo é incrível independente do clima ou situação, faça sol ou faça chuva, seu cabelo é sempre o seu melhor amigo e aliado. Para o penteado Zuri conta com a ajuda do pai Stephen, que pensa em diversas formas para agradar a filha mas o penteado perfeito parece uma busca implacável, nada é bom o suficiente, e o cabelo da garota precisa estar maravilhoso. Mas como toda boa história infantil, essa tem um final feliz e tudo sai conforme o combinado e algumas coisas precisam ser observadas.







Zuri desde o começo mostra o seu cabelo ao natural, ela acordando, ela lidando com a chuva, tudo muito diversificado e alegre, para mostrar que há beleza em cada pequeno detalhe. Para cada penteado há uma nova história, digna de realeza. Além disso, a figura paterna é bastante presente, quantas histórias infantis você leu e o pai era um dos protagonistas e participava de um processo tão íntimo quanto esse? Cuidar do cabelo é um gesto de amor e carinho, inserir a paternidade nesse assunto mostra a delicadeza e a necessidade desse tema entre os homens também, esse é um exercício de cuidado entre pessoas negras da maneira mais literal possível, me remeteu ótimas lembranças da minha infância.
 Amor de cabelo recebeu uma edição digna de Oscar também, em capa dura, com ilustrações lindíssimas e detalhes genuínos, essa é uma daquelas edições que precisam de um espaço de destaque na sua estante, não só por ser uma literatura que precisa ser vista, mas pelo zelo da editora. Uma história alegre, comovente e que reata nossos laços com a nossa autoestima e trabalha a afetividade entre os pequenos.
 Para quem tiver curiosidade, segue o curta metragem:










Título: Amor de cabelo
Autor: Matthew A.
Editora: Galerinha
Nº de Páginas: 32
Sinopse: "O livro inspirado no filme vencedor do Oscar de melhor curta metragem de animação. O cabelo de Zuri é mágico. Ele pode ser trançado e enrolado para combinar perfeitamente com uma tiara de princesa ou uma capa de super-heroína. E Zuri sabe que seu cabelo é lindo! Mas um dia superespecial pede um penteado mais especial ainda. A mãe de Zuri está voltando para casa depois de um tratamento médico. E, embora ainda tenha muito o que aprender quando se trata de cabelo, o pai da menina é o responsável por ajudá-la a montar o penteado perfeito para receber a mãe. Ele fará qualquer coisa para deixar a filha feliz, até mesmo aprender a diferença entre trança nagô e trança twist. Comovente e empoderador, Amor de cabelo enaltece o carinho ao próprio cabelo, o amor entre pais e filhas e a felicidade que preenche aqueles que podem se expressar livremente." *Exemplar cedido em parceria com a editora




10 comentários:

  1. Eu fiquei tão feliz quando vi que essa animação ganhou o Oscar. Apesar de ter amado as outras que foram indicadas, estava na torcida e tive que comemorar <3

    Sai da Minha Lente

    ResponderExcluir
  2. Eu fiquei tão feliz que uma animção tão significativa tenha ganhado o Oscar! Também fiquei muito contente quando vi que a galera ia publicar o livro! É muito importante que esse tipo de coisa aconteça. Eu vi suas fotos no instagram e fiquei apaixonada, agora lendo a resenha tô mais apaixonada ainda, eu quero comprar esse livro pra ler pros meus alunos, quando for possivel!
    Amei o post, Day!

    ResponderExcluir
  3. Oiii!


    Ai que amor <3 Representatividade é tão importante e é bom ver que as crianças de hoje terão mais exemplos para se aceitarem e se amarem. Eu AMEI conhecer a obra e o cuidado com o tema que ela tem. O traço também é uma gracinha!
    Vou ver se consigo comprar para dar de presente :D

    Beijinhos,
    Ani
    www.entrechocolatesmusicas.com.br

    ResponderExcluir
  4. Gente que livro lindo, adorei conhecer mais dele por aqui, me identifiquei to passando por uma transição capilar e meu cabelo ta uma desordem, mais acredito que uma hora ele volta no que era :)

    ResponderExcluir
  5. Oiiii

    Que fofura de livro, especial para os pequenos, para reforçar a auto estima, ah como fazia falta livros assim na minha infância. As ilustrações tb estão lindissimas.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Dayhara.

    Que resenha linda!
    Adorei conhecer este livro através da sua opinião. É muito importante as crianças terem personagens que elas possam indenticar. Eu não tenho crianças em casa , mas deu muita vontade de ler e ter em casa. Parabéns pela resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  7. ah Dayhara que historinha mais linda!Eu fico tão feliz quando vejo a história negra sendo representada nos cinemas ou nos grandes centros televisivos! Apenas, nós mulheres negras e com cabelos crespos sabemos como é difícil, cuidar dele todos os dias e principalmente, não prendê-lo molhado para não feder!

    Me identifiquei demais com essa animação e adorei saber que ganhou um prêmio tão importante! Espero que depois desse prêmio, outras empresas comecem a investir na cultura negra e em todas as suas qualidades.

    Abraços da Vivi
    http://resenhasdaviviane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi Dayhara!!

    Menina devo dizer que quando eu vi o curta eu chorei um pouco kkkk porque é simplesmente lindo, como você disse são poucas as obras que temos uma participação paterna de forma tão presente! Eu ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas, espero o fazer, adorei sua resenha, ela é verdadeira e fala de pontos importantes que não estão expostas na história.

    Beijos!
    Eita Já Li

    ResponderExcluir
  9. Já tinha visto algo sobre o documentário em algum lugar e vê-lo resenhado aqui me deixou mais curiosa ainda. Parabéns pela leitura e pelas impressões maravilhosas que deixam seus leitor mais curioso.

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Eu já tinha visto esse livro pelo instagram, mas não sabia que tinha a animação. Fiquei bem por fora do Oscar esse ano. Mas o livro parece ser uma gracinha. Além das ilustrações estarem lindas, a mensagem que passa é muito importante. Acho que é um livro que deveria ser amplamente divulgado em escolas e bibliotecas.
    Amei muito ver seus comentários sobre o livro, que parece emocionar e encantar o leitor. Com certeza, vou querer conferir.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Todos os direitos reservados 2019 |
Desenvolvimento por: Suelen Marques - Web Design
Para o topo!